CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Canção de Sarajevo

Canção de Sarajevo

Há tanto que a morte
perambula em Sarajevo,
que nuas, tornaram-se as ruas.
O fogo e a metralha
cobriram os risos;
surdos ficaram os cellos
e inúteis os últimos guizos.

Estão findos os amores
e órfãos os poemas.
Vadias, vagam as canções
entre soturnos escombros
e cessam, ante tantos assombros.

A guerra,
sempre a guerra,
entranha-se nas almas
e marcha nos homens zumbis.
Marcha com os súditos de Ares,
imperador das hordas ensandecidas
de assassinos suicidas.

Há tanto se chora em Sarajevo,
que estão secos os olhos de Tanya.
Secos espinhos,
sem rosas que os adornem.

Produção e divulgação de Pat Tavares, lettré, l´art et la culture, assessora de Imprensa e Comunicação. Rio de Janeiro, Primavera de 2014.

Submited by

domingo, setembro 28, 2014 - 20:59

Poesia :

No votes yet

fabiovillela

imagem de fabiovillela
Offline
Título: Moderador Poesia
Última vez online: há 5 anos 39 semanas
Membro desde: 05/07/2009
Conteúdos:
Pontos: 6158

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of fabiovillela

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Tristeza A Canção de Alepo 0 3.295 10/01/2016 - 22:17 Português
Poesia/Meditação Nada 0 2.927 07/07/2016 - 16:34 Português
Poesia/Amor As Manhãs 0 2.559 07/02/2016 - 14:49 Português
Poesia/Geral A Ave de Arribação 0 2.651 06/20/2016 - 18:10 Português
Poesia/Amor BETH e a REVOLUÇÃO DE VERDADE 0 3.005 06/06/2016 - 19:30 Português
Prosas/Outros A Dialética 0 3.790 04/19/2016 - 21:44 Português
Poesia/Desilusão OS FINS 0 3.053 04/17/2016 - 12:28 Português
Poesia/Dedicado O Camareiro 0 4.038 03/16/2016 - 22:28 Português
Poesia/Amor O Fim 1 2.747 03/04/2016 - 22:54 Português
Poesia/Amor Rio, de 451 Janeiros 1 2.562 03/04/2016 - 22:19 Português
Prosas/Outros Rostos e Livros 0 2.789 02/18/2016 - 20:14 Português
Poesia/Amor A Nova Enseada 0 3.069 02/17/2016 - 15:52 Português
Poesia/Amor O Voo de Papillon 0 2.151 02/02/2016 - 18:43 Português
Poesia/Meditação O Avião 0 2.447 01/24/2016 - 16:25 Português
Poesia/Amor Amores e Realejos 0 3.533 01/23/2016 - 16:38 Português
Poesia/Dedicado Os Lusos Poetas 0 2.664 01/17/2016 - 21:16 Português
Poesia/Amor O Voo 0 2.512 01/08/2016 - 18:53 Português
Prosas/Outros Schopenhauer e o Pessimismo Filosófico 0 3.970 01/07/2016 - 20:31 Português
Poesia/Amor Revellion em Copacabana 0 2.796 12/31/2015 - 15:19 Português
Poesia/Geral Porque é Natal, sejamos Quixotes 0 2.528 12/23/2015 - 18:07 Português
Poesia/Geral A Cena 0 2.879 12/21/2015 - 13:55 Português
Prosas/Outros Jihadismo: contra os Muçulmanos e contra o Ocidente. 0 2.723 12/20/2015 - 19:17 Português
Poesia/Amor Os Vazios 0 3.868 12/18/2015 - 20:59 Português
Prosas/Outros O impeachment e a Impopularidade Carta aberta ao Senhor Deputado Ivan Valente – Psol. 0 2.114 12/15/2015 - 14:59 Português
Poesia/Amor A Hora 0 3.801 12/12/2015 - 16:54 Português