CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Vento

Ao me desprender do tempo e das marcas do passado, ressurjo como o vento que nasce a cada tempestade.
Quando olho para traz e vejo que o tempo não volta, percebo que não posso controlá-lo.
Ao caminhar pelo deserto nem sempre encontro o melhor caminho.


Tudo parece estar longe,
E a imensidão é bem maior.
Sinto, estar presa como se minhas pernas parassem.


Se eu seguir adiante, posso cair.
Mas, se eu continuar aqui, presa em mi mesmo,
Ninguém vai me ouvir!


Então, pedirem ao vento que me leve e sem rumo para qualquer lugar...
E ali ,estarei livre para sentir, e pronta para respirar.

Submited by

quinta-feira, agosto 4, 2011 - 16:59

Poesia :

No votes yet

Kyra

imagem de Kyra
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 1 ano 14 semanas
Membro desde: 01/26/2010
Conteúdos:
Pontos: 471

Comentários

imagem de Jorge Humberto

Minha querida, amiga, Kyra,

Minha querida, amiga, Kyra,

não deixo de te visitar, ler e comentar teus poemas, sempre repletos de uma realidade, à qual não te escusas fugir. Gostei muito!

E gostaria de destacar estes versos, pela sua importância, pelo menos para mim e ao que penso:

"Se eu seguir adiante, posso cair.
Mas, se eu continuar aqui, presa em mi mesmo,
Ninguém vai me ouvir!"

Gostaria de receber um dia a simpatia de tua presença a meus poemas. Não terei pressa.

Beijinhos mil
Jorge Humberto

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Kyra

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Geral Sentir 0 405 11/19/2014 - 23:37 Português
Poesia/Geral Recomeçar 0 346 11/19/2014 - 22:32 Português
Poesia/Geral Escuchame 1 972 11/22/2013 - 00:08 Espanhol
Poesia/Geral Apenas sigo 0 372 04/02/2013 - 23:29 Português
Poesia/Geral Deixe-me ser... 0 477 04/02/2013 - 23:25 Português
Poesia/Tristeza Olá! 1 575 07/07/2012 - 20:49 Português
Poesia/Geral Vento 1 824 03/24/2012 - 18:36 Português
Poesia/Geral Um dia a mais... 2 610 03/17/2012 - 17:40 Português
Poesia/Geral Como criança... 1 708 02/18/2012 - 15:08 Português
Poesia/Geral Melhor deixar assim 0 1.271 10/15/2011 - 03:10 Português
Videos/Poesia Espelho 0 1.256 08/25/2011 - 02:09 Português
Videos/Poesia Espelho 0 1.596 08/25/2011 - 02:09 Português
Videos/Poesia Entre dois mundos 0 2.001 08/24/2011 - 19:29 Português
Videos/Poesia Quando tudo termina... 0 1.262 08/24/2011 - 19:25 Português
Videos/Poesia Porque... 0 1.633 08/22/2011 - 18:27 Português
Videos/Poesia Vento 0 2.028 08/22/2011 - 18:17 Português
Videos/Poesia Latência 0 1.438 08/20/2011 - 02:05 Português
Videos/Poesia Incerteza 0 1.728 08/19/2011 - 23:28 Português
Videos/Poesia Sem sentido 0 1.654 08/19/2011 - 23:15 Português
Poesia/Desilusão Jardim 0 1.032 08/06/2011 - 00:25 Português
Poesia/Geral Assim... 1 1.050 06/30/2011 - 22:40 Português
Poesia/Geral Latência 2 1.000 06/28/2011 - 02:06 Português
Poesia/Geral Sem saber... 0 862 06/26/2011 - 23:30 Português
Poesia/Geral Aonde está você 1 878 02/22/2011 - 01:03 Português
Poesia/Geral Sem sentido 1 1.019 02/19/2011 - 21:22 Português