CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Hotéis

Hotéis baratos para senhores de fino trato.
Falta-lhe ares conhecidos. Quarto sem cor. Abstrato.
O Passado foi a ponte para este ambiente
e no Presente, Sr. Fabio, é-lhe o conveniente.

Exilado de imaginados e doces regatos,
no peito, sinto certa nostalgia. Aquela de velhos retratos.
Mas o chamado da recepcionista, devolve-me aos contratos.
E, também, ao saber que a angustia e a solidão existem de fato.

Não aquelas retidas no hotel barato,
mas as do gasto coração, de tudo tão farto.
E de tanto nada mais querer. De tanto tédio,
junto as minhas, às dores e desilusões do velho prédio.

Dias dificieis. E, no entanto, em certo dia surgiu Lena.
Um encontro qualquer trouxe-me esta brisa serena.
Clara mulher que dissipou a espessa bruma
e, ainda que por momentos, a mágoa tornou-se nenhuma.

Velho, velho . . . isto é paixão para adolescentes.
É sim! E eu que imaginava estes sentimentos já ausentes . . .
Foi bom lhe ver, querer lhe tocar. Pudores inexistentes.

Por instantes, sonhar outros sonhos.
Fugazes momentos risonhos . . .

Submited by

domingo, agosto 16, 2009 - 05:37

Poesia :

No votes yet

fabiovillela

imagem de fabiovillela
Offline
Título: Moderador Poesia
Última vez online: há 3 anos 34 semanas
Membro desde: 05/07/2009
Conteúdos:
Pontos: 6158

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of fabiovillela

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Tristeza A Canção de Alepo 0 2.145 10/01/2016 - 22:17 Português
Poesia/Meditação Nada 0 1.722 07/07/2016 - 16:34 Português
Poesia/Amor As Manhãs 0 1.482 07/02/2016 - 14:49 Português
Poesia/Geral A Ave de Arribação 0 1.468 06/20/2016 - 18:10 Português
Poesia/Amor BETH e a REVOLUÇÃO DE VERDADE 0 1.584 06/06/2016 - 19:30 Português
Prosas/Outros A Dialética 0 2.225 04/19/2016 - 21:44 Português
Poesia/Desilusão OS FINS 0 1.844 04/17/2016 - 12:28 Português
Poesia/Dedicado O Camareiro 0 2.800 03/16/2016 - 22:28 Português
Poesia/Amor O Fim 1 1.589 03/04/2016 - 22:54 Português
Poesia/Amor Rio, de 451 Janeiros 1 1.562 03/04/2016 - 22:19 Português
Prosas/Outros Rostos e Livros 0 1.648 02/18/2016 - 20:14 Português
Poesia/Amor A Nova Enseada 0 2.008 02/17/2016 - 15:52 Português
Poesia/Amor O Voo de Papillon 0 1.260 02/02/2016 - 18:43 Português
Poesia/Meditação O Avião 0 1.297 01/24/2016 - 16:25 Português
Poesia/Amor Amores e Realejos 0 2.218 01/23/2016 - 16:38 Português
Poesia/Dedicado Os Lusos Poetas 0 1.466 01/17/2016 - 21:16 Português
Poesia/Amor O Voo 0 1.487 01/08/2016 - 18:53 Português
Prosas/Outros Schopenhauer e o Pessimismo Filosófico 0 2.335 01/07/2016 - 20:31 Português
Poesia/Amor Revellion em Copacabana 0 1.690 12/31/2015 - 15:19 Português
Poesia/Geral Porque é Natal, sejamos Quixotes 0 1.548 12/23/2015 - 18:07 Português
Poesia/Geral A Cena 0 1.772 12/21/2015 - 13:55 Português
Prosas/Outros Jihadismo: contra os Muçulmanos e contra o Ocidente. 0 1.614 12/20/2015 - 19:17 Português
Poesia/Amor Os Vazios 0 2.717 12/18/2015 - 20:59 Português
Prosas/Outros O impeachment e a Impopularidade Carta aberta ao Senhor Deputado Ivan Valente – Psol. 0 1.029 12/15/2015 - 14:59 Português
Poesia/Amor A Hora 0 2.336 12/12/2015 - 16:54 Português