CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Devil in a bottle (ou uma paranóia normal)

Essa maldita segurança!
Com horários e certezas
Sem sede nem fome de nada
Nem sei se ainda estou viva.

Ouço uma festa ao longe
Estão fazendo o que eu deixei de fazer a cem anos atrás
Alguém para, alguém começa o velho ciclo...
Alguns nem existem, só pagam contas.

Maldita falta de inspiração pra existir!
O vinho acaba e a alegria não vem
Pergunto-me outra vez: _ Não era isso que eu queria?
Não era isso, não era aquilo.

Quem de fato sabe o que quer?
Sabe-se um pouco e imagina-se o resto
E é o resto que fica no fim das contas
O resto de qualquer coisa que não representa uma satisfação.

Me sinto só
Mas eu nunca me senti de outra maneira
Talvez por apego burguês à bajulação
Talvez por que essa seja a única verdade que existe.

Minhas vontades não têm nenhum impacto
O que sinto é passageiro e o que vejo me desmonta
Penso em como era antes quando eu queria agora
Acho que o que quero está preso dentro de uma garrafa que ainda não abri.

Submited by

sexta-feira, novembro 16, 2012 - 00:17

Poesia :

Your rating: None (2 votes)

solanjedere

imagem de solanjedere
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 7 anos 18 semanas
Membro desde: 03/31/2010
Conteúdos:
Pontos: 243

Comentários

imagem de Henricabilio

... e agiganta-se cada vez

... e agiganta-se cada vez mais
o labirinto das dúvidas existenciAis.

Saudações literárias!

_Abilio

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of solanjedere

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Aforismo Devil in a bottle (ou uma paranóia normal) 1 452 11/16/2012 - 17:37 Português
Fotos/Outros Gent, Belgium 0 925 11/16/2012 - 01:18 Português
Fotos/Outros It's Turkey, bitch! 0 1.012 11/16/2012 - 00:41 Português
Poesia/Aforismo O sexo é frágil 0 990 09/13/2012 - 22:18 inglês
Poesia/Aforismo Hay que decir adiós 0 773 09/11/2012 - 17:21 Espanhol
Fotos/Natureza My ppl. 0 1.077 08/16/2012 - 23:02 inglês
Fotos/Artes 4 july job 0 1.111 08/16/2012 - 22:59 inglês
Fotos/Paisagens Florianópolis - SC- Brasil 0 1.191 08/16/2012 - 22:44 inglês
Poesia/Acrósticos Esa gente feliz 2 956 08/16/2012 - 18:20 inglês
Prosas/Contos Também sou para casar, Rodrigo! 0 680 11/15/2011 - 03:28 Português
Poesia/Meditação Sobre homens, camelos e desertos 1 916 05/06/2011 - 00:03 Português
Fotos/Eventos Sarau no Gorila Café, 22/03/2011 0 3.979 03/26/2011 - 15:43 Português
Poesia/Geral Sangue 2 775 02/23/2011 - 22:38 Português
Poesia/Pensamentos Madrugada adentro... 0 874 02/06/2011 - 16:43 Português
Poesia/Meditação Anestesia 0 837 02/05/2011 - 09:43 Português
Poesia/Soneto Ontem 0 880 02/05/2011 - 09:39 Português
Poesia/Dedicado Crenças 0 727 02/05/2011 - 09:37 Português
Poesia/Soneto Carta aos meus inquisidores sociais 0 1.016 02/05/2011 - 09:34 Português
Poesia/Soneto Manipulações 2 716 02/05/2011 - 09:32 Português
Poesia/Aforismo Quando Tudo Está Perdido 2 855 02/05/2011 - 09:31 Português
Poesia/Dedicado Mr. Ego 4 1.190 02/05/2011 - 09:26 Português
Poesia/Soneto Profugos 2 1.114 02/05/2011 - 09:20 Espanhol
Poesia/Amizade Every little piece of pain... 0 794 01/11/2011 - 18:12 Português
Poesia/Soneto Indiferença 0 596 01/11/2011 - 18:08 Português
Poesia/Aforismo De Cama 0 896 01/11/2011 - 18:06 Português