CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Morte e vida

Morte e vida

Pra onde vão os que vão e não voltam.
O tempo nos põe em esquecimento.
Esquece-se da gente com a nova semente.
Essas flores do jardim não são as mesmas
do ano passado, são flores novas morrendo
no buquê bem montado.
Enquanto elas morrem dão vida a você em
alegrias expressivas, a morte do boi e das
flores te faz forte e feliz, mata sua fome e
sua vaidade, esconde as verdades.
Somos felizes morrendo e matando dia a
dia, somos luz negra sem saber, somos e
não somos.
Desde criança a menino e menino a velho.
Velho passado e novidade chegando pra
envelhecer logo adiante.
Somos hoje o que já fomos antes.

O NOVO POETA. (W.Marques).

Submited by

quinta-feira, junho 15, 2017 - 20:09

Poesia :

No votes yet

onovopoeta

imagem de onovopoeta
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 1 semana 1 dia
Membro desde: 04/19/2009
Conteúdos:
Pontos: 1453

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of onovopoeta

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Amor Pétalas do amor 0 40 11/19/2017 - 00:34 Português
Poesia/Amor Sobejar de paixão 0 116 07/09/2017 - 16:37 Português
Poesia/Meditação Morte e vida 0 270 06/15/2017 - 20:09 Português
Poesia/Geral Beiços de homens 0 129 01/27/2017 - 19:35 Português
Poesia/Meditação Oscilação 0 870 11/23/2016 - 16:37 Português
Poesia/Meditação Talvez um anjo 0 200 09/13/2016 - 15:18 Português
Poesia/Geral Receio do remate 0 488 06/16/2016 - 17:18 Português
Poesia/Meditação 10 graças 1 195 05/29/2016 - 12:03 Português
Poesia/Geral Sinfônica saúde 0 298 04/22/2016 - 14:02 Português
Poesia/Geral Santas descabidas 0 349 02/21/2016 - 19:22 Português
Poesia/Amor Vinho triste 0 395 02/21/2016 - 19:20 Português
Poesia/Amor Lucidez abstrusa 0 869 12/24/2015 - 11:19 Português
Poesia/Geral Oportunista 0 333 11/07/2015 - 21:42 Português
Poesia/Geral Fluidos mínimos 0 444 09/23/2015 - 10:55 Português
Poesia/Geral Mortos odoríferos 0 847 07/21/2015 - 10:30 Português
Poesia/Amor Princesa do gueto (A morte da princesa). 0 435 06/13/2015 - 18:21 Português
Poesia/Meditação Dias encafifados 0 443 04/29/2015 - 11:07 Português
Poesia/Amor Amor de seis rimas 0 655 03/27/2015 - 11:29 Português
Poesia/Geral Mortos do vaso 0 644 02/15/2015 - 12:26 Português
Poesia/Amor Memórias de girasol 0 507 01/15/2015 - 10:12 Português
Poesia/Fantasia Luzes dos lampiros 0 619 12/23/2014 - 13:55 Português
Poesia/Amor Encantamento 0 389 11/20/2014 - 11:55 Português
Poesia/Geral Abstrato 0 515 10/20/2014 - 14:04 Português
Poesia/Meditação Finda um envoltório 1 566 09/09/2014 - 03:10 Português
Poesia/Pensamentos Hora estranha 0 462 08/16/2014 - 16:06 Português