CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

A Flor da Pele

A pele branca cobre os ossos
Seu olhar esta no ventre
Gemendo arrasta os pés pelo imundo chão
Tal loba prestes a dar à luz, gruí o rugir da dor.
No passeio antes público estabelece domínio
Segura-se as paredes para não tombar diante da desgraça
Segue...
Face transfigurada pela dor física
Senta-se ao chão da calçada prestes a dar a luz
Ao filho que carrega em ventre sagrado
Olhos espantados e medrosos espiam
O palco da rua
Criaturas patéticas encurraladas pelo medo
Admiram...
Logo seus corpos fogem do horror que se apresenta
A mulher se arrasta novamente
Na próxima porta mais um descanso
Desta vez a tosse corta a respiração
Toma nas mãos o ventre que tenta abraçar
Espia entre os cabelos e afugenta os que se aproximam
Medo...
Pele azulada não consegue respirar
Só, vê o fim se aproximar
Parece nada importar, ajuda não quer, foge
Segue seu caminho deixando no rastro o gemido
Declara-se o espetáculo que não queremos ver
No palco o ator da vida real
Dói...
Uma marca que não poderemos apagar
Agora temos uma faca cravada no peito
O sangue banhara a lápide mulher
Ornando-a em coroas de espinhos feitas de cravos de aço
Tomba uma sociedade degrada nas lágrimas do vicio
Da desigualdade forjada lama insana.

Submited by

domingo, junho 17, 2012 - 02:44

Poesia :

No votes yet

marialds

imagem de marialds
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 2 anos 20 semanas
Membro desde: 03/31/2009
Conteúdos:
Pontos: 2887

Comentários

imagem de Nanda

Marialds

As diferenças sociais são cada vez mais marcantes e a desigualdade de oportunidades flagrante.
Um excelente poema.
Beijinho
Nanda

imagem de marialds

Comentário.

É Nanda as coisas ficam mais dificil dia a dia para todas a classes sociais.
Grata pelo comentário, desculpe a demora estou com uma tendinite nos dedos das mãos e só atualizo o FaceBook, mas adoro este site. Uma ótima semana para voce.

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of marialds

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Tristeza Separação 0 1.087 07/22/2015 - 19:11 Português
Poesia/Geral Veja 0 1.478 07/19/2014 - 02:55 Português
Prosas/Pensamentos Pensamentos 0 1.059 03/02/2014 - 01:55 Português
Prosas/Pensamentos Pensamentos 0 1.362 03/02/2014 - 01:47 Português
Prosas/Pensamentos Pensamentos 0 1.068 03/02/2014 - 01:41 Português
Prosas/Pensamentos Pensamentos 1 1.710 12/20/2013 - 20:17 Português
Prosas/Outros Frase 0 1.220 11/27/2013 - 23:50 Português
Fotos/Natureza Flores popularmente chamadas de "Damas da Noite" 0 2.077 11/27/2013 - 23:44 Português
Poesia/Geral Noite de Solidão 0 1.531 11/27/2013 - 22:23 Português
Poesia/Geral Fria Madrugada 2 1.840 11/27/2013 - 21:34 Português
Poesia/Geral Cotidiano 2 1.452 11/17/2013 - 23:57 Português
Poesia/Fantasia Ser em Sombras 0 1.096 05/11/2013 - 23:30 Português
Poesia/Geral A Flor da Pele 2 1.478 06/24/2012 - 20:48 Português
Poesia/Geral Solidão de nos Dois. 2 1.287 06/17/2012 - 19:39 Português
Poesia/Geral Passagem 0 1.086 06/17/2012 - 01:57 Português
Poesia/Geral Momentos 1 1.695 03/30/2012 - 09:04 Português
Poesia/Geral Teu Perfume 0 1.632 03/30/2012 - 04:04 Português
Poesia/Geral Espectro 0 1.347 03/30/2012 - 03:56 Português
Poesia/Geral Na Face do Menino 2 1.517 01/22/2012 - 02:59 Português
Poesia/Geral Tombados 0 1.126 01/21/2012 - 02:32 Português
Fotos/Paisagens Estrada de nuvens. 0 3.166 01/15/2012 - 21:38 Português
Poesia/Haikai Sem Titulo 0 1.498 01/15/2012 - 21:00 Português
Poesia/Haikai Sem Título 0 1.179 01/15/2012 - 20:59 Português
Poesia/Tristeza Apenas Lembranças 0 1.270 01/15/2012 - 20:56 Português
Poesia/Soneto Livro de bolso 0 2.536 09/17/2011 - 04:15 Português