CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Cansei.

Cansei de ser chuva,
Por quem nunca fui
Choverei d’enxurrada.
Cansei de chegadas

Morri de chegares,
Reclamei da estrada
Onde não passas,ou viv’alma,
Fiz do sonhar,

Milhares de coisas,
Inclusive cansar,
De pensar que o sonho
Me lavava,

E ele me levou
Ao mar covo,
onde não fui nunca,
No caminho,

Ainda pensei,
Voltar à terra,
Onde chorei enxurradas,
Por tudo e nada,

Sem caminho ou estrada,
A me tentarem,
Mudar a jornada.
Mil coisas

Inventei, mas levantei
E fui onde nunca
Cansei de ser eu,
Curva d’estrada,

Enxurrada, chuva,
Tudo ou nada,
Viv’alma, sonho,
Oxalá não chova tanto,

Pra voltar a ser
Feliz, neste
Outro quarto de lua,
Ou na rua.

Joel matos (28/03/2015)
http://joel-matos.blogspot.com

Submited by

sexta-feira, fevereiro 23, 2018 - 12:48

Ministério da Poesia :

Your rating: None Average: 5 (1 vote)

Joel

imagem de Joel
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 1 semana 4 dias
Membro desde: 12/20/2009
Conteúdos:
Pontos: 11333

Comentários

imagem de Joel

.

.

imagem de Joel

.

.

imagem de Joel

.

.

imagem de Joel

.

.

imagem de Joel

.

.

imagem de Joel

.

.

imagem de Joel

.

.

imagem de Joel

.

.

imagem de Joel

.

.

imagem de Joel

.

.

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Joel

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Ministério da Poesia/Geral Gostaria de ter um Cadillac novo, 20 320 12/07/2018 - 17:04 Português
Poesia/Geral Sonho d'Midas ... 21 349 12/07/2018 - 17:03 Português
Ministério da Poesia/Geral Que será da nossa viúva sombra, 20 209 12/07/2018 - 17:01 Português
Ministério da Poesia/Geral Sem casas não haveriam ruas ... 17 272 12/03/2018 - 16:54 Português
Ministério da Poesia/Geral Temo as sombras e o burburinho … 21 272 12/03/2018 - 16:53 Português
Poesia/Geral Último Poema 21 1.251 12/03/2018 - 16:51 Português
Poesia/Geral (1820) 23 397 12/03/2018 - 16:50 Português
Ministério da Poesia/Geral Convenço, convencei, convençai… 21 318 12/03/2018 - 16:48 Português
Ministério da Poesia/Geral Cansei. 25 377 12/03/2018 - 16:47 Português
Ministério da Poesia/Geral Eu sou tudo aquilo por onde me perco… 29 213 12/03/2018 - 16:45 Português
Ministério da Poesia/Geral Colossal o Oceano, 15 246 12/03/2018 - 16:44 Português
Ministério da Poesia/Geral Minha alma é um lego 14 278 12/03/2018 - 16:44 Português
Ministério da Poesia/Geral V de Vitória - Revolução - 14 275 12/03/2018 - 16:43 Português
Ministério da Poesia/Geral O Gebo e o Sonho. 11 232 12/03/2018 - 16:42 Português
Ministério da Poesia/Geral "Je ne dis rien, tu m'écoutes" 13 344 12/03/2018 - 16:42 Português
Ministério da Poesia/Geral À dimensão do horto … 12 226 12/03/2018 - 16:40 Português
Ministério da Poesia/Geral Ridículo q.b. 16 390 12/03/2018 - 16:40 Português
Ministério da Poesia/Geral Sofro por não ter falta , 14 273 12/03/2018 - 16:39 Português
Ministério da Poesia/Geral Calmo 30 263 12/03/2018 - 12:04 Português
Poesia/Geral (Vive la France) 39 403 12/03/2018 - 12:00 Português
Ministério da Poesia/Geral O Cavaleiro da Dinamarca. 23 255 12/03/2018 - 11:39 Português
Ministério da Poesia/Geral Frágil 30 371 12/03/2018 - 11:37 Português
Ministério da Poesia/Geral Qual viagem… 29 248 12/03/2018 - 11:26 Português
Ministério da Poesia/Geral Posso soltar as asas… 24 279 12/03/2018 - 11:17 Português
Ministério da Poesia/Geral Por amor ao meu país… 44 313 12/03/2018 - 10:55 Português