CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

SÓ ETERNAMENTE

Tu és poesia até quando eu acordo sonolento.
O lençol azul é o mar onde descansa o teu corpo.
A cortina da janela balança feito vela e se esfrega no vento.
Quero em ti me socorrer e ancorar, porque és meu porto.
                                                                    
Na catedral que espeta o céu com majestade,
o órgão e o coral se afinam em são louvor.
Explodem os sinos cantando badalação para a cidade
que amanhece nas luzes, nas cores, nas flores, no amor.

E, quando chego à janela que passou a noite aberta,
olho para a cama e você está exposta sorridente.
O ínterim se excita, não dormes, és desperta.
Ah! Se esse momento fosse só eternamente!

Eu fui esta semana parado em uma 'blitz',
saiba o que aconteceu
jthamiel
09.06.16
21:16h

Submited by

sábado, junho 11, 2016 - 12:31

Poesia :

No votes yet

J. Thamiel

imagem de J. Thamiel
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 5 semanas 1 dia
Membro desde: 05/02/2016
Conteúdos:
Pontos: 3635

Comentários

imagem de J. Thamiel

Comentando

Quando sabemos que acessam o que escrevo,
me sinto impulsionada a produzir mais.
A poesia é uma forma vibrante de se
comunicar com outras pessoas que tem
almas semelhantes às nossas.
A poesia é uma 'animalogia' (estudo da alma)

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of J. Thamiel

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Fantasia POSSO SER DEUS 0 1.206 02/20/2019 - 14:16 Português
Poesia/Dedicado O BOM POETA - (Homenagem) 0 1.729 02/07/2019 - 16:38 Português
Poesia/Geral A CALMA DA GRANDE CIDADE 0 1.929 02/05/2019 - 14:52 Português
Poesia/Geral ÁGUA DA MORINGA 0 1.529 02/02/2019 - 11:50 Português
Poesia/Geral NUVEM NEGRA 0 1.687 01/27/2019 - 14:46 Português
Poesia/Dedicado CADÊ OS POETAS? 0 1.175 01/21/2019 - 16:43 Português
Poesia/Geral ILUSÃO LETAL 0 1.719 01/15/2019 - 17:32 Português
Poesia/Intervenção AUTENTICIDADE 0 1.910 01/15/2019 - 16:00 Português
Poesia/Intervenção POEMA... PRA QUÊ? 0 1.528 01/14/2019 - 12:40 Português
Poesia/Geral LEMBRANÇAS DE PIRACAIA 0 1.312 01/11/2019 - 14:43 Português
Poesia/Dedicado 590 DEGRAUS - Acesso ao Cruzeiro de Piracaia 0 2.198 01/05/2019 - 13:51 Português
Poesia/Geral SOBRE MIM, NÃO IRIA DIZER NADA 0 1.891 12/27/2018 - 16:45 Português
Poesia/Amor H E L O I S A 1 1.254 12/20/2018 - 15:32 Português
Poesia/Fantasia SEMIDEUS 0 3.564 12/17/2018 - 10:41 Português
Poesia/Geral M É R I T O 0 1.251 12/07/2018 - 10:54 Português
Poesia/Geral CASTRO ALVES, O POETA INFANTE 0 1.649 11/30/2018 - 10:49 Português
Poesia/Meditação REFLETINDO COM A GALINHA 0 2.404 11/29/2018 - 15:02 Português
Poesia/Geral P R I S Ã O 3 2.687 11/25/2018 - 19:22 Português
Poesia/Meditação A T R I L H A 0 2.883 11/23/2018 - 17:24 Português
Poesia/Geral DESPEDIDA 2 1.542 11/20/2018 - 13:33 Português
Poesia/Geral MADORNA 0 2.030 11/06/2018 - 12:22 Português
Poesia/Geral FORMIGAS 2 2.307 10/29/2018 - 19:58 Português
Poesia/Gótico O RITUAL NEGRO 0 2.019 10/18/2018 - 16:01 Português
Poesia/Geral Ê X T A S E 0 1.695 10/18/2018 - 13:59 Português
Poesia/Meditação QUASE CONTRITO 0 1.416 10/15/2018 - 13:19 Português