CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

O APAGAR DAS ACENDALHAS


O APAGAR DAS ACENDALHAS

Nos anos forjei força e resistência
com as quais me libertei de duros nós.
Nos anos disse não à prepotência
de quem tentou calar a minha voz.

Foram anos de luta e resiliência.
Não tive alternativas p’ra vencer
a tua agressividade e a violência
que me impedia, literalmente, de viver.

Superei horrores, venci batalhas
que foram nada mais do que acendalhas
nos fogos que ateaste em nossas vidas.

Dos medos gerei Coragem e Temperança
e hoje, com o Novo Ano, nasceu a Esperança,
de dar uma nova vida às nossas vidas.

Maria Letr@

Submited by

sexta-feira, janeiro 22, 2021 - 10:59

Poesia :

No votes yet

Maria Letra

imagem de Maria Letra
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 30 semanas 5 dias
Membro desde: 11/20/2012
Conteúdos:
Pontos: 2604

Comentários

imagem de Maria Letra

O APAGAR DAS ACENDALHAS

Obrigada, Ana Martins. Beijinho, Amiga.

imagem de Ana Martins

O APAGAR DAS ACENDALHAS

Um soneto que diz tanto de ti e do que viveste.
Gostei muito!

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Maria Letra

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Tristeza O FLAGELO DA PERDA 1 297 06/17/2021 - 15:23 Português
Poesia/Geral NA MIRA DE GENTE FALSA 0 228 06/13/2021 - 20:41 Português
Poesia/Intervenção SOCIALIZAR_OU NÃO? 0 163 06/13/2021 - 20:36 Português
Poesia/Geral RENOVAÇÃO 0 374 05/27/2021 - 16:34 Português
Poesia/Intervenção AUTO DA SUBSERVIÊNCIA 0 281 05/25/2021 - 00:03 Português
Poesia/Soneto LUZ E DESAIRE 0 282 05/21/2021 - 17:32 Português
Poesia/Desilusão ESPECTRO DO QUE ME RESTA 0 360 05/06/2021 - 23:10 Português
Poesia/Soneto QUERIA SER POMBA COM ASAS DE ESTANHO 0 311 05/06/2021 - 21:29 Português
Poesia/Soneto DEIXA-ME VIVER! 2 462 04/27/2021 - 20:40 Português
Poesia/Tristeza MUITOS FORAM OS QUE PARTIRAM 0 402 04/25/2021 - 10:42 Português
Poesia/Intervenção REVOLUÇÃO 0 374 04/25/2021 - 08:39 Português
Poesia/Dedicado UM HINO À NOITE 0 392 04/22/2021 - 23:15 Português
Prosas/Outros A MINHA PERPECTIVA SOBRE ALGUMAS DAS DIFERENTES CLASSES SOCIAIS-COM A COLABORAÇÃO DE MIGUEL LETRA 0 454 04/13/2021 - 12:14 Português
Poesia/Meditação ESPERO_POR_TI_MADRUGADA 2 257 04/07/2021 - 20:34 Português
Poesia/Desilusão A NOVA PÁSCOA 0 265 04/04/2021 - 07:09 Português
Poesia/Geral O QUE SERIA DE MIM 0 281 03/28/2021 - 02:54 Português
Poesia/Soneto TEMPOS DE AFLIÇÃO 2 399 03/26/2021 - 23:34 Português
Poesia/Geral ESPERANDO PELA MARÉ ALTA 0 327 03/25/2021 - 23:45 Português
Poesia/Geral MULHER-ESCRITORA 0 273 03/25/2021 - 16:28 Português
Poesia/Tristeza RECOMEÇAR 0 296 03/25/2021 - 01:32 Português
Poesia/Desilusão O VAZIO DA MINHA ALMA 0 1.176 03/11/2021 - 12:51 inglês
Poesia/Geral O GRITO DO INDÍGENA 2 480 03/10/2021 - 21:31 Português
Poesia/Tristeza TERRAS DE DESAMOR 0 454 03/09/2021 - 21:04 Português
Poesia/Intervenção VIOLÊNCIA 0 289 03/09/2021 - 20:46 Português
Poesia/Geral A MULHER E O OBVERSO DO IRREVERSÍVEL 0 305 03/08/2021 - 21:30 Português