CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

NOITE ADENTRO

Alma inquieta,

mergulhada nas tempestades
dum amor dormente,

preso num passado presente.

Alma chorosa,

Deambulando
num cais de amargura

onde perco meus passos
noite adentro qual ave noturna
na escuridão.

Alma estilhaçada,

num corpo moribundo
sem que meu coração sorri

nem mais nenhuma estrela brilhe
ao meu triste olhar.

Alma perdida,

entre arestas de agonia
sem vontade de sair

desta nebulosa apatia.

Submited by

domingo, março 3, 2013 - 18:42

Poesia :

Your rating: None (4 votes)

mariamateus

imagem de mariamateus
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 1 semana 6 dias
Membro desde: 02/24/2009
Conteúdos:
Pontos: 2988

Comentários

imagem de Triste Poeta

Noite

Belo poema, cara Poetisa.
Abraço.
Lírio e João

imagem de Henrique

Alma chorosa, Deambulando num

Alma chorosa,

Deambulando
num cais de amargura

onde perco meus passos
noite adentro qual ave noturna
na escuridão.

Triste, mas é a tua bela e poética marca.

Desabafar a tristeza em poesia... é uma espécie de alegria!

:-)

imagem de mariamateus

...........linda.....

Obrigada minha querida amiga!

Deixo-te mil beijitos**

imagem de joanadarc

Fico feliz, por teres voltado

Fico feliz, por teres voltado a escrever...beijo grande.Joana

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of mariamateus

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Amor MORRO ENTRE PALAVRAS QUE NADA TE DIZEM 1 897 02/26/2018 - 12:29 Português
Poesia/Dedicado RECORDAR-TE É UMA CONSTANTE 2 1.359 07/01/2013 - 20:10 Português
Poesia/Tristeza OLHO-ME 1 1.113 04/01/2013 - 08:37 Português
Poesia/Desilusão RODOPIAM COMO PEÕES 0 1.253 03/30/2013 - 19:55 Português
Poesia/Tristeza LÁGRIMAS 1 844 03/25/2013 - 17:15 Português
Poesia/Tristeza EM SAUDADE ME DERRAMO PELO TEMPO 1 951 03/16/2013 - 21:59 Português
Poesia/Desilusão QUEBRADA 1 1.023 03/08/2013 - 20:35 Português
Poesia/Tristeza PERDIDA 0 709 03/08/2013 - 01:12 Português
Poesia/Tristeza NOITE ADENTRO 4 1.295 03/05/2013 - 21:05 Português
Poesia/Tristeza NADA ME CONFORTA 1 1.100 03/05/2013 - 21:02 Português
Poesia/Tristeza LUAR QUE ABRAÇA MEUS OMBROS 0 923 03/02/2013 - 00:09 Português
Poesia/Amor TEU BEIJO EM MIM 2 907 03/01/2013 - 10:52 Português
Poesia/Tristeza CONTADAS DORES … 0 665 02/11/2013 - 12:26 Português
Poesia/Tristeza SAUDADES QUE ME CERRAM OS OLHOS 2 1.345 01/14/2013 - 21:11 Português
Poesia/Amor OLHOS PARADOS 0 1.518 12/09/2012 - 17:03 Português
Poesia/Paixão LUA MINHA 1 1.133 12/08/2012 - 23:35 Português
Poesia/Amor OLHA-ME NOS OLHOS 0 863 12/07/2012 - 15:59 Português
Poesia/Amor MAIS DO QUE O SOL ESCONDE A NOITE 0 1.536 12/06/2012 - 19:35 Português
Poesia/Meditação SILENCIOSA NOITE 2 1.199 12/06/2012 - 18:30 Português
Poesia/Tristeza ENTRE AS PAREDES DO MEU QUARTO 1 1.181 12/04/2012 - 22:48 Português
Poesia/Meditação AO SABOR DO TEMPO 0 1.587 11/29/2012 - 19:41 Português
Poesia/Amor BEIJO RECHEADO DE DESEJO 2 1.003 11/26/2012 - 18:50 Português
Poesia/Tristeza DESSE MAR DE SAUDADE 1 1.575 09/30/2012 - 21:33 Português
Poesia/Meditação ESSA QUE DORME AO COLO DA NOITE 1 1.231 09/25/2012 - 01:47 Português
Poesia/Meditação FRÁGEIS DEDOS 1 1.327 09/18/2012 - 21:32 Português