CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Mamãe

Mamãe dizia: você vai casar casta
E vai encontrar um marido perfeito.
Você não acha que isso tudo basta?
Mas imagine se ele não fizer direito?
Você vai chamar sua mãe para...

Existe tanto homem que não presta
Vai uma e outra e nem espera a cesta.
Porque a mulher não pode ter tesão?
A vida tem que ser uma prisão?
Pra ela satisfazer a sociedade?
Porque mamãe dizia: Ao homem você agrade
E cadê a sua satisfação?

Põe-se a virgindade num pedestal,
Mas sexo é tão normal
Que nossas civilizações mais antigas
Hoje iriam rir das novas raparigas.

Porque não abrimos a mente?
Vamos ouvir o que o corpo sente!
Pare de se culpar
Que mal tem em amar?

Não se limite
Por que você não se permite?
Não vamos deixar que gozem os linguarudos,
Vamos viver e deixá-los mudos.

Kath França

Submited by

segunda-feira, abril 12, 2010 - 21:15

Ministério da Poesia :

No votes yet

kathfranca

imagem de kathfranca
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 9 anos 13 semanas
Membro desde: 04/12/2010
Conteúdos:
Pontos: 144

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of kathfranca

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Fotos/ - 3475 0 588 11/24/2010 - 00:55 Português
Ministério da Poesia/Amor Cais 0 451 11/19/2010 - 19:30 Português
Ministério da Poesia/Meditação Soterrada 0 762 11/19/2010 - 19:30 Português
Ministério da Poesia/Desilusão Partes 0 736 11/19/2010 - 19:30 Português
Ministério da Poesia/Comédia Insano 0 847 11/19/2010 - 19:30 Português
Ministério da Poesia/Comédia Delegacia brasileira 0 700 11/19/2010 - 19:30 Português
Ministério da Poesia/Comédia Porta da festa 0 793 11/19/2010 - 19:30 Português
Ministério da Poesia/Paixão Brasileira 0 536 11/19/2010 - 19:30 Português
Ministério da Poesia/Aforismo Caminho 0 534 11/19/2010 - 19:30 Português
Ministério da Poesia/Aforismo Corpo e espírito 0 545 11/19/2010 - 19:30 Português
Ministério da Poesia/Aforismo Existência 0 531 11/19/2010 - 19:30 Português
Ministério da Poesia/Aforismo Chama 0 583 11/19/2010 - 19:30 Português
Ministério da Poesia/Aforismo migalha 0 621 11/19/2010 - 19:30 Português
Ministério da Poesia/Aforismo tudo e nada 0 494 11/19/2010 - 19:30 Português
Ministério da Poesia/Aforismo Vida quadro 0 482 11/19/2010 - 19:30 Português
Ministério da Poesia/Amor Presente violeta 0 586 11/19/2010 - 19:30 Português
Ministério da Poesia/Aforismo O exilar do amor 0 554 11/19/2010 - 19:30 Português
Ministério da Poesia/Meditação A vida numa embalagem 0 548 11/19/2010 - 19:30 Português
Ministério da Poesia/Intervenção Interpretação 0 446 11/19/2010 - 19:30 Português
Ministério da Poesia/Tristeza Meu jardim 0 571 11/19/2010 - 19:30 Português
Ministério da Poesia/Meditação Sentidos 0 505 11/19/2010 - 19:30 Português
Ministério da Poesia/Intervenção Essa gente 0 640 11/19/2010 - 19:30 Português
Ministério da Poesia/Geral etnerefid 0 497 11/19/2010 - 19:30 Português
Ministério da Poesia/Tristeza O reflexo 0 561 11/19/2010 - 19:30 Português
Ministério da Poesia/Intervenção Divisa 0 675 11/19/2010 - 19:29 Português