CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Solidão


Mais uma vez,
Estou sozinha no meu quarto,
Esta vez é de vez.
Não agora uma quarta.

Sozinha novamente,
Internamente,
Como fisicamente.
Até parece que mente.

Porque me sinto sozinha?
Devia de contar apenas comigo,
Mas não aguento esta dorzinha,
Que mexe quando estou apenas comigo.

Solidão,
Desilusão,
Afastamento,
Mau tratamente.

Porque me abandonam todos os meus amigos?
Porque me desiludem os meus amigos?
Porque me afastam os meus amigos?
Porque me tratam mal os meus amigos?

Porque a culpa é minha,
E eu estou sozinha.
Porque mereço
Esse terço.
 

Submited by

quarta-feira, março 9, 2011 - 20:49

Poesia :

No votes yet

Ana_fm

imagem de Ana_fm
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 5 anos 43 semanas
Membro desde: 03/08/2011
Conteúdos:
Pontos: 1826

Comentários

imagem de MarneDulinski

Solidão

Lindo e tristes teu texto!

As vezes é questão de pensamentos, quando estiveres só, recorras ao relaxamento mental, desligue-se de tudo, até viajar você vai, comece a pensar em coisas boas, que os amigos posteriormente aparecerão, e talvez até um novo amor aconteça, com a mudança de pensamentos.

De umas caminhadas nos parque, nos jardins floridos de tua cidade, ouça o cantar, trinar dos pássaros, as crianças correndo, casais de namorados passeando..., as flores, o verde das árvores, etc.

Verá que tudo mudará para você, tudo na vida tem sua hora, quanto mais a gente fica na ansiedade, tudo fica mais difícil e o tempo age contra nós, desligue-se, viva o aqui e agora!

MarneDulinski

imagem de Ana_fm

Muito obrigada pelo seu

Muito obrigada pelo seu comentário...

sim, eu sei que o maior inimigo da solidão somos nós mesmos. Porque quando estamos sozinhos pensamos em tudo, menos em coisas boas. Pensamos no mal que as pessoas nos fizeram. Nas pessoas que nos trairam e magoaram. E a verdade é que em vez de ficarmos melhores, ficamos piores. Mas eu tento fazer isso. E actualmente tem resultado bastante bem. Até porque sei perfeitamente que as coisas vao melhorar, um dia. Pode não ser hoje, nem amanha, mas um dia.

Concordo plenamente com você.

 

ana fm 

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Ana_fm

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Pensamentos Um mundo novo 3 973 03/12/2018 - 17:37 Português
Prosas/Terror Desesperada... 2 2.020 02/27/2018 - 11:31 Português
Poesia/Geral Almofada 2 1.887 08/05/2011 - 23:20 Português
Fotos/Pessoais Eu... :) 0 2.883 08/01/2011 - 21:16 Português
Anúncios/Outros - Oferece-se Os meus blogs 0 2.483 07/15/2011 - 21:39 Português
Poesia/Amizade Coração 0 1.529 07/15/2011 - 21:13 Português
Poesia/Meditação sem titulo (5) 3 1.501 05/29/2011 - 22:49 Português
Poesia/Geral TPM 6 2.189 05/25/2011 - 21:34 Português
Poesia/Pensamentos nesta noite 4 1.931 05/24/2011 - 21:55 Português
Poesia/Paixão sem titulo (6) 6 1.943 05/24/2011 - 18:43 Português
Poesia/Amizade diferentes 4 2.160 05/10/2011 - 17:05 Português
Poesia/Amizade apenas um amigo 4 1.621 05/10/2011 - 17:04 Português
Poesia/Geral beber 6 6.041 05/10/2011 - 17:01 Português
Poesia/Tristeza mar de solidão 2 1.257 04/30/2011 - 13:21 Português
Poesia/Meditação quero acreditar 2 1.313 04/30/2011 - 13:19 Português
Poesia/Pensamentos transformaçao 2 1.646 04/30/2011 - 13:15 Português
Poesia/Tristeza Tenho medo 0 2.515 04/28/2011 - 22:00 Português
Poesia/Tristeza Máquina estragada 0 3.166 04/28/2011 - 22:00 Português
Poesia/Tristeza Agarra-me 0 2.099 04/28/2011 - 21:59 Português
Poesia/Geral Pôr do sol 0 2.676 04/28/2011 - 21:58 Português
Poesia/Geral à janela. 0 2.279 04/28/2011 - 21:57 Português
Poesia/Meditação perdida 0 2.515 04/28/2011 - 21:56 Português
Poesia/Tristeza Mais uma dor 0 1.325 04/28/2011 - 21:56 Português
Poesia/Pensamentos unknown 0 2.153 04/28/2011 - 21:55 Português
Poesia/Pensamentos sem rumo 4 2.171 04/12/2011 - 11:48 Português