CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Medo

        O medo engana,

         enterra a esperança,

        de quem ainda tem muito a viver.

        

         Tenho medo de que o medo

          seja tudo oque se sente.

         Tenho medo de não sentir falta,

          de quem esta ausente.

 

           Medo de que os sorrisos,

           não sejam de verdade.

            Mas apenas pra tampar,

           o medo da propria realidade.

           

            Mas ainda...

             Esses medos não se comparam.

             O medo da morte, não se compara,

             ao medo de não poder amar.

           

 

Submited by

sexta-feira, janeiro 27, 2012 - 20:53

Poesia :

No votes yet

ana cristina cruz

imagem de ana cristina cruz
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 7 anos 43 semanas
Membro desde: 01/06/2012
Conteúdos:
Pontos: 20

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of ana cristina cruz

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Intervenção Vida capitalista 0 280 02/03/2012 - 17:29 Português
Poesia/Pensamentos A verdadeira riqueza 0 324 01/27/2012 - 21:06 Português
Poesia/Pensamentos Medo 0 274 01/27/2012 - 20:53 Português
Poesia/Amor Quem ama ... 0 357 01/27/2012 - 20:37 Português