CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

performance

começa por tocar-me os dedos
(como uma harpa)
depois sobe-me
nas cordas que estendo
dedilha-me cada canto
sente os recantos
tamborila-me ritmos baixos
nos nós de mim
e acorda-me cada nervo aferente
em ritmo crescente
de festim.

continua dançando o meu corpo
(como num tango)
ainda seguindo
a musa maestrina
que me rege
em ínclito si herege
e tempos sustenidos
e gemidos
elevando em notas quase etéreas
o roçar da matéria
aluvial.

termina repousando-me nos tempos
(como um instante)
como se intenso
quisesse dizer eternidade
reconcilia-me
com as consonâncias do silêncio
e da arte
depois retoca-me
em ondas de oceano
nas teclas aprazíveis
de um piano...

Submited by

quinta-feira, fevereiro 21, 2013 - 16:07

Poesia :

Your rating: None (1 vote)

Sterea

imagem de Sterea
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 1 ano 24 semanas
Membro desde: 05/05/2010
Conteúdos:
Pontos: 446

Comentários

imagem de Sterea

eheh, boa! - melopoesia.

eheh, boa! - melopoesia. Tenho alguns mais, no meu acervo.

Beijo.

imagem de Nuno Lago

Performance

Que performance, Teresa! Coincidência, tenciono amanhã publicar uma TOCATA, contribuindo para um hipotético álbum dos amantes melómanos na WAF rsss Aplausos para ti!!

Beijo
Nuno

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Sterea

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Pensamentos Impossíveis regressos 3 393 04/22/2019 - 20:39 Português
Poesia/Amor performance 2 399 02/21/2013 - 18:21 Português
Poesia/Amor Paleografia 2 546 02/20/2013 - 16:41 Português
Poesia/Pensamentos mercê 2 307 02/20/2013 - 13:28 Português
Poesia/Meditação Sê fraco enquanto podes 0 256 02/19/2013 - 14:10 Português
Poesia/Pensamentos Hipertensão 1 308 02/06/2013 - 19:24 Português
Poesia/Dedicado Alendouro 1 418 02/06/2013 - 16:37 Português
Poesia/Geral 31 de boca 1 427 01/31/2013 - 13:32 Português
Poesia/Geral Até amanhã, Portugal... 2 307 01/30/2013 - 22:01 Português
Poesia/Pensamentos uma palavra chorou 2 452 01/30/2013 - 19:14 Português
Poesia/Geral Toca-me. 2 372 01/30/2013 - 18:44 Português
Fotos/Rostos TT 4 903 01/30/2013 - 18:35 Português
Poesia/Pensamentos da POESIA 2 431 01/30/2013 - 16:56 Português
Videos/Poesia AVISO DE COBRANÇA 0 1.074 01/30/2013 - 14:47 Português
Fotos/Eventos Convite 0 667 03/21/2012 - 22:56 Português
Poesia/Pensamentos O silêncio (não) é inocente 3 434 03/19/2012 - 20:03 Português
Poesia/Pensamentos Permito-me 3 853 03/02/2012 - 00:32 Português
Poesia/Meditação VINTAGE 1 637 02/22/2012 - 22:06 Português
Poesia/Paixão Fronteiras íntimas 2 612 02/22/2012 - 21:57 Português
Poesia/Amor Flui o tempo, por ciúme... 1 571 10/05/2011 - 22:52 Português
Poesia/Meditação Pingos de cera 0 539 08/11/2011 - 22:26 Português
Poesia/Pensamentos De coração perdido 0 791 07/30/2011 - 11:35 Português
Poesia/Pensamentos Make poems, not war 0 490 07/30/2011 - 11:35 Português
Poesia/Amor ter-te 0 597 07/25/2011 - 13:12 Português
Prosas/Contos O encantador de noites 0 656 06/28/2011 - 11:32 Português