CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Karma

Só,
perdida
e exaurida,
é assim que sinto
esta vida que me leva e trás
sem saber o que hei-de fazer,
nas noites da minha vida desprovida.

Sempre me senti
desprotegida de afecto,
amor, carinho e conforto de um colo.

Não tive
amor de mãe,
morreste para que eu vivesse.

Volvidos
tantos anos sinto
que este mundo não era para ti,
porque irias morrer ao ver-me sofrer!

A revolta,
a dor e angustia
não me deixam esquecer
que estou neste mundo para suportar
esta vida pesada e continuada.

Olho mil vezes
aquela fotografia,
repenso e penso porquê?

Triste
e amargurada
quando te revejo,
meus olhos são um marejado
de lágrimas quentes e saudosas,
desconhecida palavra que meus lábios nunca disseram.

MÃE



Imagens para hi5

Submited by

segunda-feira, março 30, 2009 - 16:43

Poesia :

No votes yet

mariamateus

imagem de mariamateus
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 23 semanas 3 dias
Membro desde: 02/24/2009
Conteúdos:
Pontos: 2987

Comentários

imagem de Conchinha

Re: Karma

É bem possível (ninguém sabe) que ela esteja atenta.
De certeza que gosta da poesia...

E de certeza que está a "torcer" por ti.

bjs

imagem de Solitudinis

Re: Karma

Conheço bem essa dor... perdi a minha quando mal tinha 13 anos e a tristeza ainda está presente:(
As tuas palavras soltam as lágrimas mas espero que o dia que surgir te mostre que ainda existe magia nesta Vida e que tu, por compreenderes tão bem as emoções mais tristes possas conhecer ainda mais as mais belas.
Carpe Diem

imagem de mariamateus

Re: Karma P/Solitudinis

Muito grata pelo teu comentario!
Há dores que nunca terminam,esta é uma dessas!

bjo 8-)

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of mariamateus

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Amor MORRO ENTRE PALAVRAS QUE NADA TE DIZEM 1 1.142 02/26/2018 - 12:29 Português
Poesia/Dedicado RECORDAR-TE É UMA CONSTANTE 2 1.544 07/01/2013 - 20:10 Português
Poesia/Tristeza OLHO-ME 1 1.403 04/01/2013 - 08:37 Português
Poesia/Desilusão RODOPIAM COMO PEÕES 0 1.554 03/30/2013 - 19:55 Português
Poesia/Tristeza LÁGRIMAS 1 1.035 03/25/2013 - 17:15 Português
Poesia/Tristeza EM SAUDADE ME DERRAMO PELO TEMPO 1 1.170 03/16/2013 - 21:59 Português
Poesia/Desilusão QUEBRADA 1 1.382 03/08/2013 - 20:35 Português
Poesia/Tristeza PERDIDA 0 884 03/08/2013 - 01:12 Português
Poesia/Tristeza NOITE ADENTRO 4 1.606 03/05/2013 - 21:05 Português
Poesia/Tristeza NADA ME CONFORTA 1 1.295 03/05/2013 - 21:02 Português
Poesia/Tristeza LUAR QUE ABRAÇA MEUS OMBROS 0 1.103 03/02/2013 - 00:09 Português
Poesia/Tristeza CONTADAS DORES … 0 863 02/11/2013 - 12:26 Português
Poesia/Amor TEU BEIJO EM MIM 0 1.241 02/07/2013 - 14:34 Português
Poesia/Tristeza SAUDADES QUE ME CERRAM OS OLHOS 2 1.621 01/14/2013 - 21:11 Português
Poesia/Amor OLHOS PARADOS 0 1.728 12/09/2012 - 17:03 Português
Poesia/Paixão LUA MINHA 1 1.451 12/08/2012 - 23:35 Português
Poesia/Amor OLHA-ME NOS OLHOS 0 1.137 12/07/2012 - 15:59 Português
Poesia/Amor MAIS DO QUE O SOL ESCONDE A NOITE 0 1.772 12/06/2012 - 19:35 Português
Poesia/Meditação SILENCIOSA NOITE 2 1.430 12/06/2012 - 18:30 Português
Poesia/Tristeza ENTRE AS PAREDES DO MEU QUARTO 0 1.429 12/04/2012 - 18:11 Português
Poesia/Meditação AO SABOR DO TEMPO 0 1.859 11/29/2012 - 19:41 Português
Poesia/Amor BEIJO RECHEADO DE DESEJO 1 1.262 11/26/2012 - 18:50 Português
Poesia/Tristeza DESSE MAR DE SAUDADE 1 1.960 09/30/2012 - 21:33 Português
Poesia/Meditação ESSA QUE DORME AO COLO DA NOITE 1 1.841 09/25/2012 - 01:47 Português
Poesia/Meditação FRÁGEIS DEDOS 1 1.568 09/18/2012 - 21:32 Português