CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Que sorte a minha

Hoje, 
Eu sinto a necessidade urgente 
De expressar o que paira em meu coração, 
Pois cada momento em sua presença 
É como um poema 
Que se desdobra diante dos meus olhos. 
Desde o instante em que nossos caminhos se cruzaram, 
Tenho sido cativado por sua beleza radiante 
E sua simpatia contagiante. 
 
Seus olhos são como constelações no céu noturno, 
Brilhando com uma luz única 
E profundamente hipnotizante. 
Neles, encontro um mundo 
Onde perco a noção do tempo, 
Mergulhando em um oceano de ternura e calor. 
Seu olhar carrega consigo segredos e mistérios, 
Convidando-me a desvendar 
Cada faceta de sua alma encantadora. 
 
E que dizer do seu sorriso? 
Ah, esse sorriso que ilumina 
Até mesmo os dias mais sombrios! 
É como se o sol descesse à Terra, 
Inundando o mundo ao nosso redor 
Com sua calorosa luminosidade. 
Cada vez que seus lábios se curvam em um sorriso, 
Sinto-me abraçado por uma felicidade genuína 
E uma alegria indescritível. 
 
É impossível não se apaixonar por você, 
Pois sua beleza 
Vai muito além do que os olhos podem ver. 
Ela reside em sua gentileza, em sua compaixão, 
Em sua maneira única 
De tornar o mundo 
Um lugar melhor com sua simples presença. 
Você é a personificação da graça e da delicadeza, 
E é por isso que me vejo rendido 
Aos encantos do seu ser. 
 
Que sorte a minha 
Ter encontrado alguém tão especial como você. 
Que sorte a minha poder contemplar sua beleza, 
Ser envolvido por sua simpatia 
Perder-me em seu olhar 
E em seu sorriso encantador. 
Que sorte a minha poder amar você. 

 
Poema: Odair José, Poeta Cacerense

www.odairpoetacacerense.blogspot.com

Submited by

segunda-feira, março 11, 2024 - 20:51

Poesia :

No votes yet

Odairjsilva

imagem de Odairjsilva
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 4 dias 11 horas
Membro desde: 04/07/2009
Conteúdos:
Pontos: 15540

Comentários

imagem de Odairjsilva

Visitem os

imagem de Odairjsilva

Visitem os

imagem de Odairjsilva

Visitem os

imagem de Odairjsilva

Visitem os

imagem de Odairjsilva

Visitem os

imagem de Odairjsilva

Visitem os

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Odairjsilva

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Desilusão Tão triste e vazio 6 190 05/14/2024 - 12:16 Português
Poesia/Amor Sob o luar 6 162 05/12/2024 - 14:19 Português
Poesia/Pensamentos Um abismo chama outro 6 552 05/11/2024 - 13:22 Português
Poesia/Tristeza A dor de quem perde o que mais ama 6 555 05/09/2024 - 20:39 Português
Poesia/Meditação Almas quietas 6 423 05/08/2024 - 11:42 Português
Poesia/Desilusão No silêncio da noite 6 310 05/07/2024 - 20:36 Português
Poesia/Dedicado No coração do Pantanal 6 277 05/06/2024 - 23:01 Português
Poesia/Desilusão O horizonte faz lembrar 6 652 05/04/2024 - 14:29 Português
Poesia/Meditação Medeia 6 488 05/03/2024 - 20:12 Português
Poesia/Amor Quem dera eu tivesse o poder 6 443 05/02/2024 - 12:06 Português
Poesia/Pensamentos O último suspiro 6 634 05/01/2024 - 14:29 Português
Poesia/Amor A inquietude do amor 6 482 04/30/2024 - 11:54 Português
Poesia/Meditação Meu lado sombrio 6 469 04/29/2024 - 20:30 Português
Poesia/Alegria A vida que se abre 6 497 04/28/2024 - 14:11 Português
Poesia/Pensamentos Condicionacérebros 6 490 04/27/2024 - 14:06 Português
Poesia/Paixão Tudo mudou outra vez 6 284 04/26/2024 - 20:54 Português
Poesia/Paixão Loucura que me faz sonhar 6 1.070 04/25/2024 - 21:40 Português
Poesia/Paixão Apenas um olhar e um sorriso 6 478 04/24/2024 - 20:13 Português
Poesia/Desilusão Essa saudade que me invade 6 210 04/22/2024 - 20:29 Português
Poesia/Dedicado Tiradentes 6 550 04/21/2024 - 13:48 Português
Poesia/Pensamentos Armadilhas ou ratoeiras 6 1.216 04/20/2024 - 20:08 Português
Poesia/Meditação Onde vão os velhos quando ficam velhos? 6 216 04/20/2024 - 13:53 Português
Poesia/Pensamentos Incoerência fantasiosa absurda 6 1.075 04/19/2024 - 20:29 Português
Poesia/Meditação A trágica paixão de Sansão 6 256 04/18/2024 - 20:34 Português
Poesia/Desilusão A parte fraca do coração 6 230 04/17/2024 - 00:43 Português