CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Vinte e Quatro Horas

Se você pensa que vai ler um texto sobre Jack Bauer, sinto muito.
São devaneios sobre vinte e quatro horas, mas não as da vida de um agente americano.
São devaneios que só os sonhadores entendem.
Me peguei imaginando como seria a vida de uma rainha no Egito.
Seriam vinte e quatro horas enfadonhas? Entediantes? Terrivelmente monótonas? A que horas ela acordava?
Sem compromisso com trabalho, com louça, com filhos para mandar à escola; acho que acordava na hora em que bem quisesse. Afinal, o sono de beleza devia ser fundamental.
Serviçais sempre à disposição, prontos para atender qualquer desejo, sem questionamento, sem confrontos, sem discordâncias.
Sempre concordando... sim, minha Rainha!
Escravos abanando no calor, aquecendo no inverno...todos eunucos.
Enfadonho! (?)
Horas arrastando-se, o sol movendo-se através do céu egípcio, aquecendo as águas do rio Nilo, crocodilos indo e vindo, eventualmente...
Finalmente, chega a hora do banho!
Sem shampoo, mas pelo menos, diz a história que as mulheres egípcias tomavam vários banhos por dia (nossa!), com massagens e óleos aromáticos, que ficavam impregnados na pele. Deviam ser mulheres cheirosas...diz a história também que uma das receitas egípcias para combater as rugas recomendava preparar uma pasta a base de leite, incenso, cera, azeite de oliva e esterco de gazela. Ah, certo... está explicada a necessidade de tanto banho e tanto óleo aromático.
Ao menos, tinham toalhas felpudas para se enxugarem?! Água quente, por favor!!
Sem internet, sem um laptopzinho básico, um ipod ou mp3, com as músicas mais tocadas no Alto Egito, a rainha não experimentava nenhuma agitação, exceto as de praxe, quando morria alguém importante e era mumificado.
Sem livros, sem revistas da moda...a henna era a solução milagrosa para os cabelos brancos, afinal, rainha egípcia também envelhece, oras!
Em um dia mais metódico, magos e encantadores podiam ser convocados para ajudarem a passar o tempo.
Seria a senhora do Egito, a Rainha, uma mulher feliz?
Cleópatra não foi. Suicidou-se, picada por uma víbora! Essa foi de matar...
Ambiente cheio de intrigas, mistérios, traições...
Em seus aposentos, a rainha ainda aguentava o mau humor do marido, o senhor do Egito, o rei. Se fosse ciumento e cismasse com alguma coisa, mandaria cortarem-lhe a cabeça, para perguntar qualquer coisa depois. Pior que nem o lexotan existia...
É...talvez fossem vinte e quatro horas de sobrevivência e muita aventura; não foram raros os rompantes de paixões dessas rainhas, pois nem sempre o rei ocupado com tantas estratégias de guerra para manter o poder, tinha tempo de cuidar das necessidades da esposa.
Enquanto a noite era considerada apropriada para o descanso dos mortos, a rainha agia.
Afinal, ela ainda estava bem viva!
Até quando? Só Rá sabia...

Submited by

quinta-feira, maio 1, 2008 - 21:53

Poesia :

No votes yet

Cbanegas

imagem de Cbanegas
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 4 anos 28 semanas
Membro desde: 04/18/2008
Conteúdos:
Pontos: 278

Comentários

imagem de Henrique

Re: Vinte e Quatro Horas

As emoções são a realidade da escrita!

:-)

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Cbanegas

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Ministério da Poesia/Tristeza O Velho e o Mar 0 559 12/30/2014 - 22:16 Português
Poesia/Paixão Namorando o Sol 0 604 12/09/2014 - 21:06 Português
Poesia/Geral FOGO E AR - FIRE AND AIR 0 560 11/12/2014 - 03:26 Português
Poesia/Geral TERNURA 0 447 11/05/2014 - 00:35 Português
Poesia/Pensamentos Devaneios 0 537 10/29/2014 - 22:07 Português
Poesia/Geral Eu, Poeta 4 435 10/28/2014 - 22:36 Português
Poesia/Tristeza Andorinhas 4 774 10/28/2014 - 22:31 Português
Poesia/Pensamentos Essência de Ana 0 608 10/28/2014 - 22:28 Português
Poesia/Paixão Destino 0 617 10/27/2014 - 16:58 inglês
Ministério da Poesia/Paixão Destiny 0 1.457 10/27/2014 - 16:58 inglês
Fotos/ - 277 0 1.015 11/24/2010 - 00:34 Português
Poesia/Amor O Amor 1 616 03/06/2010 - 23:19 Português
Poesia/Geral Início de um Novo Ciclo 1 430 02/28/2010 - 15:54 Português
Poesia/Geral Noite Fria 1 625 02/28/2010 - 01:58 Português
Poesia/Aforismo Noche Fría 1 413 02/26/2010 - 14:38 Português
Poesia/Amor Acordes 1 666 02/26/2010 - 00:22 Português
Poesia/Meditação Solidão (I) 1 468 02/25/2010 - 23:46 Português
Poesia/Geral Folhas Secas - Indriso 1 601 02/25/2010 - 23:41 Português
Poesia/Geral Pensamentos - Indriso 1 428 02/25/2010 - 23:40 Português
Poesia/Geral Vinte e Quatro Horas 1 501 02/24/2010 - 20:23 Português
Poesia/Geral Virtualidade, Doença Real 1 585 02/24/2010 - 20:22 Português
Poesia/Comédia Peripécias do Tércio - II 1 538 02/24/2010 - 04:06 Português
Poesia/Geral Não Aceite Imitações 1 459 02/24/2010 - 04:05 Português
Poesia/Meditação Quem Realmente Sou 1 516 02/24/2010 - 04:04 Português
Poesia/Meditação Labirinto de Poesia 1 734 02/24/2010 - 04:02 Português