CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

POESIA DE(A) PRIMAVERA

POESIA DE (A) PRIMAVERA
(Acróstico)

P alavras encurraladas
O ndas sucessivas em vagas
E spíritos desassossegados
S alteados em dedos diligentes
I nventam-se e recriam-se
A lmas humanizadas por palavras

D espertam em sensibilidades
E ncontram-se em ciclos renovadas
(A) mortecidas no branco invernoso

P alminham caminhos floridos
R asgam a terra calcada
I luminam a natureza apagada
M arcam de verdes tímidos
A mores palpitantes adormecidos
V entilam ninhos recolhidos
E spantam sentires afogados
R espiram os narizes entorpecidos
A mam-se em primavera espantada

…PRIMAVERA, amada e doce POESIA…

OF 21-03-12

http://portate-mal.blogspot.pt/
 

Submited by

quarta-feira, março 21, 2012 - 15:29

Poesia :

Your rating: None (1 vote)

Odete Ferreira

imagem de Odete Ferreira
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 22 semanas 6 dias
Membro desde: 01/11/2011
Conteúdos:
Pontos: 1918

Comentários

imagem de Nostalgia

O eterno ciclo da vida e a

O eterno ciclo da vida e a estação mais bonita do ano, para mim. Merece sem dúvida um poema. Poeta que se preze não deixa passar esta oportunidade.
Parabéns pelo acróstico.

Bjs

imagem de Odete Ferreira

P/Nostalgia (Poesia de(a) Primavera)

Sempre grata, amiga Nostalgia, pela tua presença e apreciação que fazes ao meus escritos...

Foi um desafio, saindo em forma de acróstico; dia da poesia e da primavera.

Bjo :)

imagem de Jorge Humberto

Minha estimada amiga e poetisa, Odete,

Minha estimada amiga e poetisa, Odete,

sempre muito bom, regressar ao teu cantinho especial de poesia. Onde pude ler este lindo acróstico à serena Primavera, com todos seus cantos, cores, vestindo de nossa "Mãe- Natureza", encantada dedicação. Teçamos vivas ao regresso de tão bela Estação. Gostei muito de te ler. Parabéns!

Querida, gostaria de te convidar, a seu tempo,
que entrasses na minha página, para ler este meu poema: NÃO FUI SENÃO UMA CRIANÇA... Obrigado!

Beijinhos mil
Jorge Humberto

imagem de Odete Ferreira

P/ Jorge Humberto (Poesia...)

Amigo, jorge Humberto: fico-te imensamente grata pela tua leitura e comentário a este poema que pretendeu

"homenagear" o dia da POESIA e a entrada da PRIMAVERA...

(Já li e vou lendo o que se publica, acredita. Até os meus projetos vão sendo adiados...)

Bjo, meu amigo :)

imagem de SuzeteBrainer

PRIMAVERA, amada e doce

PRIMAVERA, amada e doce POESIA...

Inscrita da tua alma, em palavras que renascem...

Gostei de renascer aqui,nesse teu espaço,amigawink

Beijinhosmiley

imagem de Odete Ferreira

P/SuzeteBrainer (Poesia de(a) Primavera)

Querida amiga SuzeteBrainer: uma vez mais agradeço a tua presença e amável apreciação a este acróstico.

Foi dois em um - uma homenagem à poesia e à primavera (21 de Março)...

(Dias de muita atividade nas escolas, sem tempo mesmo. A ver se isto acalma.)

Bjos :)

imagem de GIL60

Muito bem conseguido este belo poema,

Muito bem conseguido este belo poema, amiga Odete.

Parabéns!

Beijossmiley

imagem de Odete Ferreira

P/ Gil60 (Poesia de(a) Primavera)

Grata tua elogiosa apreciação, amigo Gil...

Bjosmiley

imagem de Teresa Almeida

A poesia e Primavera são

A poesia e Primavera são temas amados por ti linda poetisa.

"Inventam-se e recriam-se" nas tuas palavras.

Bjuzz amiga.

 

imagem de Odete Ferreira

P/ Teresa Almeida (Poesia de(a) Primavera)

É sempre o teu olhar doce que se traduz na apreciação que fazes aos meus escritos...

Obg, querida amiga, Teresa.

Bjuzzz no teuheart

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Odete Ferreira

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Intervenção E a festa veste-se em cada madrugada 0 383 04/25/2016 - 02:29 Português
Prosas/Outros No sopé da montanha 0 311 12/30/2015 - 22:42 Português
Poesia/Meditação À míngua 0 499 12/30/2015 - 22:36 Português
Poesia/Fantasia Surrealidades 0 447 12/13/2015 - 19:07 Português
Poesia/Intervenção Não invoquem o meu nome em vão 0 576 11/25/2015 - 02:18 Português
Poesia/Fantasia Surreal XXVIII 2 407 09/05/2015 - 19:00 Português
Prosas/Outros Da alma 0 297 09/01/2015 - 19:58 Português
Poesia/Intervenção Da destemperança 0 593 08/26/2015 - 01:35 Português
Poesia/Meditação E no entre-Tanto faço caminho 0 396 07/02/2015 - 23:55 Português
Poesia/Meditação E continuamos pequeninos! 0 457 06/02/2015 - 20:15 Português
Poesia/Intervenção Nem te renego nem me nego 0 488 04/25/2015 - 02:08 Português
Poesia/Dedicado Laudatória 0 360 03/24/2015 - 19:03 Português
Poesia/Dedicado És...Mulher 0 740 03/08/2015 - 18:53 Português
Poesia/Amor Vida(s) 0 590 02/14/2015 - 18:07 Português
Poesia/Amor Moras nos meus sonhos 0 637 02/13/2015 - 16:30 Português
Poesia/Dedicado Olhares 0 912 01/22/2015 - 01:58 Português
Prosas/Outros Do exato momento da VIragem 0 641 12/30/2014 - 14:27 Português
Poesia/Geral Semeio-me de Natal 0 601 12/23/2014 - 00:14 Português
Poesia/Meditação Beleza horizontal 0 666 12/05/2014 - 20:07 Português
Poesia/Geral Tens o milagre na mão 0 541 11/17/2014 - 02:27 Português
Poesia/Dedicado E eu seguia-te 0 516 11/08/2014 - 17:06 Português
Poesia/Soneto Resgate 0 649 11/03/2014 - 01:47 Português
Poesia/Tristeza Vazios 0 675 10/21/2014 - 16:01 Português
Poesia/Geral Versos molhados 0 524 10/09/2014 - 00:52 Português
Poesia/Fantasia Da vida extraímos sinfonia 0 532 10/03/2014 - 00:57 Português