CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

A canção de um Historiador

No tecido do tempo, onde o passado se inscreve, 
Reside um amor profundo que jamais se dissolve, 
Pois na trama das eras, a História se revela, 
E em cada página, um acontecimento nos comove. 
 
Nas ruínas ancestrais e nos pergaminhos antigos, 
O coração da humanidade pulsa com vigor, 
Pois o amor pela História é um laço indissolúvel, 
Que une o presente ao passado com fervor. 
 
Nos relatos de batalhas e nos feitos grandiosos, 
Encontramos lições de coragem e de dor, 
E no seio das civilizações que se ergueram e caíram, 
Percebemos que o amor à História é um fervoroso amor. 
 
Por entre as pedras gastas dos castelos medievais, 
E nos murais das tumbas dos faraós do Egito, 
Reside a essência da vida, a herança dos que vieram antes, 
E o amor à História é o tributo que lhes é infinito. 
 
Em cada descoberta arqueológica, um suspiro se exala, 
Pois desvendar os mistérios do passado é um deleite, 
E ao mergulhar nas crônicas de povos esquecidos, 
O amor à História se torna mais do que um simples enfeite. 
 
É um compromisso com a verdade, com a compreensão, 
Um respeito pelos que vieram antes e pelos que virão, 
Pois ao amar a História, abraçamos nossa própria jornada, 
E compreendemos que somos parte de um grande e eterno refrão. 
 
Assim, que seja eterno o amor pela Historiografia, 
Pois em suas páginas está entrelaçada nossa própria memória, 
E ao nutrir esse amor, nutrimos também nossa alma, 
Com a sabedoria e a beleza que só nos alcança a História. 

 
Poema: Odair José, Poeta Cacerense

www.odairpoetacacerense.blogspot.com

Submited by

sábado, fevereiro 10, 2024 - 01:02

Poesia :

No votes yet

Odairjsilva

imagem de Odairjsilva
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 13 horas 41 minutos
Membro desde: 04/07/2009
Conteúdos:
Pontos: 15551

Comentários

imagem de Odairjsilva

Visitem os

imagem de Odairjsilva

Visitem os

imagem de Odairjsilva

Visitem os

imagem de Odairjsilva

Visitem os

imagem de Odairjsilva

Visitem os

imagem de Odairjsilva

Visitem os

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Odairjsilva

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Pensamentos A voz que ninguém quer ouvir 6 107 05/18/2024 - 23:41 Português
Poesia/Desilusão Tão triste e vazio 6 209 05/14/2024 - 12:16 Português
Poesia/Amor Sob o luar 6 164 05/12/2024 - 14:19 Português
Poesia/Pensamentos Um abismo chama outro 6 603 05/11/2024 - 13:22 Português
Poesia/Tristeza A dor de quem perde o que mais ama 6 565 05/09/2024 - 20:39 Português
Poesia/Meditação Almas quietas 6 428 05/08/2024 - 11:42 Português
Poesia/Desilusão No silêncio da noite 6 311 05/07/2024 - 20:36 Português
Poesia/Dedicado No coração do Pantanal 6 278 05/06/2024 - 23:01 Português
Poesia/Desilusão O horizonte faz lembrar 6 673 05/04/2024 - 14:29 Português
Poesia/Meditação Medeia 6 492 05/03/2024 - 20:12 Português
Poesia/Amor Quem dera eu tivesse o poder 6 451 05/02/2024 - 12:06 Português
Poesia/Pensamentos O último suspiro 6 675 05/01/2024 - 14:29 Português
Poesia/Amor A inquietude do amor 6 485 04/30/2024 - 11:54 Português
Poesia/Meditação Meu lado sombrio 6 470 04/29/2024 - 20:30 Português
Poesia/Alegria A vida que se abre 6 500 04/28/2024 - 14:11 Português
Poesia/Pensamentos Condicionacérebros 6 514 04/27/2024 - 14:06 Português
Poesia/Paixão Tudo mudou outra vez 6 286 04/26/2024 - 20:54 Português
Poesia/Paixão Loucura que me faz sonhar 6 1.072 04/25/2024 - 21:40 Português
Poesia/Paixão Apenas um olhar e um sorriso 6 486 04/24/2024 - 20:13 Português
Poesia/Desilusão Essa saudade que me invade 6 211 04/22/2024 - 20:29 Português
Poesia/Dedicado Tiradentes 6 553 04/21/2024 - 13:48 Português
Poesia/Pensamentos Armadilhas ou ratoeiras 6 1.226 04/20/2024 - 20:08 Português
Poesia/Meditação Onde vão os velhos quando ficam velhos? 6 216 04/20/2024 - 13:53 Português
Poesia/Pensamentos Incoerência fantasiosa absurda 6 1.077 04/19/2024 - 20:29 Português
Poesia/Meditação A trágica paixão de Sansão 6 258 04/18/2024 - 20:34 Português