CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

PROJECÇÕES

Choro a saudade do meu futuro.
A batalha com bombas ou cravos,
o jogo da forca, os pinheiros bravos.
Resisto ao passado, espero no escuro.
O presente persiste parado. É o fado.

O que somos foi criado por nós.
Semeámos o que hoje colhemos.
Na solidão sobram-me os remos
e faltam mãos que desatem nós
que me soltem do cais. Erros fatais.

Aqui e agora de culpas me exumo.
Nos limbos desiguais ninguém notou.
Um barco atracado espera-me e eu vou,
enleados limos por que me esfumo.
Não te levo, projecto-te no tempo.

Já não me dói a dor que enfrento.

Submited by

segunda-feira, março 29, 2010 - 17:03

Poesia :

No votes yet

Patrícia Taz

imagem de Patrícia Taz
Offline
Título: Moderador Consagrados
Última vez online: há 49 semanas 1 dia
Membro desde: 04/04/2009
Conteúdos:
Pontos: 650

Comentários

imagem de cecilia

Re: PROJECÇÕES

Pa Taz

Belo poema
Destaco
Semeamos o que hoje colhemos.
Na solidão sobram-me os remos e faltam mãos que desatem nós.

Abç
Cecilia Iacona

imagem de Henrique

Re: PROJECÇÕES

Bom poema!!!

:-)

imagem de marialds

Re: PROJECÇÕES

Belo poema de uma tristeza suave, sentida no hoje e projetada no futuro.
Gostei tem muito conteúdo este poema.

imagem de angelalugo

Re: PROJECÇÕES

Olá Patrícia

Que triste quando sofremos
pelas sementes que no passado
plantamos, mas a vida é assim
às vezes plantamos boas sementes
só que infelizmente no terreno
errado...Gostei muito do seu poema

Beijinhos no coração

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Patrícia Taz

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Amor POEMA INACABADO 5 1.427 03/19/2013 - 03:16 Português
Poesia/Geral ALQUIMIA DA ESCRITA 25 2.230 01/22/2012 - 15:47 Português
Poesia/Dedicado SORVO POÉTICO 24 1.800 01/22/2012 - 15:41 Português
Poesia/Intervenção (A)NORMALIDADE DO CÃO QUE O DIABO AMASSOU 18 1.407 06/27/2011 - 17:32 Português
Poesia/Dedicado PERFIL DE VIAGEM 7 1.045 03/29/2011 - 17:18 Português
Poesia/Intervenção CONVERSA DE CAMARADAS, PÁ? 3 1.272 03/19/2011 - 23:33 Português
Poesia/Intervenção DILEMA OPRIMIDO 8 1.125 03/16/2011 - 16:44 Português
Poesia/Desilusão SOLTA-SE O FIO DA VIDA LÁ DENTRO 8 1.509 02/28/2011 - 16:07 Português
Fotos/Outros Facto Binário 0 1.600 02/20/2011 - 00:39 Português
Poesia/Dedicado POEJET Intercontinental 4 1.274 02/18/2011 - 13:40 Português
Poesia/Canção LEITO DA SAUDADE 8 1.353 02/18/2011 - 12:11 Português
Poesia/Amor VALSA DOS CORVOS 4 933 02/18/2011 - 02:04 Português
Fotos/Paisagens A Sun's Glance 2 2.399 02/16/2011 - 01:37 inglês
Poesia/Fantasia VOO DE SONHO 5 1.035 02/11/2011 - 15:58 Português
Poesia/Canção MATÉRIA IMATERIAL 4 1.102 02/11/2011 - 11:05 Português
Fotos/ - 1249 0 1.519 11/24/2010 - 00:38 Português
Poesia/Soneto SOBREVIVENTES 0 1.075 11/17/2010 - 23:42 Português
Poesia/Erótico FOTO A PRETO E BRANCO 0 987 11/17/2010 - 23:40 Português
Poesia/Poetrix MATÉRIA IMATERIAL 1 721 08/07/2010 - 14:20 Português
Poesia/Amizade O AVESSO DO INVERSO 2 1.010 06/08/2010 - 23:18 Português
Poesia/Geral MAÇO DE NOTAS 1 969 04/23/2010 - 00:17 Português
Poesia/Amor ARLEQUIM 8 1.209 04/20/2010 - 16:13 Português
Poesia/Paixão CHUVAS DE MARÇO 4 949 04/10/2010 - 04:20 Português
Poesia/Paixão COBERTA DE HISTÓRIAS 5 961 04/09/2010 - 19:14 Português
Poesia/Amor PROJECÇÕES 4 499 04/01/2010 - 02:37 Português