CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Lábios

Ela está deslumbrante e seus lábios de dama me atraem,
Tão esplêndidos os detalhes que entorpecem meu olhar,
Seus lábios com os dentes o apertando, tornam-se distintos e volumosos,
No auge de meus desejos confesso que prefiro vermelhos e rosados,
Mas agora estou em cheque pelos amorenados que se revelaram,
Hoje não vivo sem a boca da dona de tão lindos e atraentes lábios,
Lábios que foram minuciosamente pintados para serem beijados,
Foram perpetrados para sempre amados por horas seculares,
A veleidade do brilho molhado é a crueldade que me fez e faz feliz,
A cobiça da saliva doce e quente me faz pecador até em meus pensamentos,

Sem remorsos momentâneos adoro morder seus lábios,
Lado a lado com carinho perverso os transformo em meus,
Posso mastigá-los com apego vagaroso e excitá-los mesmo sem minha presença,
Você minha dona e também dos olhos que me fitam com soslaios na multidão,
Saiba que novamente quero tomar seus lábios com a língua que os ensoparam,
Sua delicadeza e vaidade elevam o gosto das intimidades bem cuidadas,
Hoje a vejo como a própria Afrodite materializada em meus profícuos sonhos,
Também posso vê-la como as ninfas que correm nuas pelos bosques gregos,

Às vezes no auge de minha libertinagem te ligo aos meus luxos e luxurias,
Tocá-la, penetrá-la e desejá-la várias vezes instintiva e animalescamente,
Venerá-la como se você fosse uma felina louca por fornicações e perversões,
Esquecer da dama e senhora distinta e tratá-la como um objeto de deleite,
Sei que não se devem machucar os lábios e nem suas donas,
Deve-se oscular e amá-los loucamente e apaixonadamente,
Mas tenho fantasias e sei que entrar nos lábios é caminhar no paraíso,
E sair dos lábios é voltar do Éden.

Submited by

domingo, dezembro 13, 2009 - 17:46

Ministério da Poesia :

No votes yet

PoetadeVenus

imagem de PoetadeVenus
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 8 anos 51 semanas
Membro desde: 12/13/2009
Conteúdos:
Pontos: 517

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of PoetadeVenus

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Amor Olhos e Olhar 0 510 06/07/2011 - 04:11 Português
Poesia/Amor Tolo 0 459 06/07/2011 - 04:10 Português
Poesia/Amor Você 0 383 06/07/2011 - 04:08 Português
Poesia/Amor Vidraças 0 524 06/07/2011 - 04:06 Português
Poesia/Amor Sol Ofuscado 0 471 06/07/2011 - 04:04 Português
Poesia/Amor Sem Definições 0 442 06/07/2011 - 04:02 Português
Poesia/Amor Rosa de Pedra 0 550 06/07/2011 - 04:01 Português
Poesia/Amor Rendida ao Amor 0 533 06/07/2011 - 03:59 Português
Poesia/Amor Maçã 0 275 06/07/2011 - 03:58 Português
Poesia/Amor Laços Infindáveis 0 370 06/07/2011 - 03:56 Português
Poesia/Amor Inerência 0 465 06/07/2011 - 03:54 Português
Poesia/Amor Febre Angelical 0 464 06/07/2011 - 03:52 Português
Poesia/Amor Fantástico 0 379 06/07/2011 - 03:50 Português
Poesia/Amor Ensaio da Paixão 0 375 06/07/2011 - 03:49 Português
Poesia/Amor Dois Igual a Um 0 594 06/07/2011 - 03:47 Português
Poesia/Amor Coralma & Coramor 0 406 06/07/2011 - 03:46 Português
Poesia/Amor Amor Revelado 0 507 06/07/2011 - 03:44 Português
Poesia/Amor Amor de Homem 0 485 06/07/2011 - 03:42 Português
Poesia/Amor Amor 0 409 06/07/2011 - 03:40 Português
Poesia/Amor Amar 0 446 06/07/2011 - 03:38 Português
Poesia/Amor A Lady 0 480 06/07/2011 - 03:36 Português
Poesia/Amor A Espera do Inevitável 0 580 06/07/2011 - 03:34 Português
Poesia/Erótico Volição Virginal 0 495 06/07/2011 - 03:31 Português
Poesia/Erótico Prazeres da Carne 0 405 06/07/2011 - 03:29 Português
Poesia/Erótico Orgasmo 0 545 06/07/2011 - 03:28 Português