CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Cidade enovelada

Mesmo enevoeirada

a cidade traz-me encantada.

À falta dos raios de luz natural,

brilham os néons alaranjados,

enfeitando de tons doirados

os corpos curvados,

enregelados…

Sentem-se em sala de festa

e brincam no arraial

das árvores brancas da floresta!

OF 28-12-2011

http://portate-mal.blogspot.com/2011/12/cidade-enovelada.html

Submited by

segunda-feira, janeiro 9, 2012 - 03:36

Poesia :

Your rating: None (1 vote)

Odete Ferreira

imagem de Odete Ferreira
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 5 semanas 5 dias
Membro desde: 01/11/2011
Conteúdos:
Pontos: 1927

Comentários

imagem de Jorge Humberto

Minha estimada amiga e poetisa, Odete,

Minha estimada amiga e poetisa, Odete,
 

venho tarde a este teu lindo poema, mas vim e ainda bem que o descobri: li e irei deixar, estas minhas singelas palavras, que mesmo sendo breves, trazem todo o encanto do encantamento de teus versos.
 

Todas as estações têm a sua muito própria e distinta beleza, dá-nos a natureza a surpresa de ser.
É um poema que fala do cotidiano e de um instante, que, lendo teu poema, mais parece gravado num belo quadro.

Parabéns!
 

Beijinhos mil
Jorge Humberto
 

 

 

imagem de Odete Ferreira

Para Humberto

Vens sempre a tempo, amigo Humberto...

Sinto-me grata pelo teu generoso comentário, mais um poemeto do que um poema. Um rascunho de dias quotidianos, sim.

Bjinhossmiley

imagem de SuzeteBrainer

Querida Amiga

O olhar da poetisa no cenário cotidiano, as palavras vestidas de beleza poética, rearrumando o real para o (en)canto do imaginário...

Muito lindo!!

Beijinho e enorme abraço na tua linda almasmiley

imagem de Odete Ferreira

P/ Suzete Brainer (Cidade enovelada)

Só um olhar como o teu, querida amiga, é que poderia produzir um comentário tão poético para um simples arremesso de poema!

Obg, pois, por ese teu encanto no meu canto smiley !

Bjos, mil

imagem de Teresa Almeida

Esse lindo cenário, que

Esse lindo cenário, que descreves, reinventa-se quase todos todos os dias,

em Janeiro.

Em Miranda o frio ataca ainda mais, mas a beleza das tuas tuas palavras aquece-nos. 

Passei hoje na Princesa do Tua e, realmente, apertei bem o casaco. smiley

Bjs de enlightened

imagem de Odete Ferreira

P/ Teresa Almeida (Cidade...)

Fiz este rascunho de palavras num final de tarde. À noite, a jovem amiga Irene havia tirado uma foto que se adequava muito bem. Assim surgiu um arremesso de

poema, que é bem fiel à realidade, por esta altura! Não tinha intenção de postar aqui, mas se clicarem no blogue vê-se a panorânica!

Passaste e nada disseste!

Obg por gostares!

Bjo smiley

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Odete Ferreira

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Tristeza Entardecer com sabor a despedida 1 694 03/15/2018 - 13:59 Português
Poesia/Tristeza Música 1 798 03/15/2018 - 13:58 Português
Poesia/Desilusão Apenas mais um dia 1 1.302 03/15/2018 - 13:57 Português
Poesia/Meditação Se a vida fosse sempre assim 1 921 03/15/2018 - 13:56 Português
Ministério da Poesia/Fantasia Seres incompletos 3 1.019 03/15/2018 - 13:56 Português
Prosas/Outros No sopé da montanha 1 393 03/08/2018 - 19:01 Português
Poesia/Meditação Tempo(s) 1 940 03/08/2018 - 18:43 Português
Poesia/Fantasia Surrealidades 1 705 03/08/2018 - 18:42 Português
Poesia/Tristeza Emocão 5 1.189 03/08/2018 - 16:48 Português
Poesia/Dedicado Mulher-Dor 3 204 03/08/2018 - 16:14 Português
Poesia/Intervenção E a festa veste-se em cada madrugada 3 692 02/27/2018 - 11:43 Português
Poesia/Meditação À míngua 0 639 12/30/2015 - 22:36 Português
Poesia/Intervenção Não invoquem o meu nome em vão 0 1.055 11/25/2015 - 02:18 Português
Poesia/Fantasia Surreal XXVIII 2 545 09/05/2015 - 19:00 Português
Prosas/Outros Da alma 0 369 09/01/2015 - 19:58 Português
Poesia/Intervenção Da destemperança 0 785 08/26/2015 - 01:35 Português
Poesia/Meditação E no entre-Tanto faço caminho 0 506 07/02/2015 - 23:55 Português
Poesia/Meditação E continuamos pequeninos! 0 734 06/02/2015 - 20:15 Português
Poesia/Intervenção Nem te renego nem me nego 0 635 04/25/2015 - 02:08 Português
Poesia/Dedicado Laudatória 0 456 03/24/2015 - 19:03 Português
Poesia/Dedicado És...Mulher 0 880 03/08/2015 - 18:53 Português
Poesia/Amor Vida(s) 0 728 02/14/2015 - 18:07 Português
Poesia/Amor Moras nos meus sonhos 0 927 02/13/2015 - 16:30 Português
Poesia/Dedicado Olhares 0 1.212 01/22/2015 - 01:58 Português
Prosas/Outros Do exato momento da VIragem 0 699 12/30/2014 - 14:27 Português