CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

DIÁRIO DE UMA BISSEXUAL- O INÍCIO IX

Sexo para mim não começa sem um bom oral. E se no início do filme eu tive o pau dele na mão, dez minutos depois já o tinha engolido. Lambi. Chupei. Deliciei-me com tudo o que pude e ainda o massajei com prazer. Ele parecia estar a adorar….Pudera. Não conheço nenhum tipo que realmente não admire esses meus dotes.
Mandou-me sentar em cima dele numa espécie de “ensaio” sexual. Sentei-me, voltada para o ecrã. Mas apesar disso, nunca soube bem a história do filme. Estava demasiado ocupada a roçar o meu traseiro nele. E demasiado ocupada a senti-lo duro entre as minhas pernas. Ele ia apertando os meus seios delicadamente. Primeiro, com as duas mãos e depois, com uma só. A outra ia acariciando-me entre as pernas. E tudo isto sem desapertar um único botão das calças. Pura provocação. Preliminares. O que quer que fosse, para ele estava a ser demais!
Sim, continuo a achar que sou uma boa amiga. A melhor de todas.
Demorou segundos até ele me desapertar o primeiro botão…
E depois o segundo….
E demorou menos até eu sentir a sua mão no interior das minhas calças.
Se há coisa que me excita profundamente é sussurrarem-me ao ouvido um “Quero-te”. Fico completamente fora de mim! Mas isso já sabem claro! O que não sabem é que nem todos os homens o sabem dizer com charme. Por muito excitados que estejam.
Deixei que ele me masturbasse.
Deixei que ele me virasse para ele e me levantasse a camisola, trincando e chupando os mamilos.
E deixei que me mordesse o pescoço e me voltasse a enfiar os dedos entre as pernas.
Até me revoltar e tirar as malditas calças silenciosamente.
Ele adorou a minha tanga. Pequena e rendada. E adorou ainda mais sentir o meu traseiro descoberto a tocar-lhe no mastro a latejar. Parecia um miúdo a descobrir a sexualidade.

Aproveitei-me disso e provoquei-o ainda mais, até ele me agarrar pelas ancas e apertar-me contra ele. O seu membro quase me violava perante a sua vontade.
Sussurrou-me ao ouvido:
- Monta-me. Já não aguento mais.
Nem eu estava a aguentar!
Puxou-me a tanga para o lado e eu sentei-me bem direita em cima dele. Em cima do membro dele. Gemi baixo. A princípio de dor e depois de prazer.
Fiz pequenos movimentos, bem lentos, para ambos saborearmos. Não nos podíamos esquecer do facto de não estarmos sozinhos.
Ainda hoje acredito sinceramente que algumas pessoas se aperceberam. Mas não olharam, não se queixaram…e a adrenalina aumentou. A partir de um certo momento deixamos de ser meigos um com o outro e demos lugar ao animal dentro de nós.
Ele agarrou-me pelas ancas e “obrigou-me” a ser brutal e a saltar em cima dele como se não existisse o amanhã! Tentei conter os gemidos para não chamar mais a atenção.
Voltei-me para o ecrã e pousei os braços na cadeira da frente (por sorte vazia) e deixei que ele me controlasse. E enquanto eu ia saltando que nem uma maluca, ele ia observando os movimentos. Apreciava o entrar e sair do seu pau dentro de mim.
Até que voltou a agarrar-me nos seios e a puxar-me contra ele. Parei. Pediu-me para se vir na minha boca.
Engraçado como nunca me agradara essa ideia. Raramente o fazia. Mas dado o seu desempenho, não me pareceu má ideia.
E quando eu tive o meu orgasmo a cavalgar, ele pediu-me para sair de cima dele. Masturbei-o, a seu pedido, até ele sentir que estava prestes a vir-se. E quando o fez, eu abri a minha boca e deixei que o seu esperma quente deslizasse pelos meus lábios.

E adorei! Excitei-me com aquele líquido viscoso e nada salgado (segundo dizem certas pessoas).
Voltei a vestir-me e vimos o pouco que restava do filme.
Voltamos a repetir a experiência mas dessa vez conseguimos ter a sorte de sermos os únicos na sala. Mesmo a calhar! E não me esqueci da saia…
Tudo para facilitar…o sexo não tem que ser complicado. E quanto menos vestidas estivermos melhor.

Submited by

quinta-feira, abril 11, 2013 - 22:06

Prosas :

No votes yet

MissB

imagem de MissB
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 4 dias 15 horas
Membro desde: 03/18/2011
Conteúdos:
Pontos: 129

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of MissB

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Prosas/Contos Ela queria apaixonar-se... 0 11 05/22/2020 - 11:43 Português
Prosas/Tristeza Manuel 0 50 04/28/2020 - 17:10 Português
Prosas/Saudade Saudade 0 31 04/28/2020 - 17:06 Português
Fotos/Corpos A boudoir story 0 35 04/28/2020 - 16:45 Português
Fotos/Pessoais Lips 0 29 04/28/2020 - 16:43 Português
Fotos/Moda (Des)Maquilhando 0 32 04/28/2020 - 16:40 Português
Fotos/Cidades Porto 0 623 06/04/2018 - 22:57 Português
Fotos/Cidades Aveiro 0 628 06/04/2018 - 22:55 Português
Prosas/Pensamentos Um dia quem sabe 0 526 06/04/2018 - 22:52 Português
Prosas/Pensamentos Se amanhã morrer 0 401 06/04/2018 - 22:51 Português
Prosas/Pensamentos Um dia 0 460 06/04/2018 - 22:48 Português
Prosas/Erótico Conhecendo a Miss B 0 540 11/12/2017 - 00:27 Português
Prosas/Lembranças Momento 0 392 11/11/2017 - 23:58 Português
Prosas/Erótico Gostas do sexo que fazemos? 0 463 05/10/2016 - 20:48 Português
Prosas/Pensamentos O dia em que me disse que não me queria ver mais 0 330 05/05/2016 - 21:50 Português
Prosas/Pensamentos Cada vez que alguém se apaixona 0 332 05/05/2016 - 21:41 Português
Prosas/Pensamentos Liberdade Sexual 0 300 05/05/2016 - 14:03 Português
Prosas/Pensamentos AMIZADE COLORIDA 0 399 05/05/2016 - 12:54 Português
Prosas/Erótico DIÁRIO DE UMA BISSEXUAL - E VENHA O PRÓXIMO 0 732 05/02/2014 - 10:49 Português
Prosas/Erótico CRÓNICAS DE UMA LIBERTINA XIII 0 500 05/02/2014 - 10:37 Português
Prosas/Lembranças DIÁRIO DE UMA BISSEXUAL- O INÍCIO X 2 541 04/14/2013 - 14:21 Português
Prosas/Erótico DIÁRIO DE UMA BISSEXUAL- O INÍCIO IX 0 572 04/11/2013 - 22:06 Português
Prosas/Erótico DIÁRIO DE UMA BISSEXUAL- O INÍCIO VIII 0 528 04/11/2013 - 22:03 Português
Prosas/Erótico CRÓNICAS DE UMA LIBERTINA XII 0 484 04/11/2013 - 21:57 Português
Prosas/Erótico DIÁRIO DE UMA BISSEXUAL- O INÍCIO VII 0 594 04/04/2013 - 13:04 Português