CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Roupa enamorada

Roupa enamorada

Estou enamorada
de roupa lavada
saída da máquina de lavar.
Vestiram corpos
perfumados.
Ficou bem ventilada
e pronta a usar…
Novamente perfumada
atrairá olhares
enviesados,
discretos,
quando se passear
na rua movimentada.
Ou na noite,
projectando
na sua sombra
um lânguido andar…
Simples ou mais ousada
farão parte de um eu
risonho, em dias festivos,
despida, em momentos efusivos…
Então suada
e enxovalhada
será novamente lavada
em água delicada.
Bem cheirosa
e acetinada,
em armário guardada,
esperará outra ocasião,
acantonada,
em mente de ilusão!

E neste vaivém quotidiano,
ocupo parte de mim…
Outra, enreda-se em sonho,
que me leva e amarra
com leves fitas de cetim…

OF 15-04-2011

Submited by

sexta-feira, novembro 18, 2011 - 21:26

Poesia :

Your rating: None (1 vote)

Odete Ferreira

imagem de Odete Ferreira
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 19 semanas 9 horas
Membro desde: 01/11/2011
Conteúdos:
Pontos: 1918

Comentários

imagem de SuzeteBrainer

Querida amiga, Que poema

Querida amiga,

Que poema criativo, belo e divertido.Expressa a tua grande sensibilidade artística.

E destaco:"E nesse vaivém cotidiano,/ Ocupo parte de mim.../ outra,enreda-se em sonho,/ Que me leva a amarra/ com leves fitas de cetim..."

Adorei ler-te!!

Beijosmiley

imagem de Odete Ferreira

P/Suzete Brainer

Sempre me deleito com a tua presença, amiga SuzeteBrainer

Sinto sinceridade,

aliada à tua sensibilidade,

nas palavras que me deixas...

Obg, uma vez mais :)

Bj

imagem de Nostalgia

Tanta imaginação...estava

Tanta imaginação...estava longe de imaginar que roupa lavada pudesse dar um poema assim.
Fiquei encantada, parabéns amiga

Bjsyes

 

imagem de Odete Ferreira

P/Nostalgia

Obg, amiga, pela tua carinhosa apreciação

e nao te espantes com a imaginação....

Esta é sempre muito fértil

quando brotam sementes do coração!

(Fraquita esta quadra, mas a culpa é da roupa lavada que me eivou a emoção...)

Agora, com seriedade: agradeço imenso a tua leitura e tempo dedicado a escrever o comentário.

Bjo :)

imagem de RZorpa

Como finissimo e perfumado

Como finissimo e perfumado cetim

Aveludadas palavras de ti me chegam

Sensuais, de um quaotidiano assim

Poetisa, como teus versos me encantam...

Mas encantado, mais do que encantar

Como corpo e alma que se levantam

Esperando ver-te o passo, vestida

Com esse amor  que trazes no olhar...

Roupa por tuas mãos, seduzida

Que em corpo teu, sedutoras se deixam...

smiley

Rui

 

imagem de Odete Ferreira

P/RZorpa Não sei do

Não sei do que gosto mais, neste momento;

o poema teve o seu tempo,

o teu comentário tem o meu tempo

adentrado no momento...

Sinto-te em talento

e sensibilidades tais

que escolho roupas de palavras

exprimindo meu agradecimento

tornando-as sensuais... :)

Bjo

 

imagem de RZorpa

Uauuu... Que momento!!!  ...

Uauuu... Que momento!!! laugh ... Obrigado e parabéns!

Bjo

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Odete Ferreira

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Intervenção E a festa veste-se em cada madrugada 0 332 04/25/2016 - 02:29 Português
Prosas/Outros No sopé da montanha 0 298 12/30/2015 - 22:42 Português
Poesia/Meditação À míngua 0 447 12/30/2015 - 22:36 Português
Poesia/Fantasia Surrealidades 0 423 12/13/2015 - 19:07 Português
Poesia/Intervenção Não invoquem o meu nome em vão 0 531 11/25/2015 - 02:18 Português
Poesia/Fantasia Surreal XXVIII 2 389 09/05/2015 - 19:00 Português
Prosas/Outros Da alma 0 286 09/01/2015 - 19:58 Português
Poesia/Intervenção Da destemperança 0 568 08/26/2015 - 01:35 Português
Poesia/Meditação E no entre-Tanto faço caminho 0 378 07/02/2015 - 23:55 Português
Poesia/Meditação E continuamos pequeninos! 0 426 06/02/2015 - 20:15 Português
Poesia/Intervenção Nem te renego nem me nego 0 480 04/25/2015 - 02:08 Português
Poesia/Dedicado Laudatória 0 353 03/24/2015 - 19:03 Português
Poesia/Dedicado És...Mulher 0 698 03/08/2015 - 18:53 Português
Poesia/Amor Vida(s) 0 562 02/14/2015 - 18:07 Português
Poesia/Amor Moras nos meus sonhos 0 595 02/13/2015 - 16:30 Português
Poesia/Dedicado Olhares 0 835 01/22/2015 - 01:58 Português
Prosas/Outros Do exato momento da VIragem 0 635 12/30/2014 - 14:27 Português
Poesia/Geral Semeio-me de Natal 0 540 12/23/2014 - 00:14 Português
Poesia/Meditação Beleza horizontal 0 655 12/05/2014 - 20:07 Português
Poesia/Geral Tens o milagre na mão 0 537 11/17/2014 - 02:27 Português
Poesia/Dedicado E eu seguia-te 0 512 11/08/2014 - 17:06 Português
Poesia/Soneto Resgate 0 596 11/03/2014 - 01:47 Português
Poesia/Tristeza Vazios 0 669 10/21/2014 - 16:01 Português
Poesia/Geral Versos molhados 0 513 10/09/2014 - 00:52 Português
Poesia/Fantasia Da vida extraímos sinfonia 0 522 10/03/2014 - 00:57 Português