CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

COLHEITA

Que barganha foi essa?
Troquei uma dor antiga
por outra mais recente
Um coração passivo
Por outro mais carente
Um sonho adormecido
Por outro delirante
Uma ilusão perdida
Por outra mais cortante
Antes era a paixão,
Depois a ilusão de algo que se diluiu
Agora é a dor viva, vívida, lacerante
Ressinto-me da dor do amor ausente
Ressinto-me da distância incoerente
Levanto a bandeira branca
E peço clemência e paz
Mas, não ouves, não, falas, não vês
Que barganha boba
Troquei seis por meia dúzia
Não, já determinei
Não te verei mais
Nem te chamarei jamais
Nem por um segundo
Quero o silêncio pleno, não o caos
Mas o que me dói ainda
É esta mudez escandalosa
Entre nós, só um hiato,
Um abismo tão profundo
Troquei o dito pelo não dito
Mas foi preciso...
Deu pena, era tão bonito
E então, excluí teu perfil do coração
Em um clique te apaguei
Sem compaixão
Mas o silêncio maldito
Escondeu o teu delito
Foi por isso que chorei
Debulhada em sal sem sol
Dou agora tempo ao tempo
Só lamento
Sei que isso não plantei
A colheita não é minha
Com doçura de menina
Tudo que fiz foi te amar
Da minha parte,
Cansei!
Existe uma lei divina
E quem plantou vai ceifar!

 

 

WEB IMAGEM

 

Submited by

segunda-feira, maio 9, 2011 - 19:58

Poesia :

No votes yet

LourdesRamos

imagem de LourdesRamos
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 3 anos 27 semanas
Membro desde: 04/08/2009
Conteúdos:
Pontos: 2252

Comentários

imagem de MarneDulinski

COLHEITA

Lindo e triste poema, com intenções de ceifar o amor!

Tudo isso me entristece, devemos cultivar o amor...

Mesmo assim, gostei muito, meus parabés,

Marne

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of LourdesRamos

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Erótico SEI LÁ! 1 794 02/26/2018 - 12:42 Português
Poesia/Haikai HAIKAI 1 1.069 06/13/2014 - 23:16 Português
Videos/Outros SALMO 23 0 2.557 01/06/2014 - 19:46 Português
Videos/Poesia PRIMAVERA MOLHADA 0 3.634 10/21/2012 - 20:40 Português
Videos/Poesia PRIMAVERA MOLHADA 0 1.757 10/21/2012 - 20:37 Português
Poesia/Meditação PRIMAVERA MOLHADINHA 0 1.492 09/26/2012 - 18:07 Português
Poesia/Acrósticos ACRÓSTICO PARA VICENTE 0 6.377 08/02/2012 - 01:08 Português
Poesia/Amor O TROVADOR 0 898 07/19/2012 - 18:35 Português
Poesia/Dedicado AMAR ELYMAR 1 1.966 07/09/2012 - 06:57 Português
Poesia/Alegria DE LAÇOS E ABRAÇOS 2 1.316 05/30/2012 - 20:20 Português
Poesia/Dedicado ZÉLIA, SENHORA DONA DO BAILE 1 1.402 05/22/2012 - 01:55 Português
Poesia/Dedicado TROVAS PARA MINHA MÃE 1 1.516 05/12/2012 - 14:10 Português
Poesia/Paixão SINTONIA ENLUARADA 1 1.148 04/10/2012 - 17:42 Português
Poesia/Fantasia TRANSMUTAÇÃO DO BEIJO OBTUSO 2 1.027 04/10/2012 - 02:24 Português
Poesia/Meditação REALENGO, AINDA HÁ ESPERANÇA! 2 1.726 04/09/2012 - 00:28 Português
Poesia/Paixão SINTONIA VIRTUAL 7 1.675 04/07/2012 - 14:13 Português
Videos/Poesia SINTONIA VIRTUAL 1 2.506 04/07/2012 - 01:49 Português
Poesia/Fantasia RENASCENDO A DOIS 0 1.521 03/28/2012 - 22:25 Português
Poesia/Meditação O SEGUNDO SOL 1 1.415 03/27/2012 - 21:47 Português
Poesia/Amor RENASCENDO 2 1.655 03/25/2012 - 23:06 Português
Prosas/Ficção Cientifica AQUECIMENTO GLOBAL OU CONTROLE GLOBALIZADO? 2 2.114 01/13/2012 - 12:39 Português
Poesia/Meditação UM FELIZ FIM DO MUNDO! 0 1.380 12/18/2011 - 15:14 Português
Videos/Música SENHOR, PÕE TEUS ANJOA AQUI! 0 1.820 12/18/2011 - 14:10 Português
Videos/Poesia TÚNEL DO TEMPO 0 1.525 11/19/2011 - 20:13 Português
Videos/Poesia HOMEM IDEAL 0 2.148 11/19/2011 - 20:07 Português