LEITO DA SAUDADE

Foi só quando alguém morreu,
vindo de um mundo suspenso,
saído de um escuro denso,
que o amor aconteceu.

Pelas sombras o efeito
que traduz palavras tuas.
Peles minhas ficam nuas,
ruas que percorres a eito.

Fazemos do plexo pintura,
cometa, absoluto pasmo.
Escultura grega, espasmo,
fragmentos numa moldura.

Relíquia de amor-perfeito,
feito da viril bravura,
e nestas costas perdura
todo o calor do teu peito.

Teu beijo sabe a saudade,
soluço em ar rarefeito.
Enjeito a dor que me invade
à tua espera no leito.
 

Submited by

Martes, Febrero 8, 2011 - 13:48

Poesia :

Su voto: Nada (2 votos)

Patrícia Taz

Imagen de Patrícia Taz
Desconectado
Título: Moderador Consagrados
Last seen: Hace 31 semanas 5 días
Integró: 04/04/2009
Posts:
Points: 650

Comentarios

Imagen de Eye Lii

Lindo...

Adorei as suas palavras...

Parabéns!

Imagen de Patrícia Taz

Eye Lii,   Percebo que te

Eye Lii,

 

Percebo que te tocou...

 

Obrigada por me leres

Beijos

Imagen de MarneDulinski

Leito da saudade!

PaTaz!

 Lindo e diferente seu poema, gostei muito!

Um abraço,

MarneDulinski

Imagen de Patrícia Taz

Marne, Diferente talvez por

Marne,

Diferente talvez por ser quente...

A saudade faz com que invente

versos de berço da minha mente

e ter força para seguir em frente.

 

Aquele abraço, ;o)

PaTaz

Imagen de MarneDulinski

PaTaz!  Lindo e diferente

PaTaz!

 Lindo e diferente seu poema, gostei muito!

Um abraço,

MarneDulinski

Imagen de Susan

Belo poema dito da saudade

Belo poema dito da saudade que invade o leito 

e entra adentro do peito ....

Beijos

Susan

Imagen de Patrícia Taz

Susan, Entre o negro e o

Susan,

Entre o negro e o branco

de um amor solitário,

deixo-te um sorriso franco,

terno e solidário.

 

Agradeço as tuas palavras de apreço.

Beijo

PaTaz

Imagen de Patrícia Taz

Susan, E sai assim, pela

Susan,

E sai assim, pela folha fora,

quando o amor vei embora,

sabendo que a volta demora...

 

Obrigada pelas suas palavras de apreço
Bjos

Add comment

Inicie sesión para enviar comentarios

other contents of Patrícia Taz

Tema Título Respuestas Lecturas Último envíoordenar por icono Idioma
Poesia/Amor POEMA INACABADO 5 1.379 03/19/2013 - 03:16 Portuguese
Poesia/General ALQUIMIA DA ESCRITA 25 2.118 01/22/2012 - 15:47 Portuguese
Poesia/Dedicada SORVO POÉTICO 24 1.730 01/22/2012 - 15:41 Portuguese
Poesia/Intervención (A)NORMALIDADE DO CÃO QUE O DIABO AMASSOU 18 1.368 06/27/2011 - 17:32 Portuguese
Poesia/Dedicada PERFIL DE VIAGEM 7 994 03/29/2011 - 17:18 Portuguese
Poesia/Intervención CONVERSA DE CAMARADAS, PÁ? 3 1.159 03/19/2011 - 23:33 Portuguese
Poesia/Intervención DILEMA OPRIMIDO 8 1.065 03/16/2011 - 16:44 Portuguese
Poesia/Desilusión SOLTA-SE O FIO DA VIDA LÁ DENTRO 8 1.449 02/28/2011 - 16:07 Portuguese
Fotos/Otros Facto Binário 0 1.498 02/20/2011 - 00:39 Portuguese
Poesia/Dedicada POEJET Intercontinental 4 1.212 02/18/2011 - 13:40 Portuguese
Poesia/Canción LEITO DA SAUDADE 8 1.268 02/18/2011 - 12:11 Portuguese
Poesia/Amor VALSA DOS CORVOS 4 879 02/18/2011 - 02:04 Portuguese
Fotos/Paisaje A Sun's Glance 2 2.209 02/16/2011 - 01:37 Inglés
Poesia/Fantasía VOO DE SONHO 5 965 02/11/2011 - 15:58 Portuguese
Poesia/Canción MATÉRIA IMATERIAL 4 1.051 02/11/2011 - 11:05 Portuguese
Fotos/Perfil 1249 0 1.408 11/24/2010 - 00:38 Portuguese
Poesia/Soneto SOBREVIVENTES 0 1.000 11/17/2010 - 23:42 Portuguese
Poesia/Erótico FOTO A PRETO E BRANCO 0 926 11/17/2010 - 23:40 Portuguese
Poesia/Poetrix MATÉRIA IMATERIAL 1 692 08/07/2010 - 14:20 Portuguese
Poesia/Amistad O AVESSO DO INVERSO 2 923 06/08/2010 - 23:18 Portuguese
Poesia/General MAÇO DE NOTAS 1 922 04/23/2010 - 00:17 Portuguese
Poesia/Amor ARLEQUIM 8 1.126 04/20/2010 - 16:13 Portuguese
Poesia/Pasión CHUVAS DE MARÇO 4 891 04/10/2010 - 04:20 Portuguese
Poesia/Pasión COBERTA DE HISTÓRIAS 5 917 04/09/2010 - 19:14 Portuguese
Poesia/Amor PROJECÇÕES 4 465 04/01/2010 - 02:37 Portuguese