CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

"Réu Confesso!"

Sou réu confesso desse mundo de merda onde fui lançado!
Apenas mais um na multidão desgovernado e sem rumo.
Fui tatuado nas entranhas da solidão e espraguejado pelo destino.
Sou movido por desilusões, dopado pelo meu sangue impuro que inutilmente circula em minhas veias.
Predeterminado a ser comum aos olhos do povo.
Não tentarei mineirar meus erros ou até mesmo lapida-los, deixarei-os bruto e sem valor.
Serei apenas mais um, apenas mais um.
Ferverei uma água e me banharei da cabeça aos pés para apagar a face do mundo que mora em mim.
Saltarei do mais alto arranha-céu para sentir-me livre e voarei ao encontro do chão.
Só assim e nada além encontararei meu descanso!
Não deixarei mensagens, cartas, poemas ou sinal.
Deixarei no suspense, pois sem surpresas não existe final.
Se eu fosse viajante do tempo, voltaria no exato momento da minha fecundação, dizendo os motivos e a razão.
Interrompendo aquele momento no qual nunca deveria ter ocorrido.

Autor:Verton Brandino da Silva
Colatina ES
28/03/2015

Submited by

quinta-feira, agosto 20, 2015 - 15:53

Poesia :

No votes yet

Verton Brandino da Silva

imagem de Verton Brandino da Silva
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 1 semana 1 dia
Membro desde: 04/13/2011
Conteúdos:
Pontos: 866

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Verton Brandino da Silva

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Dedicado "Doce rio!" 0 48 11/20/2020 - 00:40 Português
Poesia/Paixão "Tudo mudou!" 0 31 11/11/2020 - 15:00 Português
Poesia/Geral "Não conto contos!" 0 48 10/26/2020 - 10:00 Português
Poesia/Meditação "Em um domingo qualquer!" 0 119 10/16/2020 - 22:04 Português
Poesia/Geral "Imperfeito!" 0 49 09/26/2020 - 00:59 Português
Poesia/Meditação "Viva negritude!" 0 159 09/13/2020 - 13:56 Português
Poesia/Geral "Abortando a missão!" 0 94 09/12/2020 - 09:34 Português
Poesia/Desilusão "Ainda sim,chorei!" 0 141 09/05/2020 - 16:38 Português
Poesia/Geral "De repente!" 0 93 08/29/2020 - 09:32 Português
Poesia/Meditação "Tempestade!" 0 97 08/13/2020 - 18:21 Português
Poesia/Geral "Poeta da Vida Real! 0 98 07/31/2020 - 10:54 Português
Poesia/Pensamentos "Coisas de Preto!" 0 164 07/31/2020 - 05:58 Português
Poesia/Pensamentos "Em que mundo estamos vivendo?" 0 246 07/16/2020 - 15:53 Português
Poesia/Pensamentos "Medo do Futuro!" 0 306 05/31/2020 - 16:26 Português
Poesia/Geral "O pombo!" 0 3.600 05/02/2020 - 15:52 Português
Poesia/Meditação "Quando,ainda estou aqui! ? 0 363 04/30/2020 - 12:57 Português
Poesia/Pensamentos "Só eu sei!" 0 355 04/24/2020 - 09:46 Português
Poesia/Geral "Bom dia" 0 605 04/12/2020 - 12:03 Português
Poesia/Geral "Verso e poemas!" 0 282 04/11/2020 - 15:31 Português
Poesia/Amizade "Faz tempo!" 0 429 04/11/2020 - 15:25 Português
Poesia/Pensamentos "Só por hoje,um amanhã!" 0 245 04/04/2020 - 21:39 Português
Poesia/Dedicado "Flor de melanina!" 0 552 04/04/2020 - 21:34 Português
Poesia/Meditação "Meu coração árido!" 0 277 04/03/2020 - 21:39 Português
Poesia/Geral "Sentido" 0 258 04/03/2020 - 21:33 Português
Poesia/Geral "Que tiro foi esse?" 1 296 03/20/2020 - 19:26 Português