CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

HINO À MINHA TERRA

HINO À MINHA TERRA

 

                                           Tavira beijas o mar

                                           A Serra do Caldeirão

                                           És cidade à beira – mar

                                           E no teu ventre corre  o Gilão

 

                                           Cidade de igrejas e de mouros

                                           Também de um castelo lindo

                                           Tens histórias de tantos tesouros

                                           Dizes a todos bem vindos

 

                                           Tens arte antiga e moderna

                                            Numa mistura encantada

                                            És afável e materna

                                            És por nós adorada

 

                                            És velha e vais crescendo

                                            Numa beleza desigual

                                            O Gilão se  vai mantendo

                                            Correndo pelo sapal

 

                                            A ponte romana é um vestígio

                                            De como és velhinha cidade

                                            Tens um grande prestígio

                                             E quem parte leva saudades

 

                                            Tens a Fonte do Bispo

                                            E o Alto de Santana

                                            As igrejas de Cristo

                                            E a Serra da Foupana

 

                                            Tens a Serra de Sta Maria

                                            Grande ponto de referência

                                            Lá do alto se vigia

                                            Uma paisagem em cadência

 

                                            Os sinos das tuas igrejas

                                            Ouvem – se em toda a cidade

                                            Bendita para sempre sejas

                                            Santa Maria te guarde

                                          

Submited by

segunda-feira, maio 28, 2012 - 10:09

Poesia :

No votes yet

José Custódio Estêvão

imagem de José Custódio Estêvão
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 16 semanas 3 dias
Membro desde: 03/14/2012
Conteúdos:
Pontos: 7749

Comentários

imagem de José Custódio Estêvão

Hino

Há muito tempo que não aparecia. Bem haja amigo Henrique e obrigado pelo comentário.
Faça favor de ser feliz

Um abraço
Estêvão

imagem de Henricabilio

"canta a tua terra e serás

"canta a tua terra e serás universal"

Belas estrofes.

Saudações!

Abilio

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of José Custódio Estêvão

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Meditação Pensamento 0 336 12/20/2019 - 17:18 Português
Poesia/Meditação Pensamento 0 208 12/20/2019 - 17:13 Português
Poesia/Amor Três coisas 2 256 12/12/2019 - 18:00 Português
Poesia/Geral AS ONDS DO MAR 5 2.385 12/09/2019 - 13:23 Português
Poesia/Fantasia O MEU NOME 0 886 12/14/2018 - 11:36 Português
Poesia/Meditação O TEMPO LEVA TUDO 0 1.149 09/28/2018 - 15:56 Português
Prosas/Pensamentos 34- O HOMEM 6 1.675 03/21/2018 - 16:04 Português
Poesia/Amor VERMELHO 0 1.358 09/04/2017 - 10:13 Português
Poesia/Amor UMA ORQUÍDEA PARA TI 0 1.976 07/17/2017 - 10:50 Português
Poesia/Meditação AS PEDRAS DOS RIOS 0 2.308 06/07/2017 - 09:54 Português
Prosas/Pensamentos PENSAMENTOS 34 0 1.711 05/24/2017 - 11:09 Português
Poesia/Amor AMO-TE COMO ÉS 0 1.718 05/24/2017 - 10:59 Português
Poesia/Meditação SABER SER FRELIZ 0 961 05/09/2017 - 16:51 Português
Poesia/Amizade TU 0 1.153 04/21/2017 - 11:52 Português
Poesia/Meditação PARA DE TE QUEIXAR 2 1.134 03/26/2017 - 20:34 Português
Poesia/Meditação PARA QUÊ MATAR? 5 2.357 03/24/2017 - 12:31 Português
Poesia/Meditação CHEGAR, VER E VENCER 0 1.716 03/13/2017 - 15:57 Português
Poesia/Amor BEIJOS TEUS 0 1.383 02/22/2017 - 11:12 Português
Poesia/Amor OLHANDO O MAR 0 963 02/08/2017 - 11:26 Português
Poesia/Amor SAUDADE 0 1.538 02/01/2017 - 11:29 Português
Poesia/Geral FRIO 0 1.071 01/26/2017 - 11:27 Português
Poesia/Geral FRIO 0 1.185 01/26/2017 - 11:23 Português
Poesia/Fantasia AS ONDAS DO MAR 0 1.043 01/11/2017 - 10:49 Português
Poesia/Meditação AMANHECEU OUTRA VEZ 0 1.239 01/04/2017 - 12:22 Português
Poesia/Alegria RIR 0 2.137 12/21/2016 - 10:58 Português