CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

“Fonte do tempo”

Inânias vêm segredar
Frívolos gritos, tormentos
Quando, levianos desatentos
Abrem bocas, para te cruzar

- Ò vento…
Para onde vais?
Leva-me contigo ao destino;
Onde encontre a caminho
Das brisas em pedestais;

Leva-me à fonte do tempo
Sem lágrima que te demore,
Ou perca que de ti chore
Contornos de sofrimento…

Ò vento, que não te vejo
Só te oiço murmurar,
Nos lábios que vens tocar
Um jeito feito de beijo.

Não sei de onde vens, nem para onde vais;
Mas sei que te sinto sempre cada vez mais.
 

***
 

Submited by

quarta-feira, abril 25, 2012 - 04:57

Poesia :

Your rating: None (1 vote)

antonioduarte

imagem de antonioduarte
Offline
Título: Moderador Poesia
Última vez online: há 23 semanas 3 dias
Membro desde: 01/09/2010
Conteúdos:
Pontos: 2570

Comentários

imagem de Henricabilio

emotiVIDAde...

Ir até às fontes do tempo
é chegar ao âmago das emoções
e extrair de lá os sentimentos
que fazem pulsar os corações.

Envio um abraç0o!

_Abilio

imagem de antonioduarte

Obrigado amigo

Obrigado amigo Henricabilo,
Quantas maravilhas podem sonhar
Entre o peito e a fantasia
Sons emotivos escorrem dia a dia
Para os relevos abertos de par em par.

Adorei a tua quadra,de estrofes desafogadas e sonóricas, que,engrenam os sentimentos para saudar os sinos do peito.

Grande abraço.

imagem de antonioduarte

Fonte do tempo: Emana, de

Fonte do tempo:
Emana, de mim, um desejo liberto; onde me perco, desejando a totalidade de mim como uma essêcia transparente que me alucina e me eleva sobre os maiores anseios da minha Alma.
Agradeço, desde já, qualquer que seja o comentário; positivo ou negativo; pois quero muito semear na minha abundancia os cultivos de todas as gerações.
Sei que nada tem de especial, além do meu sentir, mas, de qualquer forma, espero abraçar esta nossa comunidade à qual devo muito daquilo que aprendi e melhorei.
Desejo, mais que tudo, que os seres humanos sorriam e sejam mais justos.

Obrigado a todos e recebam do meu coração as mais simples florecências, para que o aroma de todas as virtudes vos abrace; como um sussurro ao ouvido de onde o sorriso mais se exprime afigurando-se assim ao peito com muita, mas mesmo muita ALEGRIA.
Grande abraço

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of antonioduarte

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Soneto “Cheguei Tardio” 4 1.226 03/15/2018 - 10:17 Português
Poesia/Poetrix “Quadra a ti” Acto 7º 1 785 06/13/2014 - 22:54 Português
Poesia/Soneto “Delicado” 3 1.043 12/04/2013 - 21:15 Português
Prosas/Lembranças “Tornado Pedra” 0 1.364 11/07/2013 - 01:30 Português
Poesia/Soneto “Terra” 0 1.841 11/07/2013 - 01:02 Português
Poesia/Soneto “Milagre de Flores” 0 770 04/03/2013 - 02:00 Português
Poesia/Haikai Quadra a ti” Acto 5º 0 1.721 03/22/2013 - 04:17 Português
Poesia/Soneto “Ecos Distantes” 0 1.214 02/22/2013 - 00:16 Português
Poesia/Soneto “Tantos… Tantos” 0 913 01/10/2013 - 03:34 Português
Poesia/Haikai “Quadra a ti” - ( Ato 6º ) 0 830 10/24/2012 - 14:11 Português
Poesia/Haikai "Quadra a ti: ( Géneros Distraídos) 0 1.404 10/24/2012 - 13:56 Português
Poesia/Amor “Numa lembrança de ti” 2 943 10/23/2012 - 15:35 Português
Prosas/Pensamentos "Sobra de Mim" 0 1.331 10/22/2012 - 22:21 Português
Poesia/Soneto “De Mim, Fundo No Olhar” 0 1.089 10/18/2012 - 22:47 Português
Poesia/Soneto “Porte Belo” 0 751 10/07/2012 - 12:09 Português
Poesia/Soneto “Míopes” 0 746 10/04/2012 - 20:55 Português
Poesia/Soneto “Perto do Céu” 4 1.534 10/03/2012 - 22:52 Português
Poesia/Arquivo de textos “Quando estás longe de mim” 2 1.103 10/03/2012 - 22:35 Português
Poesia/Soneto Ao despertar 0 1.998 10/03/2012 - 22:22 Português
Poesia/Soneto “Na Praia” 0 969 09/30/2012 - 10:53 Português
Poesia/Soneto "Caminho de Parecer" 1 1.743 09/27/2012 - 15:37 Português
Poesia/Meditação “Do céu ao mar” 1 1.286 09/16/2012 - 17:06 Português
Poesia/Arquivo de textos Versão destrocida: "Numa Lembrança de ti" 0 1.767 09/12/2012 - 10:58 Português
Poesia/Arquivo de textos “Estrela Proibida” 0 927 09/09/2012 - 21:04 Português
Poesia/Pensamentos “Teu rosto foi o primeiro” 0 1.410 08/04/2012 - 01:02 Português