CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Vejo em Metáforas

Vejo intuo sinto respiro olho
Leio com olhar aguçadas sombras
Do mundo sagaz de primícias mil
Obstruído pela visão nebulosa da vida

Visto-me de bruxa e a razão procuro
No aperto de mão leio a carta do taro
Vejo além da pele meu ser escapa
Muito além do horizonte jamais visto

Escarpas sinto arquejo em anseios
Ideias perdidas no bordado do tempo
Visões de outrora tecidas na imaginação
Vejo mundos verdejantes chamas arderem

Perdida em visões proféticas e anárquicas
Revejo passado e presente em sôfregos amantes
Místico dom da intuição leva-me a mundos distantes
A visão infinita de o futuro a seguir me perturba, a hora não sei.

Submited by

terça-feira, agosto 10, 2010 - 02:22

Poesia :

No votes yet

marialds

imagem de marialds
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 2 anos 20 semanas
Membro desde: 03/31/2009
Conteúdos:
Pontos: 2887

Comentários

imagem de Librisscriptaest

Re: Vejo em Metáforas

"Perdida em visões proféticas e anárquicas
Revejo passado e presente em sôfregos amantes"

Demorei-me nesta passagem Maria, se o passado e o presente se amam e tocam sofregamente em deambulações constantes e hesitações apaixonadas, será o futuro o prazer que resulta do leito do tempo?
Gosto de a ler!
Beijinho em si!
Inês

imagem de marialds

Re: Vejo em Metáforas

Cara Librisscriptaest, sim pode o ser que o futuro seja o prazer que resulta do leito do tempo.
Mas qual o caminho a seguir e a hora, minuto e ou segundo exato a seguir, pois a visão já esta atrapalhada por sofregos amantes.

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of marialds

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Tristeza Separação 0 1.087 07/22/2015 - 19:11 Português
Poesia/Geral Veja 0 1.479 07/19/2014 - 02:55 Português
Prosas/Pensamentos Pensamentos 0 1.059 03/02/2014 - 01:55 Português
Prosas/Pensamentos Pensamentos 0 1.363 03/02/2014 - 01:47 Português
Prosas/Pensamentos Pensamentos 0 1.068 03/02/2014 - 01:41 Português
Prosas/Pensamentos Pensamentos 1 1.711 12/20/2013 - 20:17 Português
Prosas/Outros Frase 0 1.220 11/27/2013 - 23:50 Português
Fotos/Natureza Flores popularmente chamadas de "Damas da Noite" 0 2.077 11/27/2013 - 23:44 Português
Poesia/Geral Noite de Solidão 0 1.532 11/27/2013 - 22:23 Português
Poesia/Geral Fria Madrugada 2 1.844 11/27/2013 - 21:34 Português
Poesia/Geral Cotidiano 2 1.452 11/17/2013 - 23:57 Português
Poesia/Fantasia Ser em Sombras 0 1.097 05/11/2013 - 23:30 Português
Poesia/Geral A Flor da Pele 2 1.480 06/24/2012 - 20:48 Português
Poesia/Geral Solidão de nos Dois. 2 1.288 06/17/2012 - 19:39 Português
Poesia/Geral Passagem 0 1.087 06/17/2012 - 01:57 Português
Poesia/Geral Momentos 1 1.697 03/30/2012 - 09:04 Português
Poesia/Geral Teu Perfume 0 1.633 03/30/2012 - 04:04 Português
Poesia/Geral Espectro 0 1.349 03/30/2012 - 03:56 Português
Poesia/Geral Na Face do Menino 2 1.520 01/22/2012 - 02:59 Português
Poesia/Geral Tombados 0 1.127 01/21/2012 - 02:32 Português
Fotos/Paisagens Estrada de nuvens. 0 3.168 01/15/2012 - 21:38 Português
Poesia/Haikai Sem Titulo 0 1.498 01/15/2012 - 21:00 Português
Poesia/Haikai Sem Título 0 1.179 01/15/2012 - 20:59 Português
Poesia/Tristeza Apenas Lembranças 0 1.270 01/15/2012 - 20:56 Português
Poesia/Soneto Livro de bolso 0 2.537 09/17/2011 - 04:15 Português