CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

"Cego"

 

Com os olhos cansados de ver a luz,brilhando sem razão.

Com o corpo sofrido e cansado,ao ver você enlouqueço.

Guardo no peito a força do nosso amor.

Viajo no caos da destruição,e descanso em seus braços.

E os laços que nos une e nos faz amar,e que não quebra jamais.

Lembro de ti a cada hora e minuto.

Desejo teus beijos,como o único líquido que me alimenta.

Desejo teu corpo,como a mais forte e pura fonte de energia.

Me afogo no mar do amor,e nado na grande emoção que é você.

Faço-me de céu,pra ter você com a mais bela estrela.

Cuido-me como jardim,pra ter você como a mais linda rosa.

Transformo nosso amor,na única razão de viver.

Lembro de sua boca me levando à perdição.

Pois você é a razão do meu universo,a luz da minha vida.

O amor que tanto procurei.

E que encontrei em você.


 

Autor:Verton Brandino da Silva(18/08/2010)

São Paulo


 

Submited by

sexta-feira, abril 15, 2011 - 14:17

Poesia :

No votes yet

Verton Brandino da Silva

imagem de Verton Brandino da Silva
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 19 semanas 5 dias
Membro desde: 04/13/2011
Conteúdos:
Pontos: 986

Comentários

imagem de MarneDulinski

"Cego"

Lindo poema, gostei muito!

Meus parabéns,

MarneDulinski

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Verton Brandino da Silva

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Pensamentos "Psicose!" 0 268 03/07/2022 - 21:44 Português
Poesia/Pensamentos "Corruptos de nós mesmos!" 0 370 02/28/2022 - 22:38 Português
Poesia/Geral "Poema da Madrugada!" 0 484 09/08/2021 - 14:13 Português
Poesia/Geral "Reflexão de uma certa quinta!" 0 355 06/09/2021 - 23:11 Português
Poesia/Geral "Amanhã pode ser tarde!" 0 570 05/19/2021 - 22:25 Português
Poesia/Fantasia "Incógnita na tempestade!" 0 581 05/17/2021 - 11:53 Português
Poesia/Dedicado "Quem sabe,formiga?" 0 527 05/17/2021 - 11:48 Português
Poesia/Dedicado "Regando a felicidade!" 0 531 05/01/2021 - 09:35 Português
Poesia/Fantasia "Ex-calada! 0 483 04/08/2021 - 10:18 Português
Poesia/Geral "Passa tempo!" 2 597 04/08/2021 - 10:17 Português
Poesia/Desilusão "Com você!" 0 458 04/04/2021 - 12:00 Português
Poesia/Geral "Versos em Papel!" 2 610 04/04/2021 - 11:27 Português
Poesia/Desilusão "Partida!" 0 550 03/13/2021 - 11:03 Português
Poesia/Geral "Foi sorte!" 0 576 03/02/2021 - 18:20 Português
Poesia/Geral "Ter!" 0 640 02/21/2021 - 10:23 Português
Poesia/Fantasia "O dia em que morri!" 0 630 02/19/2021 - 16:16 Português
Poesia/Fantasia "Além!" 2 857 02/13/2021 - 00:34 Português
Poesia/Pensamentos "Quem sabe!" 0 490 01/31/2021 - 00:52 Português
Poesia/Fantasia "Onde estão?" 2 713 01/31/2021 - 00:46 Português
Poesia/Geral "Indecisão!" 2 472 01/31/2021 - 00:43 Português
Poesia/Geral "Anjo bom!" 0 539 01/25/2021 - 09:57 Português
Poesia/Geral "Anjo sem asas!" 0 657 01/13/2021 - 18:37 Português
Poesia/Pensamentos "Vai entender!" 0 556 01/08/2021 - 17:54 Português
Poesia/Geral "MENSAGEM DE RÉVEILLON!" 0 541 12/31/2020 - 09:35 Português
Poesia/Dedicado "Doce rio!" 0 701 11/20/2020 - 00:40 Português