CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Protesto à Saudade

Ó Saudade, porque me condenas, tu,
desse modo tão grosseiro e cru
nas arenas da minha triste realidade?

Sempre, que tu me vês só e carente
tu entras-me aqui, num repente,
para impedires-me de fazer frente
a esta minha cruel verdade...

Porque és, tu, tão atrevida
e invades assim a minha vida
com tamanha iniquidade?

Tu entras sem bateres à porta
porque à minha Alma, já meia morta,
tu vês a fraquejar-lhe a vontade...

apsferreira

 

www.albanosoaresferreira.blogspot.com

Submited by

terça-feira, março 27, 2012 - 21:27

Poesia :

No votes yet

apsferreira

imagem de apsferreira
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 5 anos 9 semanas
Membro desde: 09/21/2009
Conteúdos:
Pontos: 3457

Comentários

imagem de GIL60

Que bom ouvir e ler,

Que bom ouvir e ler este teu protesto à saudade, amigo apsferreira.

Excelente poema!

Gostei de ler-te.

Abraço

imagem de apsferreira

Não adianta muito protestar,

Não adianta muito protestar, Gil,
pois, a Saudade é intransigente, amigo...
Obrigado, por a sua nota,
:-)

imagem de apsferreira

Obrigado, Henrique. Foco

Obrigado, Henrique.
Foco contente por teres gostado.
Um abraço,
:-)

imagem de Henrique

Protesto à Saudade

Protesto à Saudade numa só palavra... tamanho!!!

Muito bom o que daqui se bebe, o leito do fado, a saudade.

abraço

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of apsferreira

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Geral E eu escrevo... 6 2.529 02/25/2018 - 21:03 Português
Poesia/Amor Incúria 8 1.688 11/20/2013 - 17:49 Português
Poesia/Dedicado Saudade 2 1.549 01/30/2013 - 23:43 Português
Poesia/Aforismo As Pessoas, Que São Boas 0 1.229 01/28/2013 - 03:20 Português
Poesia/Aforismo Brumas, no Olhar 2 1.644 01/21/2013 - 02:54 Português
Poesia/Aforismo Ah, Catraia Tonta... 0 2.020 01/20/2013 - 20:54 Português
Poesia/Amor A Irracionalidade do Amor 2 1.495 01/20/2013 - 20:34 Português
Poesia/Amizade O Teu Sorriso 2 1.122 01/18/2013 - 23:29 Português
Poesia/Amor Pedido, à Minha Estrelinha 2 1.534 10/19/2012 - 13:41 Português
Poesia/Amor Será, Que Tu Já Te Apercebeste, Meu Amor? 0 1.274 10/18/2012 - 05:55 Português
Poesia/Dedicado A Cor da Vida 0 1.650 10/11/2012 - 22:19 Português
Poesia/Fantasia Eu Sonho O Teu Despertar 0 1.991 10/09/2012 - 12:14 Português
Poesia/Dedicado Quer Quer Viver Para Sempre? 0 1.257 10/05/2012 - 07:53 Português
Poesia/Amor Ouve, Meu Amor... 0 1.475 10/04/2012 - 08:01 Português
Poesia/Paixão Apenas, Imaginação... 0 1.291 09/30/2012 - 11:13 Português
Poesia/Amor Eu quero-te, porque te quero 0 1.766 09/26/2012 - 03:53 Português
Poesia/Dedicado Desejos de Amor 0 1.627 09/24/2012 - 05:38 Português
Poesia/Meditação Porquê? 0 1.103 09/22/2012 - 04:03 Português
Poesia/Meditação Senhor... 0 1.863 09/19/2012 - 04:28 Português
Poesia/Dedicado Eu Viajo com o Teu Sorriso 0 1.149 09/17/2012 - 11:49 Português
Poesia/Soneto Alma de Mulher 0 2.058 09/09/2012 - 20:48 Português
Poesia/Aforismo Quando Muda O Mês 0 1.339 09/01/2012 - 19:41 Português
Poesia/Meditação Por "Trinta Dinheiros" 2 2.208 08/28/2012 - 17:51 Português
Poesia/Amor Incursão 0 1.607 08/21/2012 - 19:55 Português
Poesia/Aforismo Este Meu Fado 1 2.059 08/08/2012 - 02:48 Português