CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Preliator

A luz do dia é tudo o que tenho
Para olhar em redor e pôr-me a caminho.
Limpo as armas, treino o engenho,
Puxo lustro ao metal frio do escudo,
Mas sem querer apertar o gatilho.
Sou apenas aprendiz de combate,
Tenho apenas o orgulho fugaz
De ser frio o encontro e forte o ataque.

Mas quando a noite vem e nada deixa ver,
Das minhas armas só há o brilho lunar.
Os leigos da guerra procuram o lar.
É quando o perigo é mais agreste
Que nada mais tenho para lutar
Senão o corpo, e a alma, frágeis.
Falta-me outra alma que me guarde.
«Quem guardará os guardas?»

O guerreiro acha que deve lutar sozinho,
Que é fraco se pedir ajuda;
Ou talvez esteja na guerra errada
E deva aperfeiçoar outras artes:
Aquelas que lhe criam laços,
Olhos que brilhem mais do que armas,
Contendas mais pacíficas que Marte,
Opostos mais unos que inimigos.

Falta-lhe a fragilidade do amor
Para ser forte na batalha.

Submited by

sábado, abril 3, 2010 - 16:06

Ministério da Poesia :

No votes yet

ritaleao

imagem de ritaleao
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 8 anos 10 semanas
Membro desde: 04/03/2010
Conteúdos:
Pontos: 122

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of ritaleao

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Amor Ulisses 0 308 12/27/2011 - 23:04 Português
Poesia/Meditação Ainda sonho 3 563 09/22/2011 - 23:21 Português
Poesia/Desilusão Eco 4 551 09/21/2011 - 18:33 Português
Poesia/Meditação Miragem 0 389 09/19/2011 - 22:40 Português
Fotos/ - 3662 0 563 11/24/2010 - 00:55 Português
Fotos/ - 3373 0 602 11/24/2010 - 00:55 Português
Ministério da Poesia/Desilusão Perder-te 0 749 11/19/2010 - 19:30 Português
Ministério da Poesia/Aforismo Pulo e mortal 0 572 11/19/2010 - 19:30 Português
Ministério da Poesia/Dedicado Mãe! 0 568 11/19/2010 - 19:30 Português
Ministério da Poesia/Meditação A vida não é uma só: são duas 0 462 11/19/2010 - 19:30 Português
Ministério da Poesia/Intervenção Dentro de mim é Inverno 0 587 11/19/2010 - 19:30 Português
Ministério da Poesia/Aforismo Regras do acaso 0 505 11/19/2010 - 19:30 Português
Ministério da Poesia/Amor The end of the beginning 0 561 11/19/2010 - 19:30 Português
Ministério da Poesia/Intervenção Angel of Music 0 605 11/19/2010 - 19:30 Português
Ministério da Poesia/Amor Cisne 0 630 11/19/2010 - 19:30 Português
Ministério da Poesia/Desilusão Súplica 0 550 11/19/2010 - 19:30 Português
Ministério da Poesia/Desilusão Só o tempo é certeza 0 562 11/19/2010 - 19:30 Português
Ministério da Poesia/Desilusão Não quero 0 653 11/19/2010 - 19:30 Português
Ministério da Poesia/Desilusão Escrito nas estrelas... 0 512 11/19/2010 - 19:29 Português
Ministério da Poesia/Meditação O Homem duplo 0 497 11/19/2010 - 19:29 Português
Ministério da Poesia/Amor Um sonho 0 469 11/19/2010 - 19:29 Português
Ministério da Poesia/Meditação Pessoa gaivota 0 565 11/19/2010 - 19:29 Português
Ministério da Poesia/Geral As gotas que aos olhos me chegam 0 523 11/19/2010 - 19:29 Português
Ministério da Poesia/Soneto Esta noite vai chorando por mim 0 498 11/19/2010 - 19:29 Português
Ministério da Poesia/Geral Razão 0 429 11/19/2010 - 19:27 Português