CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

OLHO-ME

OLHO-ME

Perdi-me na imensidão do sentir,
algemei os quereres em turbilhões sem fundo.

Longe de mim
moram distantes momentos
duma felicidade desconhecida toda uma vida.

Deixei de me querer.

Olho-me e nada vejo.

Apenas o silêncio faz eco
em pensamentos destorcidos
onde bate o martelar constante dos porquês.

Dias cinzentos são alma esmagada
por um querer sem sentido.

Mente chacinada
por desumanidade desse amor bandido.

Perdi-me no encantar de frases por ti escritas
qual serpente domesticada no assobio dos teus lábios.

Eras oceano
que banhava meu olhar intenso em ti,
luar celestial nos meus ombros por ti despidos.

Já nada importa.

Morri neste tempo em que te redescobri.

Tempo cortante!

Onde afago lágrimas
reprimidas numa dor sem fim.

Enterra-me bem no fundo
da tua mente alucinada.

Veda estes olhos que morreram por ti.

Submited by

terça-feira, março 26, 2013 - 20:50

Poesia :

Your rating: None (2 votes)

mariamateus

imagem de mariamateus
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 10 semanas 6 dias
Membro desde: 02/24/2009
Conteúdos:
Pontos: 2988

Comentários

imagem de Henricabilio

como são dolorosos os

como são dolorosos
os cânticos dos poderosos
desencantos!...

1 abraç0o!

_Abilio

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of mariamateus

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Amor MORRO ENTRE PALAVRAS QUE NADA TE DIZEM 1 936 02/26/2018 - 13:29 Português
Poesia/Dedicado RECORDAR-TE É UMA CONSTANTE 2 1.379 07/01/2013 - 21:10 Português
Poesia/Tristeza OLHO-ME 1 1.157 04/01/2013 - 09:37 Português
Poesia/Desilusão RODOPIAM COMO PEÕES 0 1.280 03/30/2013 - 20:55 Português
Poesia/Tristeza LÁGRIMAS 1 873 03/25/2013 - 18:15 Português
Poesia/Tristeza EM SAUDADE ME DERRAMO PELO TEMPO 1 974 03/16/2013 - 22:59 Português
Poesia/Desilusão QUEBRADA 1 1.073 03/08/2013 - 21:35 Português
Poesia/Tristeza PERDIDA 0 739 03/08/2013 - 02:12 Português
Poesia/Tristeza NOITE ADENTRO 4 1.341 03/05/2013 - 22:05 Português
Poesia/Tristeza NADA ME CONFORTA 1 1.122 03/05/2013 - 22:02 Português
Poesia/Tristeza LUAR QUE ABRAÇA MEUS OMBROS 0 951 03/02/2013 - 01:09 Português
Poesia/Amor TEU BEIJO EM MIM 2 930 03/01/2013 - 11:52 Português
Poesia/Tristeza CONTADAS DORES … 0 699 02/11/2013 - 13:26 Português
Poesia/Tristeza SAUDADES QUE ME CERRAM OS OLHOS 2 1.375 01/14/2013 - 22:11 Português
Poesia/Amor OLHOS PARADOS 0 1.552 12/09/2012 - 18:03 Português
Poesia/Paixão LUA MINHA 1 1.164 12/09/2012 - 00:35 Português
Poesia/Amor OLHA-ME NOS OLHOS 0 903 12/07/2012 - 16:59 Português
Poesia/Amor MAIS DO QUE O SOL ESCONDE A NOITE 0 1.580 12/06/2012 - 20:35 Português
Poesia/Meditação SILENCIOSA NOITE 2 1.261 12/06/2012 - 19:30 Português
Poesia/Tristeza ENTRE AS PAREDES DO MEU QUARTO 1 1.217 12/04/2012 - 23:48 Português
Poesia/Meditação AO SABOR DO TEMPO 0 1.623 11/29/2012 - 20:41 Português
Poesia/Amor BEIJO RECHEADO DE DESEJO 2 1.061 11/26/2012 - 19:50 Português
Poesia/Tristeza DESSE MAR DE SAUDADE 1 1.609 09/30/2012 - 22:33 Português
Poesia/Meditação ESSA QUE DORME AO COLO DA NOITE 1 1.270 09/25/2012 - 02:47 Português
Poesia/Meditação FRÁGEIS DEDOS 1 1.365 09/18/2012 - 22:32 Português