CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Pensamento

O sol pode saber como dourar a pele mas não descobrir como aquecer a alma...

Odete Ferreira

http://portate-mal.blogspot.pt/

Submited by

segunda-feira, maio 14, 2012 - 23:06

Prosas :

No votes yet

Odete Ferreira

imagem de Odete Ferreira
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 19 semanas 9 horas
Membro desde: 01/11/2011
Conteúdos:
Pontos: 1918

Comentários

imagem de Henricabilio

brincando com as

brincando com as palavras
diria que o sol sempre nus aquece... rss

além do mais, ele é sinónimo de vida
e, consequentemente, de Amor.

Saudações

_Abilio

imagem de Odete Ferreira

P/Henricabilio

Pois, amigo Henricabilio, amor...Metaforizado :)

Obg, bjo :)

imagem de Nostalgia

Há uma outra energia, também

Há uma outra energia, também ela muito misteriosa, que aquece a alma, e não é a do sol e sim a do amor (amor é fogo que arde sem se ver)
O ser humano é um todo e totalmente integrado neste nosso habitat, dele fazendo parte integrante. Parafraseando a bíblia: "Somos pó e a ele iremos voltar". Que pó é este tão especial? Cálcio, Ferro, Magnésio, água, hidrogénio, oxigénio, etc...num composto único e especial, matéria biológica em perfeita amálgama, como um bolo que leva os ingredientes em doses certas.
Adoro uma pelezinha dourada, sinónimo não só de beleza como de vitamina D, muito bom para os ossos, dentes, etc...(Cálcio)

Bjs

imagem de Odete Ferreira

P/ Naostalgia

Sorri e sorrio com o teu comentário... (e subscrevo-o).

Ah, como quem escreve gosta de subterfúgios...

Pois, o sol...Um segredo: uso muito este astro como personificação do amor!

Acho que a mensagem está passada, amiga! Ah, claro subs

Nuito grata, bjo

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Odete Ferreira

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Intervenção E a festa veste-se em cada madrugada 0 332 04/25/2016 - 02:29 Português
Prosas/Outros No sopé da montanha 0 298 12/30/2015 - 22:42 Português
Poesia/Meditação À míngua 0 447 12/30/2015 - 22:36 Português
Poesia/Fantasia Surrealidades 0 423 12/13/2015 - 19:07 Português
Poesia/Intervenção Não invoquem o meu nome em vão 0 531 11/25/2015 - 02:18 Português
Poesia/Fantasia Surreal XXVIII 2 389 09/05/2015 - 19:00 Português
Prosas/Outros Da alma 0 286 09/01/2015 - 19:58 Português
Poesia/Intervenção Da destemperança 0 568 08/26/2015 - 01:35 Português
Poesia/Meditação E no entre-Tanto faço caminho 0 378 07/02/2015 - 23:55 Português
Poesia/Meditação E continuamos pequeninos! 0 426 06/02/2015 - 20:15 Português
Poesia/Intervenção Nem te renego nem me nego 0 480 04/25/2015 - 02:08 Português
Poesia/Dedicado Laudatória 0 353 03/24/2015 - 19:03 Português
Poesia/Dedicado És...Mulher 0 698 03/08/2015 - 18:53 Português
Poesia/Amor Vida(s) 0 562 02/14/2015 - 18:07 Português
Poesia/Amor Moras nos meus sonhos 0 595 02/13/2015 - 16:30 Português
Poesia/Dedicado Olhares 0 835 01/22/2015 - 01:58 Português
Prosas/Outros Do exato momento da VIragem 0 635 12/30/2014 - 14:27 Português
Poesia/Geral Semeio-me de Natal 0 540 12/23/2014 - 00:14 Português
Poesia/Meditação Beleza horizontal 0 655 12/05/2014 - 20:07 Português
Poesia/Geral Tens o milagre na mão 0 537 11/17/2014 - 02:27 Português
Poesia/Dedicado E eu seguia-te 0 512 11/08/2014 - 17:06 Português
Poesia/Soneto Resgate 0 596 11/03/2014 - 01:47 Português
Poesia/Tristeza Vazios 0 669 10/21/2014 - 16:01 Português
Poesia/Geral Versos molhados 0 513 10/09/2014 - 00:52 Português
Poesia/Fantasia Da vida extraímos sinfonia 0 522 10/03/2014 - 00:57 Português