"Mais uma Noite"

Mais uma noite dormo com a solidão.
Outra vez penso no nada.
Não consigo entender minha vida.
Volto sempre à estaca zero.
Sempre penso no que posso ser,me embriago com minha própria solidão.
Viro noites só,busco em pessoas coisas novas e mesmo assim nada encontro.
Às vezes canso de ser eu mesmo,e tento fugir da minha realidade.
Acabo percebendo que meus medos são reais,e não apenas ficção de minha cabeça.
Vago em minhas poesias tão loucas quanto o próprio poeta.
Firmo frases tão certas quanto minha vida.
Relatar minha desgraça em letras é a única realidade que me sobra.
Ser eu é normal.
Ser assim tão só e não ter coração,sem amor.
Ás vezes parece que Deus traçou meu destino em um rascunho,esqueceu e jogou fora.
Parece que ele me castiga por coisas que acho que não fiz.
Me canso de viver,penso em morrer.
Mais uma noite dormir abraçado com minha solidão que tanto me acolhe.
Tenho vontade de chorar,mais como chorar se nem lagrimas tenho pra derramar.
Olho ao redor antes de dormir,e me vejo tão só.
Me revolto e acabo fazendo besteira,
Deus lembre-se de mim e me dê descanso.
Boa noite.

Autor:Verton Brandino da Silva(09/02/2011)
São Paulo

Submited by

Miércoles, Abril 13, 2011 - 14:05

Poesia :

Sin votos aún

Verton Brandino da Silva

Imagen de Verton Brandino da Silva
Desconectado
Título: Membro
Last seen: Hace 1 semana 10 horas
Integró: 04/13/2011
Posts:
Points: 746

Comentarios

Imagen de Star Girl

Muito triste....          

Muito triste....

          Infelizmente é um mal que todo poeta sofre alguma vez na vida: a solidão...

                         Seu texto expressa bem os sentimentos da aflição, tristeza, decepcionamento e rejeição....

                                              Enfim, Parabéns gostei muito de ler seu texto!

                                                                            Boa noite!

Add comment

Inicie sesión para enviar comentarios

other contents of Verton Brandino da Silva

Tema Título Respuestas Lecturas Último envíoordenar por icono Idioma
Poesia/General "Que tiro foi esse?" 1 32 03/20/2020 - 20:26 Portuguese
Poesia/Pensamientos "O que seria?" 1 157 12/14/2019 - 23:25 Portuguese
Poesia/Pensamientos "Meu Natal!" 0 127 12/12/2019 - 14:58 Portuguese
Poesia/Pensamientos "Remo!" 0 202 11/06/2019 - 14:53 Portuguese
Poesia/Dedicada “SAUDADES DA LUA” 0 181 11/02/2019 - 13:00 Portuguese
Poesia/Dedicada "MOÇA CHOCOLATE!" 0 1.305 10/08/2019 - 22:16 Portuguese
Poesia/Pensamientos "Aos poucos!" 0 222 07/22/2019 - 22:24 Portuguese
Poesia/General “Ouro de tolo!” 0 722 07/17/2019 - 23:19 Portuguese
Poesia/General "Porque não? " 0 305 07/16/2019 - 23:02 Portuguese
Poesia/Dedicada "Meu amor!" 0 300 07/10/2019 - 16:51 Portuguese
Poesia/Pensamientos "Sarjeta!" 1 834 07/08/2019 - 09:57 Portuguese
Poesia/Dedicada "Mulher!" 0 357 07/04/2019 - 11:16 Portuguese
Poesia/Dedicada "Ser,herói!" 0 313 07/04/2019 - 11:09 Portuguese
Poesia/Meditación "Segundos!" 0 437 07/04/2019 - 11:05 Portuguese
Poesia/General "Contar-te-ei!" 0 417 07/02/2019 - 11:31 Portuguese
Poesia/Pensamientos "Luar chuvoso!" 2 1.337 07/02/2019 - 11:15 Portuguese
Poesia/General "Ditos além do saber!" 0 437 07/01/2019 - 10:58 Portuguese
Poesia/General "Frio amigo!" 0 536 07/01/2019 - 10:52 Portuguese
Poesia/General "Peça!" 0 457 12/09/2018 - 03:27 Portuguese
Poesia/Fantasía “Onde estão?” 0 831 12/03/2018 - 04:09 Portuguese
Poesia/Gótico "Pesadelo comum!" 0 674 12/03/2018 - 02:04 Portuguese
Poesia/Meditación "Sim!" 0 1.096 11/27/2018 - 21:49 Portuguese
Poesia/Pensamientos "Verbo reeditado!" 0 651 11/25/2018 - 15:26 Portuguese
Poesia/Pensamientos "Ilusões Particulares!" 0 547 11/25/2018 - 15:22 Portuguese
Poesia/Pensamientos "Está lá !" 0 735 08/24/2018 - 00:11 Portuguese