CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Alucinações

Eis-me Pateta alucinado
a vagar nesse cercado
que chamam de
Mundo dado.
Insânia que oscila
entre Biarritz
e Auschwitz,
enquanto Pablo
desenha uma
Guernica de horror.
Combalida pela
dor vietnamita,
a Moira do Rio Grande
em cada carreira
mais se expande
como Alvo de Stand.
Cantemos ao Deus
dos Ateus,
rezemos aos
Santos Incréus
e aos bêbados
que vivem ao léu.
Todos serão absolvidos
Pelos Serafins mal resolvidos
que desfilam no calçadão
de Copacabana
em busca do sacro
sexo da semana.
Façamos poesias,
cantemos idolatrias
e pensemos nos
Destinos de todas
as Marias.
Já pouco importa
se a reta é torta
e se o Monstro
devora a Verdade
que um dia existiu,
quando a Musa sorriu.
Eia! Eia! Pateta alucinado,
pateta poeta
a vagar no cercado
desse insano corpo
semi acabado.

Submited by

segunda-feira, março 12, 2012 - 11:46

Poesia :

No votes yet

fabiovillela

imagem de fabiovillela
Offline
Título: Moderador Poesia
Última vez online: há 3 anos 34 semanas
Membro desde: 05/07/2009
Conteúdos:
Pontos: 6158

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of fabiovillela

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Tristeza A Canção de Alepo 0 2.139 10/01/2016 - 22:17 Português
Poesia/Meditação Nada 0 1.722 07/07/2016 - 16:34 Português
Poesia/Amor As Manhãs 0 1.480 07/02/2016 - 14:49 Português
Poesia/Geral A Ave de Arribação 0 1.466 06/20/2016 - 18:10 Português
Poesia/Amor BETH e a REVOLUÇÃO DE VERDADE 0 1.582 06/06/2016 - 19:30 Português
Prosas/Outros A Dialética 0 2.223 04/19/2016 - 21:44 Português
Poesia/Desilusão OS FINS 0 1.843 04/17/2016 - 12:28 Português
Poesia/Dedicado O Camareiro 0 2.800 03/16/2016 - 22:28 Português
Poesia/Amor O Fim 1 1.588 03/04/2016 - 22:54 Português
Poesia/Amor Rio, de 451 Janeiros 1 1.560 03/04/2016 - 22:19 Português
Prosas/Outros Rostos e Livros 0 1.643 02/18/2016 - 20:14 Português
Poesia/Amor A Nova Enseada 0 2.007 02/17/2016 - 15:52 Português
Poesia/Amor O Voo de Papillon 0 1.258 02/02/2016 - 18:43 Português
Poesia/Meditação O Avião 0 1.295 01/24/2016 - 16:25 Português
Poesia/Amor Amores e Realejos 0 2.213 01/23/2016 - 16:38 Português
Poesia/Dedicado Os Lusos Poetas 0 1.463 01/17/2016 - 21:16 Português
Poesia/Amor O Voo 0 1.484 01/08/2016 - 18:53 Português
Prosas/Outros Schopenhauer e o Pessimismo Filosófico 0 2.335 01/07/2016 - 20:31 Português
Poesia/Amor Revellion em Copacabana 0 1.688 12/31/2015 - 15:19 Português
Poesia/Geral Porque é Natal, sejamos Quixotes 0 1.547 12/23/2015 - 18:07 Português
Poesia/Geral A Cena 0 1.769 12/21/2015 - 13:55 Português
Prosas/Outros Jihadismo: contra os Muçulmanos e contra o Ocidente. 0 1.612 12/20/2015 - 19:17 Português
Poesia/Amor Os Vazios 0 2.714 12/18/2015 - 20:59 Português
Prosas/Outros O impeachment e a Impopularidade Carta aberta ao Senhor Deputado Ivan Valente – Psol. 0 1.029 12/15/2015 - 14:59 Português
Poesia/Amor A Hora 0 2.334 12/12/2015 - 16:54 Português