CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Distâncias

Distâncias

Distâncias
                cruzadas
                               na mente
doente.

Reais
          medidas
                       na estrada
apagada.

Percéptiveis
                    audíveis
                                 no vento
pardacento.

Sentidas
              sofridas
                           nas palavras
faladas.

Gravadas
                marteladas
                                  nos olhos
chorosos.

Odiadas
              amaldiçoadas
                                   em surdina
assumida.

Surreais
                paranormais
                                   nos sonos
sobressaltados.

Distâncias
(que não queria).

Distâncias
(que fazem a noite e o dia).

Distâncias
que afastam e aproximam
o corpo, a alma, a mente.
Que encolhem ou alargam
o fosso no meu ser, inconsequente.

OF 04-09-2011

Submited by

domingo, outubro 23, 2011 - 23:29

Ministério da Poesia :

No votes yet

Odete Ferreira

imagem de Odete Ferreira
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 21 semanas 5 dias
Membro desde: 01/11/2011
Conteúdos:
Pontos: 1927

Comentários

imagem de Odete Ferreira

Para Teresa Almeida

É um registo diferente apenas na forma (tenho outros, uns divulgados, outros não).

A matriz de conteúdo não é assim tão diferente...

Ainda bem que andaste, como num jogo, atrás das palavras.

Obrigada pela tua presença e comentário apropriado.

Bjos, amiga :)

imagem de Nostalgia

Foge sem dúvida ao seu

Foge sem dúvida ao seu registo habitual.
Soa a grito abafado, desabafo surdo, magoado.
Mas é sem dúvida, um belo registo.

Bjs

imagem de Odete Ferreira

Para Nostalgia

Como disse, é apenas uma questão de forma...

Grata pela apreensão da essência do poema...

Bjo, amiga :)

imagem de Teresa Almeida

Bem amiga, este poema foge

Bem amiga, este poema foge completamente ao teu registo habitual.

Dá ideia que deixaste voar palavras que se fizeram ao largo...

Eu andei atrás delas, mas ora se distanciavam, ora se aproximavam...

Há tanto para ler nestes fossos que se encontram no caminho!!!

 

Gostei. Parabéns Odete!

B juzz :)

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Odete Ferreira

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Tristeza Entardecer com sabor a despedida 1 746 03/15/2018 - 13:59 Português
Poesia/Tristeza Música 1 852 03/15/2018 - 13:58 Português
Poesia/Desilusão Apenas mais um dia 1 1.414 03/15/2018 - 13:57 Português
Poesia/Meditação Se a vida fosse sempre assim 1 978 03/15/2018 - 13:56 Português
Ministério da Poesia/Fantasia Seres incompletos 3 1.053 03/15/2018 - 13:56 Português
Prosas/Outros No sopé da montanha 1 442 03/08/2018 - 19:01 Português
Poesia/Meditação Tempo(s) 1 1.000 03/08/2018 - 18:43 Português
Poesia/Fantasia Surrealidades 1 833 03/08/2018 - 18:42 Português
Poesia/Tristeza Emocão 5 1.225 03/08/2018 - 16:48 Português
Poesia/Dedicado Mulher-Dor 3 299 03/08/2018 - 16:14 Português
Poesia/Intervenção E a festa veste-se em cada madrugada 3 796 02/27/2018 - 11:43 Português
Poesia/Meditação À míngua 0 741 12/30/2015 - 22:36 Português
Poesia/Intervenção Não invoquem o meu nome em vão 0 1.142 11/25/2015 - 02:18 Português
Poesia/Fantasia Surreal XXVIII 2 647 09/05/2015 - 19:00 Português
Prosas/Outros Da alma 0 416 09/01/2015 - 19:58 Português
Poesia/Intervenção Da destemperança 0 848 08/26/2015 - 01:35 Português
Poesia/Meditação E no entre-Tanto faço caminho 0 589 07/02/2015 - 23:55 Português
Poesia/Meditação E continuamos pequeninos! 0 855 06/02/2015 - 20:15 Português
Poesia/Intervenção Nem te renego nem me nego 0 706 04/25/2015 - 02:08 Português
Poesia/Dedicado Laudatória 0 539 03/24/2015 - 19:03 Português
Poesia/Dedicado És...Mulher 0 952 03/08/2015 - 18:53 Português
Poesia/Amor Vida(s) 0 804 02/14/2015 - 18:07 Português
Poesia/Amor Moras nos meus sonhos 0 1.041 02/13/2015 - 16:30 Português
Poesia/Dedicado Olhares 0 1.315 01/22/2015 - 01:58 Português
Prosas/Outros Do exato momento da VIragem 0 765 12/30/2014 - 14:27 Português