CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Vivo da saudade que sinto

Quando os olhos já não contemplam
A vida que se esvai
A solidão invade a alma
De quem amou demais.
O sorriso já se foi
A tristeza faz companhia.
O olhar, outrora lindo,
Reflete, agora, sofrimento.
O erro não foi te amar demais
O erro foi não saber demonstrar.
As situações da vida corriqueira
Fez o amor se ofuscar
E, escondido, não soube se expressar
A forma simples de amar.
A minha luta é esquecer
Mesmo sabendo que é difícil
Um amor que nos fez tão bem
Não poderia terminar assim.
Vivo da saudade que sinto
Sustentado pela esperança
De um dia você voltar
Para alegrar minha vida de criança.

Poema: Odair José, o Poeta Cacerense

http://odairpoetacacerense.blogspot.com

Submited by

segunda-feira, maio 23, 2016 - 20:26

Poesia :

No votes yet

Odairjsilva

imagem de Odairjsilva
Online
Título: Membro
Última vez online: há 1 hora 47 minutos
Membro desde: 04/07/2009
Conteúdos:
Pontos: 3262

Comentários

imagem de Odairjsilva

Valeu amigo

Olha meu amigo, fiquei deveras feliz com suas palavras. Eu deixo sair do coração o que sinto. Assim como você, eu não me considerava poeta até pouco tempo atrás, quando meus amigos insistiram que o que eu fazia era sim, de fato, poesia. Ganhei a alcunha de Poeta Cacerense e adotei-a. Fico feliz com suas palavras pois expressou realmente um elogio consistente e edificante.
Sinceros abraços poéticos.

imagem de J. Thamiel

Parabéns.Você não é

Parabéns.
Você não é comum.
Você aborda situações diferentes em relacionamentos. Eu leio muito o que colocam aqui, quase tudo. Existe muito lugar comum, há muitos que são repetitivos, e falam sempre as mesmas coisas e até repetem as mesmas palavras.

Eu dou muito valor à rima, ritmo e compasso na poesia; (a poesia pode se tornar fantástica se, o ritmo for semelhante às batidas do coração, observe isto) - sou intransigente quanto à pontuação; não sou muito fã de poesia livre, porém quando ela é fluente como a sua, ela é encarada como exceção e é muito agradável.
Você é realmente poeta. Muitos aqui, não; são descritivos e digitam os textos como se fossem poemas. (inclusive com muitos erros de pontuação e concordância, etc.)
Eu, sou aqui e em qualquer lugar, menos que todos, e não estou fazendo julgamento, estou apenas de passando minha verdade em forma de elogio. Penso que posso fazer isto pois lia
e decorava poemas até em latim e grego em minha época de colégio, línguas que tive como matérias, pois estudava em colégio católico salesiano. Não sei se já sou poeta, mas tento ser. – Parabéns.

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Odairjsilva

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Amor Busco o seu olhar na minha mente 0 4 03/22/2019 - 18:39 Português
Poesia/Desilusão Foi engano 0 13 03/19/2019 - 22:28 Português
Poesia/Amor Antes que tivesse fim 0 19 03/18/2019 - 17:33 Português
Poesia/Meditação Natureza 0 39 03/15/2019 - 23:03 Português
Poesia/Desilusão Longe dos seus olhos 0 23 03/14/2019 - 17:51 Português
Poesia/Tristeza O vento que flutua no silêncio 0 35 03/11/2019 - 21:16 Português
Poesia/Dedicado Mulher (Uma homenagem a elas!) 0 22 03/08/2019 - 02:40 Português
Poesia/Amor O que posso fazer, se amo você? 0 43 03/06/2019 - 20:44 Português
Poesia/Desilusão No silêncio do meu caminhar 0 39 03/03/2019 - 20:56 Português
Poesia/Desilusão Palavras paralíticas em minha boca 0 51 03/01/2019 - 02:09 Português
Poesia/Amor O louco e a sombra 0 51 02/28/2019 - 20:54 Português
Poesia/Amor Diga-me que isso não é um sonho 0 51 02/26/2019 - 00:14 Português
Poesia/Amor De todas as belezas do mundo 0 80 02/23/2019 - 00:14 Português
Poesia/Amor Estar com você 0 1.752 02/20/2019 - 23:25 Português
Poesia/Intervenção Resistência 0 42 02/17/2019 - 13:21 Português
Poesia/Desilusão Não sei para onde vou 0 68 02/14/2019 - 21:48 Português
Poesia/Amor Amor que se vê 0 130 02/06/2019 - 22:12 Português
Poesia/Desilusão Cativo às amarras da saudade 0 84 02/04/2019 - 23:27 Português
Poesia/Tristeza Por que você se foi? 0 106 02/02/2019 - 12:51 Português
Poesia/Amor Reação 0 179 01/31/2019 - 01:14 Português
Poesia/Meditação Antes que o coração pare de bater 1 105 01/21/2019 - 16:45 Português
Poesia/Amor Meu amor não foi desejo 0 102 01/20/2019 - 12:47 Português
Poesia/Pensamentos Já não quero nem saber 0 156 01/14/2019 - 18:44 Português
Poesia/Amor Esse medo terrível de amar outra vez! 0 437 01/11/2019 - 12:15 Português
Poesia/Amor Só não quero que você saiba 0 112 01/05/2019 - 11:52 Português