CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

“Loureiros de iluzão”

Entre montes de finezas
Escondem o seu retrato,
Fazem fama, dão certezas...
A darem no prego e no cravo...

Começam de pequeninos,
Vão subindo devagar...
Dão saltos, altos, rasteirinhos;
Entram a fundo no mar...

Magoam no coração...
Palavras hiruditas cortam o vento;
Ratos, companheiros de porão;
Emergindo no mesmo tempo:
Com loureiros de iluzão...

- As vozes, no tempo voam;
Distorcem-se em cada passar
Cantam ao povo, tudo na boa...
Olham o mar a sonhar...

Vão sonhando em passos largos;
Distãncias para conquistar
Riscam nos céus, rostos amargos;
Animam ao seu rosar...

É o mito da natureza;
Que, não lhes ilumina o prado;
Pois suas cores e beleza
Estão no transparente, ao rosto cruzado...

- A vida subiu ao palco
Abriu-se um novo contraste
Corroeu o grande salto:
Vista nova se avistasse...

- Ao Mundo, também servia;
Que a guerra o destacasse...
Cá de longe, o povo via e ouvia;
Se a TV anunciasse...

Foi o retrato escondido;
Pelos pregos mal pregados...
De tanto bater, foi partido;
E, os espertos afiados...

Tu és minha poesia
Vela içada ao vento doce..
Teus olhos, a melodia;
Minha Musa, que assim fosse...

- Lume ao fogo, que me queima! ...
Abre as portas coração:
Que o sol brilha e sempre teima:
Beber a voz da razão...

- Pode nascer nossa flor
Regada com atenção;
Com brios do Nobre ardor
E pétalas da irupção...

- Foi florindo lentamente
Brilhando em cada canção;
Beijo o beijo, docemente
Fogo-posto na paixão.

***

Submited by

segunda-feira, maio 17, 2010 - 16:41

Poesia :

No votes yet

antonioduarte

imagem de antonioduarte
Offline
Título: Moderador Poesia
Última vez online: há 40 semanas 3 dias
Membro desde: 01/09/2010
Conteúdos:
Pontos: 2570

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of antonioduarte

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Soneto “Cheguei Tardio” 4 1.356 03/15/2018 - 11:17 Português
Poesia/Poetrix “Quadra a ti” Acto 7º 1 839 06/13/2014 - 23:54 Português
Poesia/Soneto “Delicado” 3 1.136 12/04/2013 - 22:15 Português
Prosas/Lembranças “Tornado Pedra” 0 1.574 11/07/2013 - 02:30 Português
Poesia/Soneto “Terra” 0 2.032 11/07/2013 - 02:02 Português
Poesia/Soneto “Milagre de Flores” 0 984 04/03/2013 - 03:00 Português
Poesia/Haikai Quadra a ti” Acto 5º 0 1.848 03/22/2013 - 05:17 Português
Poesia/Soneto “Ecos Distantes” 0 1.323 02/22/2013 - 01:16 Português
Poesia/Soneto “Tantos… Tantos” 0 998 01/10/2013 - 04:34 Português
Poesia/Haikai “Quadra a ti” - ( Ato 6º ) 0 917 10/24/2012 - 15:11 Português
Poesia/Haikai "Quadra a ti: ( Géneros Distraídos) 0 1.580 10/24/2012 - 14:56 Português
Poesia/Amor “Numa lembrança de ti” 2 1.074 10/23/2012 - 16:35 Português
Prosas/Pensamentos "Sobra de Mim" 0 1.428 10/22/2012 - 23:21 Português
Poesia/Soneto “De Mim, Fundo No Olhar” 0 1.160 10/18/2012 - 23:47 Português
Poesia/Soneto “Porte Belo” 0 882 10/07/2012 - 13:09 Português
Poesia/Soneto “Míopes” 0 809 10/04/2012 - 21:55 Português
Poesia/Soneto “Perto do Céu” 4 1.742 10/03/2012 - 23:52 Português
Poesia/Arquivo de textos “Quando estás longe de mim” 2 1.175 10/03/2012 - 23:35 Português
Poesia/Soneto Ao despertar 0 2.060 10/03/2012 - 23:22 Português
Poesia/Soneto “Na Praia” 0 1.110 09/30/2012 - 11:53 Português
Poesia/Soneto "Caminho de Parecer" 1 1.933 09/27/2012 - 16:37 Português
Poesia/Meditação “Do céu ao mar” 1 1.515 09/16/2012 - 18:06 Português
Poesia/Arquivo de textos Versão destrocida: "Numa Lembrança de ti" 0 1.869 09/12/2012 - 11:58 Português
Poesia/Arquivo de textos “Estrela Proibida” 0 977 09/09/2012 - 22:04 Português
Poesia/Pensamentos “Teu rosto foi o primeiro” 0 1.573 08/04/2012 - 02:02 Português