Para o que vivemos

O caos se tornou o grande
e supremo imperador
da nossa existência.
Já não entendemos o porquê
de nossas ações nem nos
perguntamos para o
que vivemos.
Queremos escapar do
vazio da  banalidade,
mas sentimo-nos 
perdidos entre os
ventos furiosos
que nos fazem ir
aonde não sabemos
se queremos de
fato chegar.
Diariamente, somos
fustigados por 
forças contrárias 
aos nossos desejos
e distantes dos
nossos sentimentos, 
as quais nos atordoam
e tão dolorosamente
nos relembram que
jamais nos questionamos
para o que vivemos.

Submited by

Tuesday, December 8, 2015 - 14:42

Poesia :

No votes yet

Atenéia

Atenéia's picture
Offline
Title: Membro
Last seen: 3 years 9 weeks ago
Joined: 03/21/2011
Posts:
Points: 2453

Add comment

Login to post comments

other contents of Atenéia

Topic Title Replies Views Last Postsort icon Language
Poesia/Gothic The ghosts 0 1.755 07/28/2012 - 11:27 English
Anúncios/Miscellaneous - Offers Translation 0 3.430 07/28/2012 - 11:22 English
Poesia/Fantasy Meu pesadelo 0 1.171 07/27/2012 - 11:34 Portuguese
Críticas/Miscellaneous Um aspecto do Superman 0 2.220 05/07/2011 - 10:28 Portuguese
Poesia/General Beasts 0 1.935 05/06/2011 - 23:51 English
Anúncios/Miscellaneous - Offers Lessons on-line 0 4.083 04/30/2011 - 14:59 English
Anúncios/Miscellaneous - Offers Translation 0 3.643 04/30/2011 - 14:47 English
Poesia/Disillusion Disillusion 0 2.050 04/30/2011 - 00:48 English
Poesia/Gothic My love. 0 3.155 04/28/2011 - 22:08 English
Críticas/Books Mergulho na dor 0 1.656 04/27/2011 - 11:24 Portuguese
Críticas/Movies A inevitável comparação 1 1.707 04/10/2011 - 06:29 Portuguese
Críticas/Movies Situação extrema 1 2.389 04/04/2011 - 10:22 Portuguese
Fotos/Personal The woman of black cat 1 2.881 04/03/2011 - 23:19 English
Poesia/Meditation alone 1 1.293 04/03/2011 - 04:03 English
Poesia/Erotic Ternura selvagem 2 1.644 03/29/2011 - 21:31 Portuguese