CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Uma Carta, ao Meu Amor...

Meu amor...,
Eu não consigo te elucidar,
De quão forte é o furor
Deste meu modo tão peculiar,
Que eu tenho de te amar
E de quão grande é esta dor
Fruto da distância, e desse mesmo furor
Pela circunstância de tão longe de ti estar,
E eu nem, ao menos, conseguir te tocar

Meu amor...,
Como eu queria apenas poder,
Em teus olhos, olhar
Para que tu pudesses te aperceber
Deste meu modo, tão peculiar, de te querer
E sentisses no meu tocar
Este modo tão intenso
Que eu tenho de te amar
Este desejo tão imenso
Que eu sinto de o teu corpo ter
E de nele eu me concretizar
Nesta minha ânsia que tanto me faz te querer
Pela abundância deste meu desejo de o tomar

Meu amor...,
Se eu tivesse agora um ensejo
De satisfazer este meu desejo,
E eu pudesse te tocar
Tu poderias então sentir
O meu amor, por teu corpo, a fluir
E o fluir do seu fervor
O tinir do meu ardor
E a força do meu desejo
Que me arde bem aqui
Por o furor daquilo que eu sinto por ti.

Meu Amor...
Ele é o clamor do meu sentir
Este ardor do nosso amor...
E deste meu desejo louco de te possuir
De te ter, e de o fazer florir
De, sem pudor, o fomentar
De, sem pudor, o fazer aumentar
A tais níveis, esse furor,
Impossíveis de controlar
Até, este nosso furor se esvair
Pois, que a nossa Alma está a queimar

apsferreira

 www.albanosoaresferreira.blogspot.com

Submited by

segunda-feira, dezembro 19, 2011 - 23:00

Poesia :

Your rating: None (1 vote)

apsferreira

imagem de apsferreira
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 4 anos 51 semanas
Membro desde: 09/21/2009
Conteúdos:
Pontos: 3457

Comentários

imagem de Mydeepsoul

Tão inquietante e intenso

Tão inquietante e intenso este seu desejo por seu Amor..

Gostei muito...

:)

imagem de apsferreira

Obrigado, Mydeepsoul, pora

Obrigado, Mydeepsoul, por

a gentileza que teve, em deixar este seu

comentário, no meu poema. Ele é oportuno, de facto,

:-)

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of apsferreira

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Geral E eu escrevo... 6 2.375 02/25/2018 - 21:03 Português
Poesia/Amor Incúria 8 1.452 11/20/2013 - 17:49 Português
Poesia/Dedicado Saudade 2 1.431 01/30/2013 - 23:43 Português
Poesia/Aforismo As Pessoas, Que São Boas 0 1.160 01/28/2013 - 03:20 Português
Poesia/Aforismo Brumas, no Olhar 2 1.571 01/21/2013 - 02:54 Português
Poesia/Aforismo Ah, Catraia Tonta... 0 1.904 01/20/2013 - 20:54 Português
Poesia/Amor A Irracionalidade do Amor 2 1.397 01/20/2013 - 20:34 Português
Poesia/Amizade O Teu Sorriso 2 970 01/18/2013 - 23:29 Português
Poesia/Amor Pedido, à Minha Estrelinha 2 1.432 10/19/2012 - 13:41 Português
Poesia/Amor Será, Que Tu Já Te Apercebeste, Meu Amor? 0 1.191 10/18/2012 - 05:55 Português
Poesia/Dedicado A Cor da Vida 0 1.540 10/11/2012 - 22:19 Português
Poesia/Fantasia Eu Sonho O Teu Despertar 0 1.890 10/09/2012 - 12:14 Português
Poesia/Dedicado Quer Quer Viver Para Sempre? 0 1.182 10/05/2012 - 07:53 Português
Poesia/Amor Ouve, Meu Amor... 0 1.376 10/04/2012 - 08:01 Português
Poesia/Paixão Apenas, Imaginação... 0 1.227 09/30/2012 - 11:13 Português
Poesia/Amor Eu quero-te, porque te quero 0 1.682 09/26/2012 - 03:53 Português
Poesia/Dedicado Desejos de Amor 0 1.523 09/24/2012 - 05:38 Português
Poesia/Meditação Porquê? 0 1.015 09/22/2012 - 04:03 Português
Poesia/Meditação Senhor... 0 1.704 09/19/2012 - 04:28 Português
Poesia/Dedicado Eu Viajo com o Teu Sorriso 0 1.083 09/17/2012 - 11:49 Português
Poesia/Soneto Alma de Mulher 0 1.873 09/09/2012 - 20:48 Português
Poesia/Aforismo Quando Muda O Mês 0 1.247 09/01/2012 - 19:41 Português
Poesia/Meditação Por "Trinta Dinheiros" 2 2.114 08/28/2012 - 17:51 Português
Poesia/Amor Incursão 0 1.527 08/21/2012 - 19:55 Português
Poesia/Aforismo Este Meu Fado 1 1.872 08/08/2012 - 02:48 Português