CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Vidro Fosco

Só perdida em outrora de vidas vividas
Olho a janela paisagem e lá não estas
Rua vazia como meu ser a desabrochar
Rogo visão tua aparecer tela em pintura de óleo

Inútil tentar ver-te através de vidro fosco
Envelhecido ao tempo não mais transparente
Canto choro de solidão sem tua presença
Voz desaparece fraco fica meu cantar de amor

Hoje novo amanhecer dourado em flores de jasmim
Observo tua imagem aparece, brilham meus olhos
Risos florescem de minh’alma minguada em choro
Amor chegaste em pintura de óleo através do vidro fosco

Meus olhos sorriem e brilho ardente resplandece
Do choro de amor nada restou apenas soluço contido
Olho a janela tua imagem em pintura de óleo
És tu!

Desvenda-me em teu passado de amores vadios
Esquenta minha lembrança em festa fagueira
Ah! Lembrança sofrida de lágrimas não queridas
Moras em mim linda figura vista da janela de vidro fosco.

Submited by

segunda-feira, julho 5, 2010 - 14:14

Poesia :

No votes yet

marialds

imagem de marialds
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 2 anos 26 semanas
Membro desde: 03/31/2009
Conteúdos:
Pontos: 2886

Comentários

imagem de angelofdeath

Re: Vidro Fosco

Muito bom a forma como transformas o rumo do poema da 1ªestrofe para o 2ª e como está sempre presente a cosão lexical sem nunca perderes o lirismo do poema.

Também gostei da forma como não fizeste num tom melodramático estando sempre presente a ideia de um amor em transfação. :-)

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of marialds

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Tristeza Separação 0 1.112 07/22/2015 - 19:11 Português
Poesia/Geral Veja 0 1.728 07/19/2014 - 02:55 Português
Prosas/Pensamentos Pensamentos 0 1.071 03/02/2014 - 01:55 Português
Prosas/Pensamentos Pensamentos 0 1.377 03/02/2014 - 01:47 Português
Prosas/Pensamentos Pensamentos 0 1.083 03/02/2014 - 01:41 Português
Prosas/Pensamentos Pensamentos 1 1.723 12/20/2013 - 20:17 Português
Prosas/Outros Frase 0 1.235 11/27/2013 - 23:50 Português
Fotos/Natureza Flores popularmente chamadas de "Damas da Noite" 0 2.124 11/27/2013 - 23:44 Português
Poesia/Geral Noite de Solidão 0 1.550 11/27/2013 - 22:23 Português
Poesia/Geral Fria Madrugada 2 1.873 11/27/2013 - 21:34 Português
Poesia/Geral Cotidiano 2 1.469 11/17/2013 - 23:57 Português
Poesia/Fantasia Ser em Sombras 0 1.124 05/11/2013 - 23:30 Português
Poesia/Geral A Flor da Pele 2 1.516 06/24/2012 - 20:48 Português
Poesia/Geral Solidão de nos Dois. 2 1.313 06/17/2012 - 19:39 Português
Poesia/Geral Passagem 0 1.109 06/17/2012 - 01:57 Português
Poesia/Geral Momentos 1 1.724 03/30/2012 - 09:04 Português
Poesia/Geral Teu Perfume 0 1.645 03/30/2012 - 04:04 Português
Poesia/Geral Espectro 0 1.367 03/30/2012 - 03:56 Português
Poesia/Geral Na Face do Menino 2 1.549 01/22/2012 - 02:59 Português
Poesia/Geral Tombados 0 1.147 01/21/2012 - 02:32 Português
Fotos/Paisagens Estrada de nuvens. 0 3.199 01/15/2012 - 21:38 Português
Poesia/Haikai Sem Titulo 0 1.519 01/15/2012 - 21:00 Português
Poesia/Haikai Sem Título 0 1.196 01/15/2012 - 20:59 Português
Poesia/Tristeza Apenas Lembranças 0 1.287 01/15/2012 - 20:56 Português
Poesia/Soneto Livro de bolso 0 2.561 09/17/2011 - 04:15 Português