Meu corpo é um poema de morte

Meu corpo
é um poema de morte.

Escrevo-me
em palavras mal fadadas,
noites de horas paradas.

Versa-me
na pele agonia sem fim,
dor que deixaste em mim.

Sou zombie
neste mundo de cheiros nauseabundos,
suor da morte para mim bálsamo de sorte.

Submited by

Sábado, Agosto 1, 2009 - 01:42

Poesia :

Sin votos aún

mariamateus

Imagen de mariamateus
Desconectado
Título: Membro
Last seen: Hace 3 semanas 1 día
Integró: 02/24/2009
Posts:
Points: 2987

Comentarios

Imagen de anonimuzz

Re: Meu corpo é um poema de morte

Está genial. Pelas suas palavras se traduzem as mais difíceis batalhas interiores. Gostei muito.

Imagen de Conchinha

Re: Meu corpo é um poema de morte

Poema preciso.
Precisamente triste.

Por vezes precisamos de ver a morte, para começar a viver.
E que assim seja.

bjo

Imagen de Versosmeus

Re: Meu corpo é um poema de morte

"Versa-me
na pele agonia sem fim,
dor que deixaste em mim."

Poucas palavras, uma intensidade em versos!
Gostei bastante!

bjs!

Imagen de onovopoeta

Re: Meu corpo é um poema de morte

Muito bom seu trabalho.

ficou triste, escrito em agonia e gotas de solidão.

Parabéns e um ótimo final de semana, fique com DEUS.

Imagen de Henrique

Re: Meu corpo é um poema de morte

Mas com o dom da palavra não encontro palavra tal para definir este poema.

Contudo está maravilhoso do ponto de vista poético!!!

Beijinho

;-)

Imagen de KeilaPatricia

Re: Meu corpo é um poema de morte

Intenso...
e triste...

MT BOM...

Tava com saudades de vc amiga

Bjs...

Imagen de angelalugo

Re: Meu corpo é um poema de morte p/mariamateus

Olá Maria

Que versos tristes amiga

"Versa-me
na pele agonia sem fim,
dor que deixaste em mim."

Profundos versos...Gostei muito

Beijinhos no coração

Add comment

Inicie sesión para enviar comentarios

other contents of mariamateus

Tema Título Respuestas Lecturas Último envíoordenar por icono Idioma
Poesia/Amor MORRO ENTRE PALAVRAS QUE NADA TE DIZEM 1 1.228 02/26/2018 - 13:29 Portuguese
Poesia/Dedicada RECORDAR-TE É UMA CONSTANTE 2 1.709 07/01/2013 - 21:10 Portuguese
Poesia/Tristeza OLHO-ME 1 1.629 04/01/2013 - 09:37 Portuguese
Poesia/Desilusión RODOPIAM COMO PEÕES 0 1.835 03/30/2013 - 20:55 Portuguese
Poesia/Tristeza LÁGRIMAS 1 1.272 03/25/2013 - 18:15 Portuguese
Poesia/Tristeza EM SAUDADE ME DERRAMO PELO TEMPO 1 1.293 03/16/2013 - 22:59 Portuguese
Poesia/Desilusión QUEBRADA 1 1.655 03/08/2013 - 21:35 Portuguese
Poesia/Tristeza PERDIDA 0 956 03/08/2013 - 02:12 Portuguese
Poesia/Tristeza NOITE ADENTRO 4 1.945 03/05/2013 - 22:05 Portuguese
Poesia/Tristeza NADA ME CONFORTA 1 1.500 03/05/2013 - 22:02 Portuguese
Poesia/Tristeza LUAR QUE ABRAÇA MEUS OMBROS 0 1.195 03/02/2013 - 01:09 Portuguese
Poesia/Tristeza CONTADAS DORES … 0 1.028 02/11/2013 - 13:26 Portuguese
Poesia/Amor TEU BEIJO EM MIM 0 1.521 02/07/2013 - 15:34 Portuguese
Poesia/Tristeza SAUDADES QUE ME CERRAM OS OLHOS 2 1.825 01/14/2013 - 22:11 Portuguese
Poesia/Amor OLHOS PARADOS 0 1.895 12/09/2012 - 18:03 Portuguese
Poesia/Pasión LUA MINHA 1 1.641 12/09/2012 - 00:35 Portuguese
Poesia/Amor OLHA-ME NOS OLHOS 0 1.340 12/07/2012 - 16:59 Portuguese
Poesia/Amor MAIS DO QUE O SOL ESCONDE A NOITE 0 1.924 12/06/2012 - 20:35 Portuguese
Poesia/Meditación SILENCIOSA NOITE 2 1.547 12/06/2012 - 19:30 Portuguese
Poesia/Tristeza ENTRE AS PAREDES DO MEU QUARTO 0 1.565 12/04/2012 - 19:11 Portuguese
Poesia/Meditación AO SABOR DO TEMPO 0 2.032 11/29/2012 - 20:41 Portuguese
Poesia/Amor BEIJO RECHEADO DE DESEJO 1 1.360 11/26/2012 - 19:50 Portuguese
Poesia/Tristeza DESSE MAR DE SAUDADE 1 2.077 09/30/2012 - 22:33 Portuguese
Poesia/Meditación ESSA QUE DORME AO COLO DA NOITE 1 2.055 09/25/2012 - 02:47 Portuguese
Poesia/Meditación FRÁGEIS DEDOS 1 1.687 09/18/2012 - 22:32 Portuguese