CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

AS ONDAS DO MAR

As ondas do mar

 

Eu queria ser como as ondas do mar,

Vão e vêm e tornam a voltar,

Na imperiosa eternidade do tempo,

Empurradas pela força do vento,

Chegam à praia com todo o prazer,

Morrendo e tornando a nascer.

 

Se eu fosse como as ondas do mar,

Seria eterno no meu morrer e ressuscitar,

Teria como irmão o vento que sinto e não vejo,

Este seria o meu grande desejo,

Mas como sou mortal e sempre diferente,

Sou igual a toda a gente.

 

Se o meu desejo se pudesse concretizar,

Seria igual às lindas ondas do mar,

Que vêm de longe sem saber de onde,

E a sua força a toda a gente esconde,

Abraçam e beijam os corpos sedentos,

E refrescam, com a brisa dos ventos.

 

Venham as ondas até aos meus pés,

Com a força e carícia das marés,

Vão e voltem até para os pés me beijar,

Enquanto eu estiver à beira-mar,

Vendo as gaivotas entre a terra e o céu,

Brancas a pretas, a cor que Deus lhes deu.

 

Como eu gostaria se ser como as todos ondas do mar,

Para todos os navios fazer dançar,

Molhar os marinheiros com o meu poder,

E fazê-los pensar no medo de morrer,

Demonstrando a minha força e o meu amor,

Para sentirem a força do meu valor.

 

 

 

 

24 de Março de 2012-Estêvão

Submited by

quarta-feira, janeiro 11, 2017 - 09:49

Poesia :

No votes yet

José Custódio Estêvão

imagem de José Custódio Estêvão
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 24 semanas 6 dias
Membro desde: 03/14/2012
Conteúdos:
Pontos: 7732

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of José Custódio Estêvão

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Geral AS ONDS DO MAR 2 1.938 02/24/2019 - 16:15 Português
Poesia/Fantasia O MEU NOME 0 663 12/14/2018 - 10:36 Português
Poesia/Meditação O TEMPO LEVA TUDO 0 883 09/28/2018 - 14:56 Português
Prosas/Pensamentos 34- O HOMEM 6 1.280 03/21/2018 - 15:04 Português
Poesia/Amor VERMELHO 0 1.178 09/04/2017 - 09:13 Português
Poesia/Amor UMA ORQUÍDEA PARA TI 0 1.404 07/17/2017 - 09:50 Português
Poesia/Meditação AS PEDRAS DOS RIOS 0 1.741 06/07/2017 - 08:54 Português
Prosas/Pensamentos PENSAMENTOS 34 0 1.250 05/24/2017 - 10:09 Português
Poesia/Amor AMO-TE COMO ÉS 0 1.291 05/24/2017 - 09:59 Português
Poesia/Meditação SABER SER FRELIZ 0 710 05/09/2017 - 15:51 Português
Poesia/Amizade TU 0 857 04/21/2017 - 10:52 Português
Poesia/Meditação PARA DE TE QUEIXAR 2 934 03/26/2017 - 19:34 Português
Poesia/Meditação PARA QUÊ MATAR? 5 2.125 03/24/2017 - 11:31 Português
Poesia/Meditação CHEGAR, VER E VENCER 0 1.357 03/13/2017 - 14:57 Português
Poesia/Amor BEIJOS TEUS 0 1.041 02/22/2017 - 10:12 Português
Poesia/Amor OLHANDO O MAR 0 776 02/08/2017 - 10:26 Português
Poesia/Amor SAUDADE 0 935 02/01/2017 - 10:29 Português
Poesia/Geral FRIO 0 814 01/26/2017 - 10:27 Português
Poesia/Geral FRIO 0 837 01/26/2017 - 10:23 Português
Poesia/Fantasia AS ONDAS DO MAR 0 861 01/11/2017 - 09:49 Português
Poesia/Meditação AMANHECEU OUTRA VEZ 0 902 01/04/2017 - 11:22 Português
Poesia/Alegria RIR 0 1.846 12/21/2016 - 09:58 Português
Poesia/Amor O BARCO DOS NOSSOS SONHOS 1 1.616 12/15/2016 - 13:05 Português
Prosas/Pensamentos PENSAMENTOS 0 972 12/07/2016 - 11:16 Português
Poesia/Amor RECORDANDO 0 1.629 12/07/2016 - 11:01 Português