CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Presença

Partiste pela manhã como o orvalho na relva
Que se esvai ao sol, morno e cálido da manhã
Foste como chegaste calado silencioso
Pouco ficaste nada sonhaste nem perdeste ou ganhaste

Só te vi e não te senti eras mais um outro que chegara
Vagante passageiro de outras vidas presentes
Que mal te perceberiam errante na vida sem destino
Chegando um dia partiria sem esperança sonho perdido

Partiste como chegaste errante vazio e calado
Do horizonte vieste e para o horizonte foste
Andarilho do destino do futuro sem presente
Sonho não trouxeste saudade não deixaste

Simplesmente presença que passou para deixar o ignóbil
Sem arrasto do resto que um dia foi alma perdida
Amor esquecido presença sem vida rastejante nas sombras
Limbo da existência sentimento perdido ausência permitida

Submited by

quinta-feira, julho 23, 2009 - 06:00

Poesia :

No votes yet

marialds

imagem de marialds
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 1 ano 49 semanas
Membro desde: 03/31/2009
Conteúdos:
Pontos: 2887

Comentários

imagem de Danielagomes

Re: Presença

Como já disse antes,
Tua poesia é maravilhosa e me inspira.
Ès uma grande poetisa!
Adorei o poema.
Bjo :-)
Com carinho,

Daniela Gomes.

imagem de analyra

Re: Presença

"Partiste como chegaste errante vazio e calado
Do horizonte vieste e para o horizonte foste
Andarilho do destino do futuro sem presente
Sonho não trouxeste saudade não deixaste"
Desafogo do corpo e não da alma...
Gostei muito.
Grande abraço.

imagem de MarneDulinski

Re: Presença

marialds!
Meus parabéns, pelo poema, que narra alguém que se foi,
mas infelizmente ou felizmente, deixou marcas; mas, entregue ao vento bento, que tudo se resolve, tudo passa!

Simplesmente presença que passou para deixar o ignóbil
Sem arrasto do resto que um dia foi alma perdida
Amor esquecido presença sem vida rastejante nas sombras
Limbo da existência sentimento perdido ausência permitida

Com carinho e respeito,
MarneDulinski

imagem de alvarosertano

Re: Presença

desculpa invasão, além de atenção;

Partiste como chegaste errante vazio e calado
Do horizonte vieste e para o horizonte foste
Andarilho do destino do futuro sem presente

o abstrato???

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of marialds

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Tristeza Separação 0 892 07/22/2015 - 20:11 Português
Poesia/Geral Veja 0 1.227 07/19/2014 - 03:55 Português
Prosas/Pensamentos Pensamentos 0 953 03/02/2014 - 02:55 Português
Prosas/Pensamentos Pensamentos 0 1.249 03/02/2014 - 02:47 Português
Prosas/Pensamentos Pensamentos 0 867 03/02/2014 - 02:41 Português
Prosas/Pensamentos Pensamentos 1 1.559 12/20/2013 - 21:17 Português
Prosas/Outros Frase 0 1.078 11/28/2013 - 00:50 Português
Fotos/Natureza Flores popularmente chamadas de "Damas da Noite" 0 1.772 11/28/2013 - 00:44 Português
Poesia/Geral Noite de Solidão 0 1.394 11/27/2013 - 23:23 Português
Poesia/Geral Fria Madrugada 2 1.654 11/27/2013 - 22:34 Português
Poesia/Geral Cotidiano 2 1.228 11/18/2013 - 00:57 Português
Poesia/Fantasia Ser em Sombras 0 962 05/12/2013 - 00:30 Português
Poesia/Geral A Flor da Pele 2 1.294 06/24/2012 - 21:48 Português
Poesia/Geral Solidão de nos Dois. 2 1.194 06/17/2012 - 20:39 Português
Poesia/Geral Passagem 0 920 06/17/2012 - 02:57 Português
Poesia/Geral Momentos 1 1.522 03/30/2012 - 10:04 Português
Poesia/Geral Teu Perfume 0 1.492 03/30/2012 - 05:04 Português
Poesia/Geral Espectro 0 1.254 03/30/2012 - 04:56 Português
Poesia/Geral Na Face do Menino 2 1.339 01/22/2012 - 03:59 Português
Poesia/Geral Tombados 0 977 01/21/2012 - 03:32 Português
Fotos/Paisagens Estrada de nuvens. 0 2.899 01/15/2012 - 22:38 Português
Poesia/Haikai Sem Titulo 0 1.310 01/15/2012 - 22:00 Português
Poesia/Haikai Sem Título 0 1.079 01/15/2012 - 21:59 Português
Poesia/Tristeza Apenas Lembranças 0 1.183 01/15/2012 - 21:56 Português
Poesia/Soneto Livro de bolso 0 2.332 09/17/2011 - 05:15 Português