CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

"Réu Confesso!"

Sou réu confesso desse mundo de merda onde fui lançado!
Apenas mais um na multidão desgovernado e sem rumo.
Fui tatuado nas entranhas da solidão e espraguejado pelo destino.
Sou movido por desilusões, dopado pelo meu sangue impuro que inutilmente circula em minhas veias.
Predeterminado a ser comum aos olhos do povo.
Não tentarei mineirar meus erros ou até mesmo lapida-los, deixarei-os bruto e sem valor.
Serei apenas mais um, apenas mais um.
Ferverei uma água e me banharei da cabeça aos pés para apagar a face do mundo que mora em mim.
Saltarei do mais alto arranha-céu para sentir-me livre e voarei ao encontro do chão.
Só assim e nada além encontararei meu descanso!
Não deixarei mensagens, cartas, poemas ou sinal.
Deixarei no suspense, pois sem surpresas não existe final.
Se eu fosse viajante do tempo, voltaria no exato momento da minha fecundação, dizendo os motivos e a razão.
Interrompendo aquele momento no qual nunca deveria ter ocorrido.

Autor:Verton Brandino da Silva
Colatina ES
28/03/2015

Submited by

quinta-feira, agosto 20, 2015 - 16:53

Poesia :

No votes yet

Verton Brandino da Silva

imagem de Verton Brandino da Silva
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 10 horas 20 minutos
Membro desde: 04/13/2011
Conteúdos:
Pontos: 766

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Verton Brandino da Silva

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Pensamentos "Só por hoje,um amanhã!" 0 8 04/04/2020 - 22:39 Português
Poesia/Dedicado "Flor de melanina!" 0 7 04/04/2020 - 22:34 Português
Poesia/Meditação "Meu coração árido!" 0 13 04/03/2020 - 22:39 Português
Poesia/Geral "Sentido" 0 10 04/03/2020 - 22:33 Português
Poesia/Geral "Que tiro foi esse?" 1 35 03/20/2020 - 20:26 Português
Poesia/Pensamentos "O que seria?" 1 158 12/14/2019 - 23:25 Português
Poesia/Pensamentos "Meu Natal!" 0 132 12/12/2019 - 14:58 Português
Poesia/Pensamentos "Remo!" 0 207 11/06/2019 - 14:53 Português
Poesia/Dedicado “SAUDADES DA LUA” 0 188 11/02/2019 - 13:00 Português
Poesia/Dedicado "MOÇA CHOCOLATE!" 0 1.312 10/08/2019 - 22:16 Português
Poesia/Pensamentos "Aos poucos!" 0 227 07/22/2019 - 22:24 Português
Poesia/Geral “Ouro de tolo!” 0 724 07/17/2019 - 23:19 Português
Poesia/Geral "Porque não? " 0 308 07/16/2019 - 23:02 Português
Poesia/Dedicado "Meu amor!" 0 307 07/10/2019 - 16:51 Português
Poesia/Pensamentos "Sarjeta!" 1 837 07/08/2019 - 09:57 Português
Poesia/Dedicado "Mulher!" 0 358 07/04/2019 - 11:16 Português
Poesia/Dedicado "Ser,herói!" 0 323 07/04/2019 - 11:09 Português
Poesia/Meditação "Segundos!" 0 440 07/04/2019 - 11:05 Português
Poesia/Geral "Contar-te-ei!" 0 423 07/02/2019 - 11:31 Português
Poesia/Pensamentos "Luar chuvoso!" 2 1.343 07/02/2019 - 11:15 Português
Poesia/Geral "Ditos além do saber!" 0 444 07/01/2019 - 10:58 Português
Poesia/Geral "Frio amigo!" 0 547 07/01/2019 - 10:52 Português
Poesia/Geral "Peça!" 0 461 12/09/2018 - 03:27 Português
Poesia/Fantasia “Onde estão?” 0 837 12/03/2018 - 04:09 Português
Poesia/Gótico "Pesadelo comum!" 0 677 12/03/2018 - 02:04 Português