CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

O FLAGELO DA PERDA

O FLAGELO DA PERDA

Por conta própria vagueio
em busca de tanto ausente.
Estou farta do que é imundo,
quero encontrar o que anseio.
Minha’alma em luta crescente
se está escondendo do mundo.

Almas penadas caminham
aos encontrões, sem saída
do que se tornou fatal.
Maus tempos já se adivinham,
e a humanidade, perdida,
rende-se a quem lhes faz mal.

No céu esvoaçam em grupo
andorinhas que procuram
onde fazerem seus ninhos.
Com outras me preocupo.
Almas doentes não curam
se carentes de carinhos.

Maria Letr@

Submited by

domingo, junho 13, 2021 - 23:49

Poesia :

Your rating: None (1 vote)

Maria Letra

imagem de Maria Letra
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 3 dias 11 horas
Membro desde: 11/20/2012
Conteúdos:
Pontos: 2676

Comentários

imagem de Joel

Boas letras

a revejam, continuemos caminhando, palmilhando rumos paralelos, distintos por própria conta e destinos mudos até aos fins dos nossos pequenos mundos

(boa poesia como sempre)

imagem de Maria Letra

O FLAGELO DA PERDA

Peço-lhe desculpa, Joel, por não ter lido o seu gentil comentário. Raramente venho a esta página, que tant aprecio. Passo mais tempo agarrada à minha página pessoal, Maria Letra Website. Tenho de corrigir esta falha.
Muito grata.
Saudações amigas.

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Maria Letra

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Prosas/Tristeza VIOLÊNCIA DOMÉSTICA - ATÉ QUANDO? 0 196 11/30/2023 - 01:01 Português
Poesia/Geral AO SABOR DAS MARÉS 0 331 10/29/2023 - 11:30 Português
Prosas/Outros DEMOCRATICAMENTE... LETRA-SEM-TRETA! 0 682 07/09/2023 - 20:46 Português
Poesia/Geral COMO VIVI A PANDEMIA 0 425 07/09/2023 - 20:37 Português
Poesia/Geral AGARRA A VIDA 0 251 07/09/2023 - 20:33 Português
Poesia/Amor ELOS DE AMOR 0 332 06/27/2023 - 19:51 Português
Poesia/Meditação SINTO FRIO 0 468 06/27/2023 - 19:22 Português
Poesia/Meditação ESPERO_POR_TI_MADRUGADA 3 1.927 06/26/2023 - 20:54 Português
Poesia/Tristeza O FLAGELO DA PERDA 2 1.186 06/26/2023 - 20:48 Português
Poesia/Meditação ETERNA BUSCA 0 313 06/10/2023 - 16:54 Português
Poesia/Desilusão PRECE À VIDA 0 756 02/03/2023 - 21:51 Português
Poesia/Dedicado QUANDO JULGARES-ME É UM ERRO 0 574 02/03/2023 - 13:57 Português
Poesia/Geral ONDE COMEÇA A ESPERA 0 547 02/03/2023 - 13:52 Português
Poesia/Geral QUEM NÃO ESTIVER BEM... QUE SE MUDE! 0 557 11/28/2022 - 00:18 Português
Poesia/Pensamentos OS MEUS QUERERES 0 628 11/27/2022 - 22:47 Português
Poesia/Meditação SÃO PENAS...PARTES DE MIM 0 527 11/27/2022 - 22:32 Português
Prosas/Outros O EXCEPCIONAL INTÉRPRETE MUSICAL DIMASH QUDAIBERGEN 0 777 11/27/2022 - 00:57 Português
Prosas/Outros O CUSCAS QUER IR AO QATAR 0 1.284 11/27/2022 - 00:51 Português
Poesia/Tristeza TOXIMUNDO 0 571 11/25/2022 - 23:07 Português
Críticas/Outros AINDA O IDOSO CARENCIADO 0 754 11/25/2022 - 18:42 Português
Poesia/Meditação O OBVERSO DO UNIVERSO 0 697 11/25/2022 - 18:15 Português
Poesia/Geral CORRIDA EM DIRECÇÃO À META 0 599 11/24/2022 - 17:37 Português
Poesia/Geral CAMINHADA DE AMOR 0 768 11/24/2022 - 17:19 Português
Poesia/Tristeza O MUNDO ESTÁ DOENTE 0 874 11/24/2022 - 14:29 Português
Poesia/Geral NA MIRA DE GENTE FALSA 0 1.088 06/13/2021 - 21:41 Português