CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

DESPIDADE – Despedida despida de idades

O corpo não acompanha a cabeça.
Não há nada de que ela se esqueça.
Cheia de pensares não se esvazia.

Fria mas não esfria. Aos poucos e poucos
Amorna. Depois fervilha deixando loucos
Aqueles que não se despojam do intelecto.

Despedida.
Tristes os que partem. Parida.
A chama ardente do sexo,
Agora crescida, inflamada,
Extingue-se e sara a ferida.

A aura fica doída. Chora enfraquecida.
No corte gritante, com ossos de partida,
Na noite desconcertadamente errante
A lua minguante traduz exacto instante.

Desnudadas ficam as idades,
Que na verdade, o corpo sente
Mas que no cérebro não é aparente.

Conjuntura artística confluente.
Dialéctica cruzada, imbuída em águas.
De faluas, de fábulas, palavras nuas.

Líquidos fios cerzidos a eloquência.
Certa a senda que encurta a distância
Entre ser-se adulto e ser-se criança.

Submited by

domingo, fevereiro 21, 2010 - 04:18

Poesia :

No votes yet

Patrícia Taz

imagem de Patrícia Taz
Offline
Título: Moderador Consagrados
Última vez online: há 32 semanas 2 dias
Membro desde: 04/04/2009
Conteúdos:
Pontos: 650

Comentários

imagem de jopeman

Re: DESPIDADE – Despedida despida de idades

a vida não olha para os BI's

grande poesia

bjos

imagem de Gisa

Re: DESPIDADE – Despedida despida de idades

Poema inteligente e sensato, sem perder a sofisticação, que já é de praxe! Grande abraço

imagem de MarneDulinski

Re: DESPIDADE – Despedida despida de idades

PaTaz!
LINDO SEU POEMA NO TODO, GOSTEI MUITO!
O corpo não acompanha a cabeça.
Não há nada de que ela se esqueça.
Cheia de pensares não se esvazia.

Conjuntura artística confluente.
Dialéctica cruzada, imbuída em águas.
De faluas, de fábulas, palavras nuas.

O corpo não acompanha a cabeça, por isso fiquei a pensar e sonhar, como seria a sua Falua de históricos tempos de Reis portugueses!
Gostei muito meus parabéns,
Marne

imagem de Henrique

Re: DESPIDADE – Despedida despida de idades

O corpo não acompanha a cabeça.
Não há nada de que ela se esqueça.
Cheia de pensares não se esvazia.

Aqui discordo, pois o corpo também é feito de marcas que são memórias que ele não esquece!

De resto, temos aqui um poema magnifico!!!

:-)

imagem de Mefistus

Re: DESPIDADE – Despedida despida de idades

Lindissimo poema.
Construção segura, concreta harmoniosa.
Um tema sempre reflexivo e dubio.

Gostei

imagem de marialds

Re: DESPIDADE – Despedida despida de idades

Lindo poema, a idade mental não acompanha a cronológica e nunca se sincronisam, dizes bem ao verso:

"O corpo não acompanha a cabeça.
Não há nada de que ela se esqueça.
Cheia de pensares não se esvazia."

Adorei.
Parabens.

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Patrícia Taz

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Amor POEMA INACABADO 5 1.379 03/19/2013 - 03:16 Português
Poesia/Geral ALQUIMIA DA ESCRITA 25 2.119 01/22/2012 - 15:47 Português
Poesia/Dedicado SORVO POÉTICO 24 1.730 01/22/2012 - 15:41 Português
Poesia/Intervenção (A)NORMALIDADE DO CÃO QUE O DIABO AMASSOU 18 1.370 06/27/2011 - 17:32 Português
Poesia/Dedicado PERFIL DE VIAGEM 7 995 03/29/2011 - 17:18 Português
Poesia/Intervenção CONVERSA DE CAMARADAS, PÁ? 3 1.163 03/19/2011 - 23:33 Português
Poesia/Intervenção DILEMA OPRIMIDO 8 1.066 03/16/2011 - 16:44 Português
Poesia/Desilusão SOLTA-SE O FIO DA VIDA LÁ DENTRO 8 1.452 02/28/2011 - 16:07 Português
Fotos/Outros Facto Binário 0 1.500 02/20/2011 - 00:39 Português
Poesia/Dedicado POEJET Intercontinental 4 1.212 02/18/2011 - 13:40 Português
Poesia/Canção LEITO DA SAUDADE 8 1.269 02/18/2011 - 12:11 Português
Poesia/Amor VALSA DOS CORVOS 4 880 02/18/2011 - 02:04 Português
Fotos/Paisagens A Sun's Glance 2 2.211 02/16/2011 - 01:37 inglês
Poesia/Fantasia VOO DE SONHO 5 966 02/11/2011 - 15:58 Português
Poesia/Canção MATÉRIA IMATERIAL 4 1.052 02/11/2011 - 11:05 Português
Fotos/ - 1249 0 1.409 11/24/2010 - 00:38 Português
Poesia/Soneto SOBREVIVENTES 0 1.000 11/17/2010 - 23:42 Português
Poesia/Erótico FOTO A PRETO E BRANCO 0 929 11/17/2010 - 23:40 Português
Poesia/Poetrix MATÉRIA IMATERIAL 1 692 08/07/2010 - 14:20 Português
Poesia/Amizade O AVESSO DO INVERSO 2 924 06/08/2010 - 23:18 Português
Poesia/Geral MAÇO DE NOTAS 1 922 04/23/2010 - 00:17 Português
Poesia/Amor ARLEQUIM 8 1.128 04/20/2010 - 16:13 Português
Poesia/Paixão CHUVAS DE MARÇO 4 893 04/10/2010 - 04:20 Português
Poesia/Paixão COBERTA DE HISTÓRIAS 5 917 04/09/2010 - 19:14 Português
Poesia/Amor PROJECÇÕES 4 466 04/01/2010 - 02:37 Português