CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Ouve-me

Ouve-me
Eu que te chamo desde sempre
Quando era apenas poeira que brilha
Quando era apenas, desta vida, semente.

Ouve-me
Eu que te falo de um tempo sonhado
Voz que canta no teu dormir
Canção que esqueces quando acordado.

Ouve-me
Eu que peço ao universo,
o enlace dos fios que nos prendem
Desejo presente em todos os meus versos.

Ouve-me
Ainda que penses não conseguir
Pois eu sou a aurora nos teus sonhos,
a Alma que te vê partir.

Submited by

domingo, janeiro 27, 2013 - 15:42

Poesia :

Your rating: None (1 vote)

Ema Moura

imagem de Ema Moura
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 1 ano 24 semanas
Membro desde: 03/15/2011
Conteúdos:
Pontos: 317

Comentários

imagem de Nuno Lago

Ouve-me

Talentosa e inspirada, Poeta Ema!

Beijos
Nuno

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Ema Moura

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Ministério da Poesia/Amor A verdade incómoda 0 293 03/15/2011 - 11:02 Português
Ministério da Poesia/Amor Na terra do impossível 0 325 03/15/2011 - 10:58 Português
Ministério da Poesia/Erótico Jamais partir 0 302 03/15/2011 - 10:53 Português
Ministério da Poesia/Amor Na tua boca... 0 319 03/15/2011 - 10:47 Português
Ministério da Poesia/Amor Tenho-te! 0 296 03/15/2011 - 10:44 Português
Ministério da Poesia/Amor Confesso 0 351 03/15/2011 - 10:36 Português
Ministério da Poesia/Intervenção Fome doentia 0 413 03/15/2011 - 10:33 Português
Ministério da Poesia/Paixão Desejo Febril 0 459 03/15/2011 - 10:30 Português
Ministério da Poesia/Amor E o impossível acontece 0 418 03/15/2011 - 10:20 Português
Ministério da Poesia/Amor Se não escrevo 0 259 03/15/2011 - 10:13 Português
Ministério da Poesia/Amor A minha origem e o meu fim! 0 321 03/15/2011 - 00:52 Português