CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Renascer

"Longa e fatigante é a senda ante ti, ó discípulo."
BLAVATSKY, Helena "A Voz do Silêncio", 1998, edição 494, tradução de Fernando Pessoa, Assírio & Alvim

No hiemal liame a Nix e Érebo, injucundo,
Estertora num búzio um mesto alburno
Num tal dédalo impérvio e taciturno,
Que plange Undina (1) em terra, contrafundo.

Mas "Deixa a dor nas aras"(2), sitibundo,
Pélago de Chopin num seu nocturno,
Prorrompe-lhe uma Lilith, lio diuturno,
Transubstancia as Euménides segundo

O que inflecte o aquilão, minui o frendor,
Na "Elevação" (3), a catexe que se acera,
Fulge às fadas de Cumbria ou ao elo vector

Do Ápeiron (4) ou da "Amazing Grace" (5), vera
Crisálida num féretro a transpor:
Consagra em si a surgente primavera.

(1) SOLLOGUB, Vladimir "Undina", 1869, tradução de Vasili Jukovski da obra "Ondine" de Friedrich de la Motte Fouqué, ópera de Tchaikovski em três actos

(2) PESSOA, Fernando "Odes de Ricardo Reis", 1946. Disponível em: <http://www.dominiopublico.gov.br/pesquisa/DetalheObraDownload.do?select_action=&co_obra=16549&co_midia=2>. Acesso em: 28 abr. 2021.

(3) BAUDELAIRE, Charles "As Flores do Mal", 1857. Disponível em: < http://www.agr-tc.pt/bibliotecadigital/aetc/download/466/As%20Flores%20d... Acesso em: 28 abr. 2021.

BAUDELAIRE, Charles "Les fleurs du mal", 1857. Disponível em: <http://elg0001.free.fr/pub/pdf/baudelaire_les_fleurs_du_mal.pdf.> Acesso em: 28 abr. 2021.

(4) Anaximandro, séc. VI a.C.

(5) NEWTON, John "Amazing Grace", 1772

Submited by

sábado, junho 5, 2021 - 18:14

Poesia :

No votes yet

Rute Iria

imagem de Rute Iria
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 3 dias 16 horas
Membro desde: 10/24/2020
Conteúdos:
Pontos: 291

Comentários

imagem de Rute Iria

Renascer

“E vendo que a libélula enveredava por entre os juncos, ficou pensando que mais importante do que nascer é ressuscitar.”
TELLES, Lygia Fagundes "Ciranda de Pedra", 1954

imagem de Rute Iria

"trust in life!”

“Woe to the man whose heart has not learned while young to hope, to love - and to put it's trust in life!”
CONRAD, Joseph "Victory", 1915

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Rute Iria

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Soneto Albedo 0 67 05/13/2024 - 01:01 Português
Poesia/Soneto Crer 0 81 04/21/2024 - 11:20 Português
Poesia/Soneto Arrebol 0 91 04/14/2024 - 12:24 Português
Poesia/Soneto D'imaterial 0 276 04/05/2024 - 04:11 Português
Poesia/Soneto Insomnia 0 173 03/30/2024 - 12:23 Português
Poesia/Soneto by the river, by the sound 0 87 03/23/2024 - 01:15 Português
Poesia/Soneto Maria da Paz 0 104 03/14/2024 - 09:31 Português
Poesia/Soneto Nada 0 138 03/08/2024 - 20:46 Português
Poesia/Soneto Afinal Perto (a infância) 0 177 02/25/2024 - 03:13 Português
Poesia/Soneto À Tona de Si 0 178 02/13/2024 - 16:03 Português
Poesia/Soneto Metanóia 0 159 02/11/2024 - 00:50 Português
Poesia/Soneto Sim 0 167 02/05/2024 - 22:30 Português
Poesia/Soneto "Miseriarum" 0 207 01/26/2024 - 22:06 Português
Poesia/Soneto Imanente 1 963 01/17/2024 - 14:58 Português
Poesia/Soneto Diferente 2 212 01/17/2024 - 14:55 Português
Poesia/Soneto Renascer 2 1.417 01/17/2024 - 14:51 Português
Poesia/Soneto Por Themis 1 445 01/17/2024 - 14:47 Português
Poesia/Soneto Sem Norte 2 1.085 12/27/2023 - 23:09 Português
Poesia/Soneto Dentro 2 1.051 12/19/2023 - 00:55 Português
Poesia/Soneto Vítrea 1 825 12/06/2023 - 22:21 Português
Poesia/Soneto Da Fisicalidade 5 1.267 12/05/2023 - 14:59 Português
Poesia/Soneto Silêncio 3 1.132 12/05/2023 - 14:22 Português
Poesia/Soneto Forasteira 5 1.219 12/05/2023 - 05:34 Português
Poesia/Soneto Desancorada 6 1.235 12/03/2023 - 20:40 Português
Poesia/Soneto Setenta Vezes Sete 2 512 12/02/2023 - 23:34 Português